.

domingo, 29 de novembro de 2015

PORQUE HOJE É DOMINGO...





TENHO DE IR VER! 

Um turco pediu dinheiro emprestado a um judeu.
Acontece que o turco gabava-se de nunca ter pago uma dívida sequer.
Por outro lado, o judeu nunca havia perdido nenhum cêntimo em negócio nenhum.
Passa o tempo e o turco enrolando e fugindo do judeu e este na captura do turco.
Até que um dia eles cruzaram-se no bar de um africano e começaram uma discussão.
O turco encurralado não encontrou outra saída, pegou num revólver encostou à própria cabeça e disse:
- Eu posso ir para o inferno, mas não pago esta dívida!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão.
O Judeu não quis deixar por menos, pegou o revólver do chão, encostou em sua própria cabeça e disse:
- Eu vou receber esta dívida, nem que seja no inferno!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão.
O preto, que observava tudo, pegou o revólver do chão, encostou-o à sua cabeça e disse:
- Ah ah ah ! …isto vai dar merda! Tenho de ir ver!

            

10 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

João
também achei piada e acho sempre quando releio, pois já conhecia!
bom domingo
:)

João Menéres disse...

PIEDADE

Aos domingos tenho sempre uma anedota !
É natural que muitas sejam conhecidas...
Mas é sempre bom voltar a sorrir.

Um beijo.

Isabel disse...

Bolas!
Antes ficar sem o dinheiro!

Um beijinho e um bom domingo:)

João Menéres disse...

ISABEL

Mas não passa de uma anedota...


Um beijo amigo.

Maria Manuela disse...

:))))) Não conhecia, João !
Que violência !...
Ás vezes as anedotas até trazem reflexos.
Muita piada, mesmo !!!
Beijinho e boa semana.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Preto é curioso....mas deu graça.

Um beijo amigo.

Luísa disse...

ahahahahahahah!
Esta está muito boa!
A curiosidade é danada!!!!!!!!
Bjnhs com votos de boa semana!

João Menéres disse...

LUÍSA

Desta vez não me puxaste as orelhas !

Boa semana com juízo.

Um beijo.

Isabel disse...

Tentei encontrar algo sobre Dordio Gomes, mas não consegui chegar lá...

Ana Freire disse...

Esta eu já conhecia... mas é impossível, não rir... ;-D
Beijinhos
Ana