.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

CALÇADA PORTUGUESA


© João Menéres


UM ASTROLÁBIO EM LAGOS,
QUE CONSTITUIU UM IMPORTANTE 
CENTRO PARA OS
DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES,
A PARTIR DO SEC. XV.



33 comentários:

Presépio no Canal disse...

Gosto muito de calçada portuguesa. Próxima vez, que vá a Lagos, vou procurar este astrolábio.
Beijinho! :-)

João Menéres disse...

SANDRA

Se fores em Agosto, AVISA !
Estarei por perto...


Um beijo, querida amiga.

Ana Bailune disse...

Belíssimo!
Estas pessoas são artistas verdadeiros!
Abraço, João.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

A combinação das cores é perfeita, realmente !

Um beijo amigo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Por estes lados, acabaram com ela! após as obras recentes do Eixo-Barroco nas principais avenidas... uma vergonha!
Resta admirar esta e outras imagens e locais que perduram!
Abraço

João Menéres disse...

RUI PIRES

É culpa da ignorância !
Qualquer dia nem sabemos quem foi D. Afonso Henriques...

É o estado da Nação...

Um abraço de revolta por tanto crime que se faz no Património.

Isabel disse...

Muito bonito!
Aqui em Castelo Branco mantém-se a tradição e temos bonitas calçadas com o desenho do bordado de Castelo Branco.

Um beijinho:)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de Feliz Natal
AG

João Menéres disse...

ISABEL

Não tenho dúvidas :
Tenho que ir a Castelo Branco !...


Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Muito lhe agradeço a amável mensagem de BOAS FESTAS que agradeço e retribuo com Amizade. desejando um Feliz Ano Novo.

Um abraço.

Maria Manuela disse...

Tão linda !
E tão evocativa !
Marcas que a tradição deixou no piso que calcamos, a relembrar a actividade que dominou ou domina em vários locais, para que o tempo não deixe esquecer...
Este astrolábio em três cores é uma perfeição !
Haverá ainda muitos mestres calceteiros ?
Beijinhos.:))

Ana Freire disse...

Aqui por estes lados... não existem grandes motivos de calçada portuguesa, dignos de relevo... só mesmo em Lisboa!
Por estes lados, é mais a azulejaria, que estará associada à tradição das terras e das gentes...
Bom ver que ainda se destacam alguns motivos, da nossa alma de navegadores, aqui e além... e este destaca-se pelo seu excelente estado de conservação...
Um belíssimo e emblemático instrumento de navegação, muitíssimo bem registado, e orgulhosamente eternizado na nossa calçada portuguesa...
Excelente imagem, João!
Beijinhos! Boa semana!
Ana

Renata Carneiro disse...

Gosto muito da foto!! gosto muito da calçada portuguesa! beijinhos

Jorge Pinheiro disse...

E bem orientada.

© Piedade Araújo Sol disse...

que nunca se perca este modo de calçada que é uma arte mesmo nossa...
bonita imagem!
beijinho
:)

Remus disse...

E porque é que se chama astrolábio e não se chama astroboca ou astrovista? Porque é misturaram astro com lábio?
:-D

Foi bem "apanhado" e será o que o "apanhei" também com as perguntas?
:-)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Obrigado pelo teu sempre muito bem elaborado comentário !
Penso ter lido algures que havia autarquias a promover esse ofício.
Espero não estar enganado.
Se for um facto, então iremos ter a continuação de uma arte que o mundo admira !

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Mas Lisboa, pelo menos, tem-nos...
Póvoa de Varzim, Aveiro, por exemplo, têm alguns exemplos relativamente recentes.
Seria interessante que os blogueiros interessados por este tema nos mostrassem o que há por aí.

A propósito de um comentário que fizeste ( não sei se foi no Questiuncas ou no Pontos de Vista, a Rua de Santa Catarina, aqui no Porto,e onde se situa a Igreja das Almas, é uma rua extensa e cujos passeios têm uma determinada composição na sua calçada portuguesa.
Fatalmente que em frente à Igreja não ia ser diferente...
Aliás, considero uma composição discreta, muito "clean"...

Verei se, quando recomeçar o bom tempo, se faço mais pesca...

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

RENATA

Claro que pressentia que gostasses, ou não fosses tu uma Artista plástica super internacional e de muito bom gosto !

Um beijo e até um dia destes.

João Menéres disse...

JORGE

Por isso os nossos descobridores não se perderam...

João Menéres disse...

PIEDADE

Pois tens muita razão em dizeres que é uma arte muito nossa !
No Brasil vi vários exemplos mas creio só ter fotografado um ( que era difícil...).
Em Coimbra, também existem exemplos desta arte que tanta beleza pode proporcionar.

Um beijo muito amigo e grato.

João Menéres disse...

REMUS

Claro que me apanhou !
Embora saiba várias coisas sobre o dito instrumento ( estou a referir-me ao astrolábio ) e até tenha dois exemplares, não lhe posso esclarecer, o que muito lamento.

Mas, parece-me que o meu amigo ao colocar a questão o fez por saber mais do que eu.
Por isso, faça o favor de nos esclarecer, está bem ?

Um abraço e agradeço o elogio.

Eduardo P.L. disse...

Esse calçamento é umas das nossas heranças. Há pelo Brasil todo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Nas cidades que conheço, só não me lembro se Brasília tem alguma calçada à portuguesa...
Santos, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Olinda, Recife têm.
Porto Alegre não tenho a certeza.

Kaipiroska disse...

A nossa calçada portuguesa é lindíssima. Passamos muitas vezes por verdadeiras obras de arte. 1bj

João Menéres disse...

CARINA

E em Ponta Delgada há provas do que afirmas !

Um beijo amigo.

Remus disse...

Lamentavelmente não sei responder às perguntas que coloquei.
E como eu não tenho nenhuma fotografia de um astrolábio para publicar, fico isento de pesquisar/descobrir as respostas.
:-)

João Menéres disse...

REMUS

Se me está a endossar essa responsabilidade, faça o favor de tirar o cavalinho da chuva !...

:).):)


Um abraço atento e venerando.

Luísa disse...

Pedrinha a pedrinha, lá vão os calceteiros mostrando arte!
Linda arte!A foto é fidedigna ao belissimo trabalho que os nossos passeios mostram!
Mil bjnhs

João Menéres disse...


LUÍSA

Ao contrário dos nossos NAVEGADORES, desorientei-me hoje nos comentários !

Obrigado pelo teu. construído com saber e sentir !

Um beijo e mil desculpas.

Rasuras do Aparo disse...

... tempos em que havia rumo ... feito com acerto e préstimo de tal instrumento ... agora com este caído em desuso ... voltámos ao desacerto de tempos antigos em que as iluminárias davam luzes fracas ... sem que se vislumbrasse o norte ...

João Menéres disse...

RASURAS

Uma análise lamentavelmente adequada à realidade.
O que nos vale é ainda haver gente com com mente iluminada !

Grande e amigo abraço.

Agostinho disse...

Para que se encontre o rumo!
Parece ter sido o lema que norteou João Menéres na realização deste trabalho.
Muito bonito. A pedra e a arte dos calceteiros surpreende-nos.

Abraço.