.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

PAPOILAS DO ALENTEJO

© João Menéres






45 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Mas que se passa?

João Menéres disse...

JORGE

A 13 de Junho magoei-me seriamente na perna direita.
Foi uma pancada abaixo do joelho que me provocou hematomas até aos dedinhos.
Já vou melhor e, dentro de dias, conto já estar apto a sair e a conduzir.
Já fez 15 dias que estou aqui enclausurado. !

O enfermeiro volta no Domingo e, então, logo verei.
Tive dores tremendas e quase incapacidade de andar...

Um abraço e obrigado.

Presépio no Canal disse...

Plantadas por algum holandês? Pergunto isto porque tenho ouvido dizer que há vários holandeses que se encantaram com o Alentejo e por lá decidiram ficar a viver...
Gostei muito da fotografia.
Beijinho!!
E está quase!! Vais ver que não tarda nada e estás a passear. :-)

João Menéres disse...

SANDRA

Os holandeses que vivem por cá têm muito bom gosto, mas as tulipas são mais antigas do que eles.
Foi no percurso entre Alcácer do Sal e Ferreira do Alentejo.
Abril é o mês ideal.

Um beijo querida Sandra.

Eduardo P.L. disse...

O mundo anda mais vermelho do que azul... srsrs

João Menéres disse...

Até ver, Eduardo !...

bea disse...

Magoou-se a 13 de Junho?!

bea disse...

As papoilas não se plantam. São flores de um dia só e não cheiram. Mas alegram os campos e substituem-se umas às outras. Se as tentamos apanhar despetalam velozmente e qualquer ramo de papoilas tem lá pelo meio ou nas pontas umas cabecitas carecas.
Mas a foto está bonita, sim. E tem razão, o Alentejo tem maior beleza em Abril e Maio. A outra só os alentejanos sabem ver e é quase indelével em fotos.

João Menéres disse...

BEA

É verdade, em 13 de Junho e ainda tenho para mais algum tempo.
Além do peito do pé inchado ( não foi aí a pancada ), agora dói-me na barriga da perna. Parte muscular, portanto.

João Menéres disse...

BEA

Por acaso pensava que se semeavam...
Não sabia é que se não colhem.
Além desses dois meses especiais, também gosto do Alentejo em Fevereiro,

Um beijo e obrigado pelo teu precioso contributo.

Isabel disse...

Gostei muitíssimo da foto.
Adoro papoilas, são mesmo das minhas flores preferidas. Já as tenho colhido e colocado na água, mas dura apenas umas horas.

Continuação das melhoras.
Um beijinho e bom fim-de-semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Então não colhas mais, a não ser que seja para outro fim... :):):)

Obrigado pelas palavras no seu triplo sentido.
Para amanhã e Domingo, conta com aguaceiros e algumas trovoadas. Não te proporcionam UM GRANDE FIM DE SEMANA...
Para aqui, as previsões são idênticas.

Um beijo Amigo.

Remus disse...

Não sei como é que vocês conseguem arranjar/encontrar campos assim.
Eu raramente vejo um campo com papoilas. Só encontro campos com malmequeres amarelos.
Mas o defeito deve ser meu... Tenho que ir para o Alentejo.
:-D

Bonito campo. Muito primaveril.
E a presença daquela mancha de azul/lilás/violeta (ou o que lhe queiram chamar) deu um toque especial à fotografia.

João Menéres disse...

REMUS

Também não sei como não há campos assim de papoilas cá pelo norte...
Uma florzita aqui outra acolá e sabe lá Deus...

Aquela mancha de lilás ?
- Ah, pois !

Grande e grato abraço.

Isabel disse...

Triplo sentido?!!!

Também já as tenho apanhado para secar e depois plastificar e fazer marcadores.

Beijinhos:)

Luísa disse...

Que dizer de tão belo salpicar?
Talvez pensar que nasceram para agradar
e no campo onde se erguem, felizes fazem o nosso olhar!
Não veko borboletas por lá a cirandar...
...mas sei que um grifo andou por lá a planar!


Mais uma belíssima fotografia de um olhar muito especial!
Mil beijinhos, senhor das mil e uma belas imagens!

