.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

JANELA

© João Menéres



A ALVURA COMUM NO ALENTEJO.

29 comentários:

Presépio no Canal disse...

Um branco que recorta o céu!!
Lindo!
Beijos, João!!

ANRAFERA disse...

Detallista y bonita toma.
Feliz Semana.
Un abrazo.
Ramón

João Menéres disse...

SANDRA

Mas espero que o não fira !

Obrigado e um beijo ( noutra manhã em ue sinto melhoras ).

João Menéres disse...

RAMÓN

Te agradeço o teu muito amigo e sempre tão desejado comentário.

Fuete e sentido abrazo.

Kaipiroska disse...

Aquele azulão do céu e aquela chaminé típica são mesmo Alentejo puro :)

João Menéres disse...

CARIN

E se tu o dizes, não há que duvidar !
Agradeço a tua visita e comentário.

Um beijo amigo.

Majo disse...

~~~
Olhar atento aos contrastes que se harmonizam...

Encontro por aqui sempre originalidade.

~~~ Beijinhos. ~~~

Maria Manuela disse...

Um encontro rigorosa e deliciosamente feliz de linhas, cores e luz...
Adorei a sombra do beiral ! E do mesmo tom da cortininha
Feliz quem mora nesta casa de Mora !...
Beijinhos, JOÃO, e continuação de melhoras !

João Menéres disse...

~~~MAJO~~~

Além disso, achei interessante o caixilho da janela ser pintado de harmonia com a cor das telhas.

Enquanto estiver lúcido, dentro do dia a dia, procuro não deixar de registar o que é algo diferente.

Muito obrigado e beijos ~~~~~

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Lamento é a falta de sensibilidade do pessoal da EDP ( ou Telefones...) os impeça de colocarem todos esses bem à vista...
Que eu saiba, Óbidos e Monsaraz já resolveram esse atentado e outras vilas ou cidades estarão na mesma senda.

Hoje é o 2º dia consecutivo em que estou mais animado por estar a terminar este túnel que tanto me deitou abaixo.

Um beijo muito amigo e grato.

Maria Manuela disse...

JOÃO, reparo agora que, gostando tanto da Foto, só me referi a ela em si.
E não ao olhar de quem a criou... e assim enquadrou, na proporção certa e rigorosamente alinhados, os elementos escolhidos... obtendo uma composição esteticamente pura...

Que bom, melhoras em dias consecutivos !
Beijinhos.:))

Remus disse...

Não me parece justo. Então... e a chaminé?
Só a Janela é que tem direito de aparecer no título, quando até é a chaminé está no poleiro de cima? A chaminé até tem coroa. Deve pertencer à realeza.
:-D :-D

Parvoíces minhas à parte, a fotografia está muito bem concretizada.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Sem dúvida que o importante aqui é a chaminé !
Eu até estou off-side...

Quem não aponta um grosseiro defeito é porque apreciou a imagem, não é ? ( se não é, devia ser, digo eu...).

Um beijo por tanta reflexão, Maria Manuela.

João Menéres disse...

REMUS

A chaminé se tivesse três bicos era do Manuel de Falla.
Como só tem quatro, não é real...
E estou numa de JANELAS, embora a chaminé não seja displicente !

O REMUS não diz nenhuma parvoíce.
Diz é coisas engraçadas que animam os blogues que têm a fortuna de receber comentários seus !
Por mim falo, por mim agradeço.

Um abraço por isso.

Luísa disse...

É preciso recostar à janela e...repousar!
Abrir a janela e sentir a aragem no rosto para refrescar o peso dos dias!
Gosto da janela e da calma que ela me traz.
Mil beijinhos, senhor das mil e uma belas fotografias!

Ana Bailune disse...

Amei, João!

João Menéres disse...

LUÍSA

Sempre que o tempo permite, abro a janela !
Mas neste caso, se estivesse aberta, eu não teria parado...

Obrigado pelo teu tão amigo comentário.

Um beijo.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Fico muito feliz !

Um beijo.

anjodaesquina disse...

Boas melhoras
e cuidado com os calores que vêm por aí...

Abraço de aqui dos Calhaus da Covilhã

João Menéres disse...

BEITES

Que enorme surpresa a sua visita !

Agradeço os votos de melhoras ( já esteve bem mais longe !...) e o aviso dos calores.
Creio que para a Invicta isso não acontecerá tão cedo.

Um abraço.

Isabel disse...

Que bonita!
E os alentejanos têm orgulho em manter as suas casas branquinhas. Tive uma vizinha (alentejana) que andava sempre a caiar a casa, daqui de Castelo Branco.

Então está melhor? Fico contente em sabê-lo! E agora é sempre a melhorar!!

Um beijinho e uma boa semana:)

Jorge Pinheiro disse...

Muito bem enquadrada.

João Menéres disse...

ISABEL

Acordei duas horas e meia depois para tomar um Benuron.
Está sendo hábito, infelizmente.
Quando assim é, dou um salto para ver o que sucedeu por aqui.

Uma coisa há muitas e muitas dezenas de anos admiro nos alentejanos : o extremo cuidado com que tratam o aspecto das suas casas.
Não conheço igual em Portugal.

Estou MESMO bem melhor, Isabel, mas ainda tenho para mais uns dias...
Ontem, já fui ao Banco duas vezes, uma ao fim da manhã e outra depois do almoço.
Diga-se que o Banco é a uns passos.

Muito obrigado pelo teu interesse.

Beijo amigo.

João Menéres disse...

JORGE

Muito obrigado !
Eu também contava estar por aí por baixo por esta altura, mas surgiu este malfadado contratempo !

Li Ferreira Nhan disse...

João, essas cores, formas, luz e sombra são uma festa aos olhos; é junho!!!
Beijo querido!

João Menéres disse...

LI

Obrigado por atenderes meu pedido no Eduardo !
Sempre aprecio os teus comentarios e tu sabes que os blogs bem precisam deles.
São o sangue que os alimenta,

Um beijo, querida Li.

Ana Freire disse...

Talhada no céu... assim parece... esta casinha, com este recanto encantador... com um enquadramento fantástico... e de uma brancura imaculada, que agarra as restantes cores... e a nossa atenção...
Mais uma das minhas imagens favoritas, por aqui... e que janela deliciosa de se apreciar...
Belíssimo trabalho, João!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

"Talhada no céu...
Por esta e por outras é que te adoro !

Um beijo,Ana, és uma simpatia.

Maria Gloria D'Amico disse...

E a sombra, no branco, enfeita parecendo uma renda, a competir com a cortina na janela.
Bela imagem João.