.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

PORTA

© João Menéres


DEPARÁMO-NOS COM ESTA
CURIOSA  PORTA EM BRUFE.
NO SÍTIO ONDE SE ENCONTRA
É MUITO DIFÍCIL FOTOGRAFAR.
FIZ O MELHOR QUE SEI.

28 comentários:

Fatyly disse...

De facto imensamente curiosa e inédita. Gostei imenso!

Beijos e um bom fim de semana

Eduardo P.L. disse...

Mas poderia ser qualquer outra coisa. srsr

Isabel disse...

E está muito bem fotografada!

Tive que ir ver onde fica Brufe, que acho que nunca tinha ouvido falar. Lá mesmo na pontinha do país.

Os desenhos da porta terão algum significado?!...Fico a pensar que deve ter sido a casa de algum estrangeiro original e extravagante que por aí morou.

Muito gira!

Um beijinho e desejo-lhe um bom sábado:)

João Menéres disse...

FATYLY

É um misto de desenho naif com uns símbolos dos quais não sei o significado.
Acho que a figura com o cão representa um caçador...
Em 1961 ainda eu não tinha sido apanhado pela Fotografia, embora já fotografasse os sobrinhos e pouco mais.

A porta realmente está num sítio que não me permitiu fazer melhor e é pena, dado o desiquilíbrio da luz que lá chega.

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

EDUARDO

O quê, por exemplo ?

João Menéres disse...

ISABEL

Brufe tem um restaurante ( O Abocanhado ) 5* e uma vista para o Rio Homem 7*** !...
Eu acedi pelo coroamento da Barragem de Vilarinho das Furnas.
Mas Brufe fica fora do PNPG.
O regresso fi-lo pela margem direita do rio, via Amares.

Ainda bem que não foste parar a Brufe, de V.N. de Famalicão, Isabel !

Um beijo num fim de semana de péssimo tempo ( mau para as corsistas que pensavam exibir as banhas por esse país fora...).

Jorge Pinheiro disse...

Muito divertida e exótica.

João Menéres disse...

JORGE

Concordo com o divertida.

Luísa disse...

animada!
animada entrada!
Bjnhs com votos de booooooommmmmmmmmmmmm fim-de-semana!

João Menéres disse...

LUÍSA

No meio de todo o granito de Brufe, é uma animação, como dizes !

Bom fim de semana com este tempo ???

Que seja tranquilo e já será BOM.

Um beijo amigo.

graça Alves disse...

Embora goste de portas tradicionais, eu também tiraria uma foto a esta porta. A foto é merecida, pelo menos pela sua originalidade.
Beijinho

Agostinho disse...

Uma porta invulgar, obra de uma mente delirante? Aberta que mundo se revelará ao olhos de um curioso?
A fotografia surpreende pela prodigalidade da cor.
Bom domingo, amigo João Menéres.

ana disse...

João,
A porta é linda, tem uns leques e uma flor, um gato e uma ou um meninno.
1961, um ano interessante.

Beijinho. :))

tulipa disse...


Boa tarde, João!

A imagem está fantástica... e, ao ler: "fiz o melhor que sei"

esbocei um sorriso...
ora João, para um Mestre na fotografia é ser demasiado humilde dizer:
fiz o melhor que sei.

Muito original a porta.

A semana passada o meu outro blog "ANO SABÁTICO" fez o 2º aniversário e andei numa correria a convidar alguns amigos para um cházinho virtual,
não deu para vir cá,
mas está o seu nome em destaque no texto, inserido nos amigos que me têm acompanhado na blogosfera

Ando agora a correr as capelinhas a agradecer a quem lá foi...no seu caso, João está convidado, apareça.

Não é bem...não se pode dar uma festa física!
Até se pode, se tudo for bem pensado e organizado,
o problema é que estamos todos distantes uns dos outros!

Mas, nada me impede de convidar todos a tomar um chá virtual.

SÓ ASSIM ENTENDO A MINHA PRESENÇA NA BLOGOSFERA.

E assim continuarei, dê-me Deus saúde para o poder fazer.

BOM FIM SEMANA DE CARNAVAL

Beijinhos

nota: ontem fui fotografar o desfile de Carnaval das Escolas
e hoje vou ter que me debruçar sobre as 200 fotos
e escolher umas 10 para fazer um post.

João Menéres disse...

GRAÇA

Ainda bem que também a achaste original.

Um beijo grato.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Tudo isso que diz tem mais força ao pensarmos no sítio onde se encontra ( Brufe ) !

Muito obrigado pela visita e pelo comentário.


Um abraço.

João Menéres disse...

TULIPA

Muito obrigado por me incluires na lista dos teus convidados.

E qual dos anjinhos me representa ?

Desejo que continues a ter FORÇA para continuares nesta odisseia virtual.

Um beijo e muitos parabéns para ti e para os blogues que vais alimentando.

João Menéres disse...

ANA

( Fora de ordem )

Eu acho que a figura representa um caçador com o seu cão...

Nasceste em 1961 ?
- Não me parece nada !

Um beijo e muito obrigado.

GL disse...

A porta é uma delícia, João. Que bonita, ou melhor, que original!
Seria a casa de algum caçador? As figuras são nitidamente - tanto quanto me parece - um caçador com a espingarda e um cão. Aumentei a imagem e penso não estar enganada.
A casa ainda será habitada? A porta apresenta sinais de degradação o que não quer dizer nada.

Obrigada por mais este presente tão original.:)

Boa semana.
Beijinho.

João Menéres disse...

GL

Foi uma verdadeira surpresa encontrar uma porta assim no meio do quase nada !

Não consegui saber, querida amiga, se está ou não habitada.


Um beijo e diverte-te no Carnaval...

Presépio no Canal disse...

Nunca tinha ouvido falar de Brufe, mas gostei muito da porta. Deste com um tesouro escondido. De repente, senti-me na América do Sul, por causa dos tons...
Bjinho!

Remus disse...

Depois de ler o texto associado à fotografia, já não tenho coragem de colocar nenhum defeito.
:-)

Mas o amigo João sabe que não está perfeito... se calhar até nem está bom. Digamos que está aceitável.
;-)

Ana Freire disse...

A imagem talvez não tenha as condições de iluminação, ideais... algo, largamente ultrapassado, pelo privilégio... que é encontrar uma porta assim... mais original... impossível!
E de 1961?... Um verdadeiro clássico! :-D
Uma porta... que importa, apreciar com atenção!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

SANDRA

Podia ser, de facto, Sandra...

Beijo atrasado.

João Menéres disse...

REMUS

Como a porta é uma delícia, o resto que se dane !

Abraço grato.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Pelas razões que mencionas, eu não tive coragem de a esconder de olhares críticos ( e sempre bem vindos ! ).
Há sempre alguém que olha estas coisas tão interessantes e que me perdoam as falhas.

Um beijo colorido.

Maria Manuela disse...

Bem original e garrida, sem dúvida !
Tantos leques e uma rosa dos ventos, será ?
A figura com o seu cão é um doce...
Alguém cheio de imaginação que por ali andou e se albergou... deixando naquela terra... a marca colorida da sua passagem...
Um beijinho, João.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Sim, diria que são leques.
Rosa dos ventos é sem dúvida.
Deve ter sido um caçador, na verdade.
E pretendeu com rosa de ventos demarcar o terreno para jamais se perder no meio de nevoeiros que tão frequentes são para aquelas bandas.
Nem do boné se esqueceu...
Inglês, certamente...

Um beijo muito amigo e grato.