Luísa disse...

Roubei...

João Menéres disse...

ISABEL

Então não é com as papoilas que se produz o ópio ?

Marcadores feitos com papoilas ?
Devem ficar muito bonitos, Isabel !

Um beijo e até amanhã.

João Menéres disse...

LUÍSA

As borboletas não cirando...foram a termas para o Gerês certamente.
O grifo também deve estar a precisar de seguir as borboletas :):):)

Obrigado e um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

ISABEL

Vou mandar para aí o DIAP .
Fico contente quando furtas daqui !

Um beijo.

Presépio no Canal disse...

De onde fui tirar a ideia que eram tulipas? Jurava que tinha lido "tulipas", mas se calhar fiz confusão.
Beijinho, querido João.

ana disse...

Lindíssima. Adorei o apontamento roxo.
Um impressionista iria ficar encantado como eu.
Beijinho. :))

Tété disse...


O meu amigo diz que se magoou a 13 de Junho!?!?!?!
Foi Maio de certeza porque o Santo António ainda está para vir....
Depois são as "tulipas"... não, são papoilas...

Pudera, com o Inverno na Primavera e o percalço acontecido, não é caso para menos.

Abraços apertados

João Menéres disse...

SANDRA

Sossega que não estás com visões !
O erro foi meu. Quando de manhã dei conta, tratei de corrigir.

Sabes, estes dias têm sido incomuns, infelizmente.
Isto da perna é razão suficiente para justificar outros lapsos...


João Menéres disse...

ANA

Já reagi no post sobre o Almeida Garrett.

Um beijo amigo e muito grato.

João Menéres disse...

TETÉ

Essa do Junho não lembra nem ao diabo !
Quanto às tulipas, já ontem fiz a correcção.
Agora tenho menos dores e uma posição quase normal para estar AQUI.
Vamos a ver se cabeça também volta ao sítio...

Obrigado pelo entendimento.

Um beijo muito amigo.

Maria Manuela disse...

Que beleza de Foto !
Ao primeiro olhar, foi como se visse o campo de papoilas de Monet...
Mais silvestre, com sua deliciosa mancha de rosmaninho e seus malmequerzinhos saltitantes...pequeníssimas mariposas ensaiando os primeiros vôos de Primavera...
Só um Fotógrafo-pintor com alma de poeta enquadraria assim esta alegria de cor e harmonia...
Beijinhos.:))

tulipa disse...



OLÁ JOÃO

Lindíssima foto!
Passei pelo Alentejo há 2 dias, mas de autocarro
e eu bem vi os campos cheios de belas papoilas,
mas... desgraçadamente
o autocarro seguia velozmente
impossível captá-las!

Daí que o melhor é passear no nosso automóvel e paramos quando queremos.
Beijinho

Isabel disse...

AH!AH!AH!
Ópio...DIAP...meu Deus!! Juro que não fiz nada de errado! Eu que sou tão certinha que até enjoa! Mas sou assim. Nunca fumei, quanto mais ópio!! AH!AH!AH!

Pronto, confesso que apanho umas papoilas, mas seco-as e plastifico-as (com a máquina de plastificar, que por acaso se estragou há dias) e dão uns marcadores muito giros. Creio que já coloquei um no blog. Não tenho a certeza.

Pronto, e é isto!

Um beijo e continuação das melhoras e da boa disposição:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Muito elogioso o teu comentário.
É como o bailado de Carmina Burano, de Carl Orff, digo eu...

Muito obrigado pela tua visão pictórica desta imagem, Maria Manuela.

Um beijo e um Domingo tão bem passado quanto possível.

João Menéres disse...

TULIPA

Eu também prefiro o automóvel e poder meter por estradas secundários e por trilhos menos recomendáveis.
Por outro lado, há excursões que são de aproveitar...

Um beijo e muito obrigado.

João Menéres disse...

ISABEL

Perante ti, confesso que não me lembro desse marcador.
Mas a minha memória já não é o que era...
Continuo com dores musculares na barriga da perna. Por causa disso, acordo a meio do sono, levanto-me e tomo um Benuron. Venho ao Mac e fico 30'. Volto para a cama e adormeço...
Hoje, acordei às 10:00.
A drenagem continua e o enfermeiro vem amanhã, Domingo.

