.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS / MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS


© João Menéres



O DESTERRADO


DE AUTORIA DO ESCULTOR
SOARES DOS REIS
( V. N. GAIA - 1847-1889 )
EM MÁRMORE DE CARRARA,
FOI FEITA EM ROMA EM 1872.

APROVEITO ESTE DIA
PARA FELICITAR A SUA DIRECTORA,
DRª. MARIA JOÃO VASCONCELOS,
O ESTIMULANTE TRABALHO 
QUE TEM DESENVOLVIDO
NO MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS
E AGRADECER TODAS AS ATENÇÕES 
COM QUE SEMPRE ME DISTINGUE.







42 comentários:

ana disse...

Já fotografei o desterrado.
Estas felicitações são sempre merecedoras da nossa atenção pois num país como nosso, com poucos meios para a cultura, os directores dos museus conseguem fazer verdadeiros milagres.
Parabéns para o Museu Nacional Soares dos Reis!
Conheço só, do dito museu, a parte da pintura e da escultura.
Tive o prazer de ver in loco uma exposição colectiva de fotografia onde estava presente o amigo João.
Beijinho. :))

Presépio no Canal disse...


A voltar, sem dúvida.
Embora já tenha ido, várias vezes, ao Porto, só entrei no Museu Nacional Soares dos Reis, quando fui à exposição de fotografia em que participaste. Uma boa estreia, portanto! :-)
O edifício também é muito bonito.
Parabéns a todos aqueles que cuidam bem dos nossos museus!
Um beijinho para ti. :-))
PS: Continuas a recuperar bem? Como tens passado?

Jorge Pinheiro disse...

Belíssima estátua.

Eduardo P.L. disse...

Belo desterrado.

Remus disse...

Vou confessar uma coisa.
Vou confessar uma coisa íntima.
Vou confessar uma coisa muito íntima e pessoal.
Nunca entrei no museu Soares dos Reis. Nunca o visitei. E contudo devem ter sido já as milhares de vezes que passei em frente dele.

Será esta minha falha um pecado mortal? Estarei eternamente condenado?
;-)

Ana Freire disse...

Belíssima estátua do Desterrado... que bem pode ser um simbolo deste país... cuja soberania... vem de Bruxelas... pois o território que pisamos... não nos pertence... tal como a última palavra sobre o mesmo... também não nos pertence...
Gosto imenso do enquadramento e das tonalidades suaves... que atenuam e adoçam a consciência dolorosa da falta de lugar, por direito, que a expressão da estátua carrega.
Eu talvez apenas tivesse feito, um ligeiro corte à direita, e terminado a foto, bem encostada à aresta de base escura. Mas é um pormenor ao gosto de cada um...
Beijinhos, João! Desejando que já se encontre plenamente restabelecido, e a fase mais dolorosa, da perna magoada, já tenha ficado para trás...
Continuação de uma boa semana!
Ana

Maria Manuela disse...


Bela Obra !

Entre os Dias considerados "Dia de...", há alguns como este, dos Museus, locais de preservação da cultura em seus múltiplos aspectos, que tal atribuição se torna mais do que justa.
Guardiães do passado no presente, alguns ditam linhas de futuro, mercê das iniciativas, dedicação e saber de seus dirigentes.

Ao M.N.S.R. fui pela 1ª vez, aquando da Exposição "Ecos de uma Geração", Colectiva de Fotografia, em que participava o amigo João Menéres, gentilmente orientando a visita.
E hoje, por influência do post, fui conhecer a história deste Museu e o motivo que deu origem a esta maravilhosa Obra... sua expressão de amargura...
Obrigada, João, por esta bela Foto !
Beijinhos e melhorias cada vez mais significativas.

bea disse...

E como vai o pé? Já anda sem queixas? Votos de boa recuperação.
Hoje também visitei um museu:) mas não havia estátuas. E esta é perfeita para celebrar. A escultura é uma arte fascinante.

Maria Gloria D'Amico disse...

Gosto de esculturas e esta é realmente bela.
Espero que estejas bem com a perna João. Desejo melhoras!

mariam [Maria Martins] disse...

Muito bom! Beijinhos :)

Isabel disse...

Um dia qualquer hei-de ir ao Porto e ver esse museu.

