.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

UMA TAPEÇARIA DE GUILHERME CAMARINHA

© João Menéres


ACTIVIDADES DO PORTO JUNTO AO RIO,
ASSIM DESIGNOU GUILHERME CAMARINHA
ESTA GRANDE TAPEÇARIA ( 3,62x4,32 )
QUE SE ENCONTRA NA
CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO.
 UM LUSTRE E OUTROS OBSTÁCULOS,
IMPEDIRAM-NOS DE FOTOGRAFAR
A SUA TOTALIDADE.

( Guilherme Camarinha, V.N. Gaia, 1912-Porto, 1994 )

20 comentários:

bea disse...

É bonitíssima.

João Menéres disse...

BEA

Infelizmente não consegui fotografar a totalidade e mostrar a beleza total.
As condições em que me encontrava de pouca estabilidade para fotografar ainda agravaram a situação.

Um beijo grato.

Isabel disse...

É fantástica, com tanto pormenor!

Um beijinho e um bom fim-de-semana:)

Luísa disse...

Que bom que é ver-te mudar do registo anterior!
Achei que me perseguias na resistência (ou tolerância)...
Mil beijinhos de hoje
;-)
Luísa

Luísa disse...

Ah!
Quanto à vida que mostras hoje, mesmo que afixada numa parede apalaçada da casa do Município, deixa-me dizer-te que está fantástica!
Dá sinais vitais de lida, faina, azáfama...tal e qual da zona ribeirinha da tua sempre belíssima cidade, o PORTO!
Mais mil beijinhos,
Luísa

Ana Freire disse...

Perante tamanho talento... só poderá ser uma ramo da família, bem afastado do Zézé do Algarve... brincando... para amenizar o tema dos dias anteriores...
Hoje com um pouquinho de pressa... tentarei vir amanhã com mais tempo, apreciar devidamente a imagem... e a obra...
Hoje só mesmo para deixar um beijinho, por aqui...
Ana

João Menéres disse...

ISABEL

Era um verdadeiro artista !
Tem obra espalhada por todo o país : Câmaras, Tribunais, Ministérios, Hoteis...

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

LUÍSA ( I e II )

Não tem sido possível...
Afazeres sem fim à vista.
Deves calcular.

Na CMP tem outra tapeçaria sobre o S. João.
O Tribunal daí não tem uma também ?

As figuras femininas são ( quase todas ) de uma graciosidade espantosa.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Por "acaso" o Hotel Algarve na Praia da Rocha tem uma tapeçaria dele...

Também ando sem sossego, mas estimo muito os teus comentários ( breves que sejam ) !

Um beijo, querida Ana.

Maria Manuela disse...

Quanta dinâmica, nesta tapeçaria !!!
Tanto figurante !
Desde o içar de toneis ou descida (?) e aparelhamento dos barcos... ao passo determinado das vendedeiras de peixe (acho eu), que se dirigem à parte grande da cidade... passando pela paciência dos bois que esperam ou desesperam... um arzinho de ponte... e tudo o mais que é tanto... é OBRA !
E pensar nas dimensões !!!
E tudo banhado no azul do seu Rio, João !... É da 1ª metade do sec XX ?
Gostei imenso da imagem, apesar de não ter sido fácil fotografar.
Grata por tê-la dado a conhecer (a tapeçaria)... e mais um artista do Norte !...
Beijinhos e um bom fim de semana .:))

Remus disse...

Hoje em dia já nada é assim.
Nem o vinho vem em barris pelos barcos, nem as mulheres andam de lado. Por outro lado, noto que nesta altura não existiam gordos. Eram todos homens muito musculados.
Se o bloco de esquerda vê esta tapeçaria, ainda diz que ela tem que ser destruída, porque é sexista e não representa todos os géneros de pessoas.
:-D

Nunca entrei dentro da Câmara Municipal do Porto...

Presépio no Canal disse...

Uma tapeçaria cheia de vida! E rica em detalhes.
Não conhecia Guilherme Camarinha.
Obrigada, João. :-)
Beijinho amigo.

João Menéres disse...

Sábado agradeço à MARIA MANUELA, ao REMUS e à SANDRA !

( Hoje, tenho um espectáculo de Ballet de uma neta. Mas não é permitido fotografar...).

ana disse...

Tão bonita.
Já vi no Algarve a tapeçaria que refere.
Que pena o lustre não deixar a visão totalmente livre.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

As pipas chegaram ao Porto, vindas Douro abaixo e agora o seu conteúdo vai ser cuidado nas Caves do Vinho do Porto.
Penso ( e não mais do que isso ) que as mulheres trazem à cabeça caixas com carvão vindas do estrangeiro...
Tenho muita pena de não mostrar a totalidade da tapeçaria.
Até a Sé está cortada...
Esta tapeçaria data de 1962.
Por essa altura andava eu dedicado à Vela...


Um beijo a agradecer imenso o teu comentário e pedindo desculpa do atraso.

João Menéres disse...

REMUS Mas há mais de 50 anos era...
Ainda guardo na memória cenas equivalentes às que aqui o Guilherme Camarinha representa.
Quanto às mulheres não andarem de lado, diria que muitas nem sabem para que lado se voltarem !
AQUI, homem era homem e mulher era mulher !


Tudo no seu lugar, ai ninas !

Um grande abraço.

João Menéres disse...

SANDRA

Se bem te conheço, a esta hora já conheces bem muitas das obras do Camarinha !...

Um beijo de Sábado, com um tanto de Sol, mas vento bem fresco.

João Menéres disse...

ANA

É um Hotel muito bem situado, não é ?
E bem agradável !

Foi o lustre e muitas cadeiras que não pude movimentar.

Um beijo amigo e bom fim de semana prolongado.

João Menéres disse...

REMUS ( II )

Esqueci-me de lhe sugerir que entre nos Paços do Concelho !

+ um abraço.

Ana Freire disse...

E apesar dos impedimentos, em conseguir um angulo melhor... depreende-se da imagem, na perfeição... o tema e inspiração... desta magnifica obra... plena de vida e detalhes...
Para mim, a imagem está perfeita, assim mesmo!... E as tonalidades, e contrastes... no ponto!...
Beijinhos
Ana