Muito obrigado pelo carinho.

Um beijo amigo.

Rute disse...

Oh João, que maravilha!!! As minhas flores preferidas, VERMELHAS. Este ano não houve tantos campos de papoilas no Alentejo devido à queda da chuva fora do tempo (isto disse-me o meu irmão agricultor que vive no Alentejo).
Esta fotografia é um verdadeiro presente para mim.

1 beijinho e um resto de bom fim-de-semana:)

Fatyly disse...

Também por aqui existem "postais" como o que mostras, sobretudo perto de uma aldeia - Gouveia (famosa por todas as ruas terem um verso) que páro tantas vezes para apreciar tamanha beleza.

GL disse...

Ó João, mas essa perna/pé nunca mais estão a 100%? Essas coisas são aborrecidas, não só pelo mau estar que provocam como pelo tempo de recuperação.
As minhas tão amadas papoilas estão lindas. Há lá flor mais bonita na sua singeleza, na sua côr única. Fazem belíssimos tapetes, este que fotografaste é disso prova.
As melhoras, e super rápidas. Já chega de maçar.:(

Beijinho, Amigo.

GL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Agostinho disse...

O Impressionista-fotógrafo João Menéres trouxe-nos o exuberante vermelho das papoilas, acompanhado do pintalgado indiscreto de outras ervas primaveris de forma soberba.
Abraço

João Menéres disse...

GL

Pois é...disseram-me queseriam reês ou quatro semana.
Na altura, nem quis acreditar, mas a realida é que vou entrar na 3ª semana...
Mas hoje sinto francas melhoras !

Muito obrigado pelos comentátio.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Eswtou muito grato pelo seu comentário !
Dá-me um ânimo enorme.

Um abraço muito Amigo.

Ana Freire disse...

A verdadeira essência da Primavera... que este ano, mal tivémos hipótese de apreciar por estes lados... captada neste festival de cor e alegria, que é esta imagem maravilhosa!...
Está linda!... Linda!... Linda!...
Adoro esta flor... que mal se deixou ver por estes lados, este ano... a chuva e o vento, não lhes deram tréguas...
O Jorge ainda conseguiu algumas imagens, de um campo... mas ainda não tive hipótese de as apreciar...
Por estes dias, o meu computador, também me ocupou demasiado tempo, por estes dias... a ver se as descubro e coloco no blogue... antes que termine a Primavera...
Beijinhos! Continuação das melhoras!
Ana

Maria Gloria D'Amico disse...

Ahhhh estas são flores e imagens que eu adoro, João. Para apreciar, de tão belas.
Agora me conte, como vão a perna e pé? Penso que estão melhores.

Maria Gloria D'Amico disse...

Pois então meu caro João, uma noa noite, com bons sonhos! Até...

João Menéres disse...

ANA FREIRE


Só sta madrugada dei conta da minha dívida !
Culpa do maldito acidente, claro.

E, ao Norte, até direi que foi Estação que não conheceu combóio !
Só mesmo agora está dizer que consta e existe para nosso descanso.
Também com mais de três semanas de cativeiro não ia aproveitar.
Primavera, para mim, foi o dia 3 de Maio, em que, não respeitando as ordens do meu filho, no pós operatório à catarata, fui a Serralves terminar a encomenda para um livro ( para já, não comercial ) e que tem de estar pronto antes do final deste mês.
Bem dito esse dia de uma luminosidade espantosa !
Desde ontem que me sinto outro, embora ainda bem limitado.

Um beijo muito amigo e grato ( e fico à espera das vossas papoilas ! ).

João Menéres disse...

MARIA GLORIA

Por favor, lê acima a resposta à Ana Freire, sim ?

A noite foi bem curta...

Um beijo grato e amigo.

Maria Gloria D'Amico disse...

Melhorastes então? Já está a se sentir outro!
Eu fico feliz, até porquê, desejo que melhores completamente e que não tenhas dor. Dor não, não, não!
Beijocas João.