Beijinhos e continuação de boa recuperação desse pé:)

Rasuras do Aparo disse...

... eis-me chegado aqui vindo já desde o gradeamento cujas lanças me apontaram o caminho ... passando pelas flores e aproveitando os indicadores do grafismo que me indicaram o norte ... uma bela foto para uma bela escultura ...

ana disse...

Pois João,
A sua exposição levou-me a visitar o museu pela segunda vez. Por isso tenho um grande deficit de visitas a este museu. :))
Beijinho e as melhoras. Percebi que é o pé, pensava que era a perna. Vai dar ao mesmo o que interessa é que melhore rapidamente.:))

Manu disse...

Bela foto para assinalar este dia.
Nunca visitei este museu, em contrapartida fui nesse dia fazer um pequeno workshop de fotografia no Museu do Vinho em Alcobaça que teve direito a visita guiada e provas de alguns bons vinhos

Beijos João

GL disse...

Ora aí está, João! Perante este "Desterrado", perante esta maravilha fico sempre, mas sempre absolutamente deslumbrada.
Que mão guiou o cinzel, que poder amoleceu a pedra, que cumplicidade uniu estes elementos, Homem e matéria inerte? Milagres, João, milagres só explicados (?!) se acreditarmos na Mão de Deus.

As melhoras desse pé, começa a ser tempo de não incomodar mais.:)

Beijinho, Amigo.

Ana Freire disse...

Olha... o João fez aquilo que eu sugeri... eu gosto mais de ver assim... mas... vou ficar mal habituada, se me fizerem as vontadinhas todas... :-D
Estou a ver que a perna continua a dar problemas, por estes dias... não tinha ideia da gravidade dos hematomas... melhor não abusar de andar muito por estes dias... e ter a perna esticada para facilitar a circulação e uma recuperação mais rápida... As respostas por aqui... podem esperar, João... se o computador o obriga a uma posição mais incómoda...
Primeiro a sua saúde!...
Espero que manhã já se encontre bem melhor!...
Deixo um beijinho! E votos de rápidas melhoras, e de um bom fim de semana, dentro do possível... apesar desta contrariedade... pois amanhã estarei afastada da Net...
Ana

bea disse...

Mas afinal como é? está doente do pé e não pode escrever?! Ainda não montou uma geringonça para poder descansar o pé e cansar a mão?! Mau Maria...então essa imaginação só serve para fotografar...assim não vale...
Agora a sério: melhorinhas. Afaste-se de nós, sim. Corre o boato que há por aqui uns micróbios biónicos que atacam tudo que seja dedos de humanos que se atirem às teclas.

João Menéres disse...

BEA

A ti digo-te já que fizeste que o sorriso voltasse a aflorar no meu rosto !
Muito obrigado.
Se puderes, manda-me por Express Mail qualquer modelo da geringonça !
Pode ser que funcione de imediato.
Depois, logo se verá.
Isto vai demorar e começo a estar cansado e farto.

Um beijo com amizade.

Luísa disse...

Bem lembrado!
Bem ilustrado!
Bem postado!
Beijinhos mil, senhor das mil e uma belas imagens!

bea disse...

Por express mail, não sei o que é:).Mas posso dar uma dica por aqui mesmo; não é nada de transcendente e se calhar até já a usa. Se sim, paciência, fica a boa vontade. Julgo que o seu problema se prende com a necessidade de ter o pé e possivelmente também a perna imóveis. A cama ou qualquer superfície plana que se lhe pareça será indicada para o efeito. Se utilizar como suporte do portátil um vulgar tabuleiro de levar o pequeno almoço à cama (desconheço se têm nome específico), escreve e não move a perna. Bom também tem de ter umas almofadas não muito moles para apoio das costas e convém que a cama não seja sommier, a cabeceira dá jeito para amparar. Com as minhas pernas cansadas resulta.

Ainda bem que sorriu. A doença leva-se melhor com um sorriso de vez em quando:)
Melhorinhas e oxalá resulte. Tenho uma festinha à minha espera e acho que também estou contente dela haver.

João Menéres disse...

