.

quarta-feira, 9 de março de 2016

CALÇADA À PORTUGUESA ( COIMBRA )

© João Menéres


LEMBRANDO-ME DE DUAS
GRANDES AMIGAS.

30 comentários:

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Uma calçada ímpar... Trabalho notáveis que ainda se vão vendo pelo país!
Aqui, em Lamego, acabaram recentemente com ela nas avenidas principais... Nem é preciso dizer mais nada... Somos um povo demasiado pacífico!
Abraço

Presépio no Canal disse...

Lindíssima! Um belo registo, João!
Quando for a Coimbra, vou procurá-la.
Nós temos coisas maravilhosas!
Beijinho grande, querido Amigo!

Eduardo P.L. disse...

Belo trabalho.

Jorge Pinheiro disse...

Esta é muito elaborada. Não conhecia.

GL disse...



Um trabalho magnífico e que não conhecia.
Em que zona de Coimbra descobriste esta maravilha?
Sempre atento, sempre a presentear-nos/ensinar-nos beleza, desde as grandes às pequenas coisas.

Beijinho, Amigo.

Majo disse...

~~~
Excelentes - a calçada e a foto!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

João Menéres disse...

RUI PIRES

Acrescentaria mais : Somos um povo de parolos !
Deitamos pela janela fora peças do nosso valioso património artístico e cultural !

Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

SANDRA

Infelizmente não ficou 100% centrado...
Está no paço das escolas ( Universidade ), nada longe da Biblioteca Joanina ( que a título algum não poderás deixar de visitar ! ).
Aproveita e visita o Museu Machado de Castro ( convém teres algum tempo ! ).

Um beijo, querida amiga.

Maria Manuela disse...

Uma preciosidade, este registo, em total, perfeito enquadramento !!!

Acho que é a mais notável obra artística, em calçada portuguesa, na cidade de Coimbra...
... E fazendo jus à solidez de séculos... da sua histórica, amada e sempre jovem Universidade !
Magnífica foto ! Grata pela partilha !
Bem haja, Amigo !

João Menéres disse...

EDUARDO

Tem toda a razão.
É um belo e grande exemplo da Calçada Portuguesa !

João Menéres disse...

JORGE

Certamente passou sobre ela, digo eu...
É no acesso ao auditório projectado pelo Fernando Távora.

João Menéres disse...

GL

Muito obrigado pelas palavras elogiosas.
Por favor, lê acima onde podes apreciar.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

MAJO

^^^^^^^^^^

Há que tempo não te via aqui !...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Um beijo e até breve ( espero ).

~~~

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Naturalmente que és uma das duas amigas !

Concordo totalmente contigo : É uma das mais notáveis !!!
( Temos outra equivalente no Rio de Janeiro, que não me lembro se já apresentei por aqui... ).

Um beijo agradecido.

jose jaime disse...

Lindíssima. Não conheço nenhuma tão detalhada. Aqui, os poucos que fazem estão acabando e já estão apelando para o tamanho maior das pedras, perdendo portanto, toda a beleza e leveza. Abraços.

João Menéres disse...

JOSÉ JAIME

Realmente, é um belo exemplar !

Cada cubo terá à volta de 4 ou 5cm de lado.
Mas a actividade de pedreiro-artista corre o risco de extinção, o que será uma perda irreparável.

Um abraço.

Isabel disse...

Magnífica!
Aqui em Castelo Branco também temos ainda muito trabalho artístico, de calçada portuguesa. Aqui mesmo, à minha porta, há alguns desenhos. Mas que me lembre não há nada tão completo como esse. Há um trabalho muito bonito, junto ao Museu Cargaleiro, mas não é tão minucioso. Se o encontrar (já fotografei) vou colocá-lo no Blogue.

Um beijinho:)

João Menéres disse...

ISABEL

Muito obrigado pelo teu empenho !
Se o não encontrares podes voltar a fotografar, não ?
Era muito importante, acredita.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

ISABEL

No meu sidebar já dei conta que encontraste !
Ainda não abri.
Vim logo aqui a correr !!!

João Menéres disse...

ISABEL

Mandei-te um email.


Um beijo.

Pedro Coimbra disse...

Até o chão da minha cidade é bonito!

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Mas o que não é bonito numa Cidade com tanto encanto ?

Um abraço agradecido.

Remus disse...

E pegando no que disse o Rui Pires, li uma notícia à pouco tempo, que em Lisboa também já existe planos para acabar com ela. Pelos vistos, a nova "gerência municipal" não quer ter calçada portuguesa em Lisboa.

Existe gente que só apanhando com um pau de marmeleiro nas costas é que estava bem.
:-|

Se não me engano, este é o símbolo da Universidade de Coimbra. Estarei errado?

Ana Freire disse...

Um trabalho magnífico, brilhantemente e irrepreensivelmente registado...
Ficam assim imagens, destes fabulosos trabalhos, que nos chegam do passado... porque o futuro não se lhes adivinha muito promissor...
Aqui por Lisboa, já se fala mesmo em estudos, visando arrancar a calçada de algumas das principais artérias... e em algumas perpendiculares da Rua do Ouro, por exemplo... já se nota isso mesmo...
Beijinhos! Formidável registo... destas maravilhas... que por enquanto resistem... à inconsciência de algumas mentes brilhantes, que nos governam... eleitas... por todos nós... essa é que é essa... infelizmente!...
Ana

Rasuras do Aparo disse...

... arte de puzlle de pedra que deve ser preservado ... é algo que sempre fez das ruas da cidade algo diferente em relação às outras cidades europeias ... e algumas das taxas turísticas deveriam ser alocadas a manter a calçada em vez de a substituir ...

João Menéres disse...

REMUS

Bom, não sei se há razões, digamos técnicas, que levem a tal no caso de Lisboa.
Sei, isso sim, que na Avenida dos Aliados, aqui no Porto, toda a calçada portuguesa foi retirada, bem como as frondosas árvores e os jardins que tanto a embelezavam, alegadamente porque eram incompatíveis com o Metro ( isto
foi-me dito pessoalmente pelo Arqto. Siza Vieira, que conheço há mais de 60 anos ).
E, posso acrescentar, só a recusa firme do anterior Presidente da Câmara, Dr. Rui Rio, que na Pç. Carlos Alberto sucedesse o mesmo.
A sua ideia do pau de marmeleiro é magnífica se aplicada a certas cabeças mal iluminadas ( se, eventualmente, alguma luz ténue possuem ) de tantos autarcas ou cérebros paisagistas !

Quanto ao símbolo que a imagem apresenta, como muito bem pensa, é o da Universidade de Coimbra.

Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Também tenho muito receio que as "modernices" ( e não só ) venham a servir de desculpa para esses valiosos testemunhos do precioso trabalho dos calceteiros tendam a eclipsar-se.
Tenho a esperança que aqui na Invicta Cidade não aconteçam mais desmandos do que foi vítima à sombra da PORTO 2001 !

Um beijo grato e amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Em cheio, meu caro !
Até se justificava a criação de umROTEIRO DA CALÇADA PORTUGUESA nas cidades onde essa arte tenha expressão !
Seria mais uma forma de as preservar...

Um abraço.

Luísa disse...

Uma obra de arte!

graça Alves disse...

Obrigado por esta homenagem a Coimbra!
Espero que preservem o pouco que resta do muito que havia!
É bom viver por estas bandas, mas também gosto dessas. O Porto é a minha segunda casa!
beijinhos