BEA

Do que tenho necessidade é ter o pé elevado em relação ao coração.
Como já fiz 1 e 1/2 enfartes, e tenho as artérias meio entupidas, careço de poupar o coração a esse esforço.
O meu actual portátil não tem imagens guardadas e para ter acesso aos cartões de memória tinha que montar na cama outra complicação ( ia escrever geringonça ) aparatosa...
E também não posso ficar imobilizado. Tenho que andar, mesmo mal e pouco, para os músculos das pernas não atrofiarem.

Que a festa tenha sido muito agradável é o meu desejo.

Um beijo amigo e grato.

João Menéres disse...

ANA

Há museus que nem para o papel higiénico dispõem de verba...

Foi um enorme prazer conhecer-te naquele dia !

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA

Eu teria dispensado aquele momento musical !
Era melhor aproveitado para uma maior troca de impressões e conversas, digo eu...

Um beijo ( e fiquei muito contente por te conhecer ! ).

João Menéres disse...

JORGE

É própria do destaque que tem.

João Menéres disse...

EDUARDO

Nem todos podem ser assim tão belos...

João Menéres disse...

REMUS

Não será eternamente condenado porque algo me diz que em breve irá arranjar tempo para o visitar na calma ( até pode almoçar lá a bom preço ! ).

Um abraço.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Quase te fiz a vontade quanto ao enquadramento...


Plenamente restabelecido ?
- Isso era o que eu queria !
Nem o sapato calço...

Um beijo muito amigo e grato.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Já conheci várias Directoras do MNSR.
A actual é muito dinâmica !
O seu Pai era o Dr. Flórido de Vasconcelos.
Os genes cumprem !

Ainda há quem diga que o computador é uma perda de tempo...
Nunca te teria conhecido, Maria Manuela !
( Nem à Ana R. Alves, nem à Sandra !!!).

Muito obrigado pelo comentário e os votos de um bom Domingo.

Um beijo Amigo.

João Menéres disse...

BEA

O Porto tem tido excelentes escultores.
Não vou esgotar a lista mas dou exemplos:
Teixeira Lopes
Henrique Moreira
Gustavo Bastos
Clara Menéres
Zulmiro de Carvalho
Ilídio Fontes
José Rodrigues
Américo Gomes
Manuel Pereira da Silva
etc...etc...


Podias ter dito que museu visitaste...

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

MARIA GLORIA

Eu estou bem com a perna. Ela é que está de mal comigo...
Rsrsrs


Um beijo ( e fico contente por gostares de O DESTERRADO ).

João Menéres disse...

MARIAM

Muito bem digo eu ao teu gosto !

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

ISABEL

Vem mas avisa !...


Um beijo e obrigado pelos votos para a perna .

João Menéres disse...

RASURAS

Apreciei devidamente o seu percurso.
Como vê, não é nada difícil andar no Porto !

Um grande abraço de amizade.

João Menéres disse...

ANA R. ALVES

As molduras bateram na perna e nessa linha apenas ficou um risquito.
O pior foram os hematomas pela perna abaixo !
Até os dedos do pé direito estão inchados e coloridos de negro...
Acrescentando à dores, imagina...

Um beijo de agradecimento e votos de um bom Domingo.

João Menéres disse...

MANU

Tantas vezes fui a Alcobaça e não sabia da existência do Museu do Vinho !
E a sessão fotográfica foi proveitosa ?


Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

GL

Pois com certeza. Sem Deus por perto seria difícil.

Um beijo e votos de um bom Domingo.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Não faço as vontadinhas todas a ninguém.
Sei é compreender quando têm razão. Simples, como vês.

Hoje senti algumas melhoras. Fico mais animado e com melhor disposição.

Muito obrigado por tudo, querida Ana.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Agradeço os teus três Bem !

Acho que estou a melhorar. Veremos se amanhã penso o mesmo...

Um beijo muito amigo,

Agostinho disse...

Interessante postagem a fazer a divulgação de um bom museu nacional e de uma obra emblemática do seu patrono.
Boa fotografia do "Desterrado". Num país de desterrados, condição que ao longo dos tempos têm sido uma constante, aquela figura motiva-nos à reflexão.

Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Concordo inteiramente, meu caro : Precisamos de pensar muito e muito reflectir !

Obrigado pelo seu simpático e elogioso comentário.

Um abraço.

Presépio no Canal disse...

:-)
Beijinho grande! Gosto muito de ti.

João Menéres disse...

SANDRA

Está descansada, pois de ti eu não gosto menos !

Um beiJoão