.

sábado, 24 de outubro de 2015

COISAS MINHAS

© João Menéres


ESTE ESQUADRO, DESDE OS TEMPOS
DO LICEU, SEMPRE ME ACOMPANHOU.
HÁ MAIS DE 70 ANOS,
CUSTOU 11$00...

E COMO PODEM VERIFICAR,
AINDA ESTÁ EM MUITO BOM ESTADO.

EM MADEIRA.
BELÍSSIMO !

24 comentários:

Isabel disse...

É muito bonito, muito mesmo! Objectos que já não se encontram, e se está em bom estado é também, certamente, porque o estimou!
Qual é o comprimento do lado maior? Só para ter uma ideia do tamanho...

Um beijinho e um bom sábado:)

ana disse...

João,
Que esquadro bonito com o embutido de duas cores. Vê-se que o estimou e que é de boa qualidade. Infelizmente, hoje a maioria destes produtos é de plástico, embora agora apareça também de madeira mas sem este tipo de acabamento.

O seu pai lá do alto está feliz por ver que o filho guardou e utilizou tão bem o seu presente.

Beijinho e parabéns pela simplicidade, tem o meu voto. :))

João Menéres disse...

ISABEL

Sempre me ensinaram a poupar tudo e a estimar tudo o que tinha.
Só os vértices estão um bocadinho feridos. Culpa da pasta e dos livros...
Os livros chegavam ao fim do ano lectivo muito bem conservados, também.
A hipotenusa tem 41 cm.

Vou ver se consigo fotografar à tarde o que pediste.

Um beijo e obrigado pela tua sã curiosidade.

João Menéres disse...

ANA

Também acho que é uma peça fantástica.
Tenho essa esperança, querida Ana. Sempre foram bem escutados e procurei seguir o que me foi transmitido.

Agradeço o voto que depositarás na urna, se é essa a tua vontade.

Um beijo amigo.

Presépio no Canal disse...

Muito bonito! Requintado, mesmo.
Um objecto com muita da tua história, acredito.
"Estimar" - uma palavra que prezo muito, mas que, actualmente, nesta época onde tudo é tão descartável, se escuta e pratica pouco...
Beijinho, João e votos de Bom Domingo!!

João Menéres disse...

SANDRA

Obrigado pelo teu comentário.

O que dizes sobre a ESTIMA, é verdade : infelizmente já poucos sabem o seu significado.

Um beijo numa tarde chuvosa.

Eduardo P.L. disse...

Quem guarda tem. Linda peça. Hoje em dia, mais do que nunca, muito útil.

João Menéres disse...

EDUARDO

Sempre foi meu lema : GUARDAR !
Aqui no esquadro, pelo menos, há rectidão...

Luísa disse...

Sim, este é o esquadro angular!
Mostras o equilíbrio ente a peça de madeira e a tua estima pelas coisas!
ADMIRÁVEL!
Há quem, desesperadamente procure a pedra...e não a encontre!ehehehehe
Beijinhos mil

João Menéres disse...

LUÍSA

Viste a sombra do esquadro?
Deu-me trabalho...

Mas há tantas pedras !...
Bom, agora, são mais os calhaus !

Um beijo e obrigado por teres apreciado.

mariam [Maria Martins] disse...

90 graus perfeitos! Bom registo! Pbs :) bjinhos

João Menéres disse...

MARIAM

Muito obrigado pelo teu elogio.

Um beijo e bom Domingo.

Isabel disse...

Obrigada!
Fico à espera cheia de curiosidade!

Eu reparei na sombra e estive para comentar. Dá um efeito muito interessante, assim como que suspenso do nada...deve ter alguma coisa a segurar lá atrás...

O esquadro ainda é bem grande e não acho que esteja nada estragado nas pontas, pelo contrário, está uma perfeição.

Um beijinho :)

João Menéres disse...

ISABEL

Está feita e postada para 2ª feira.
Mas já falta tanta coisa !...

A sombra ?
- Pois tem...
A intenção foi dar um arzinho de graça.

Está, está...mas pouco.

Um beijo e bom Domingo.

Maria Manuela disse...

Coisas suas, JOÃO... tão suas que fazem sempre a diferença !...
Pelo que são, porque a patine dos sentimentos se entranham nelas, pelo que continuam a ser, indiferentes ao tempo...

É lindo ! Gosto muito do tipo de junção da madeira, do filete a contrastar que destaca ainda mais os vértices e os torna mesmo perfurantes... como esse, ao alto...
Com esquadros destes, as esquadrias da vida saem sempre perfeitas...

A foto está linda ! A sombra, magnífica !

Beijinhos, JOÃO, desde Coimbra e um bom Domingo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Cada um tem ( ou não tem...) as suas.

Destaco, pela beleza das palavras, a tua frase :
Pelo que são, porque a patine dos sentimentos se entranham nelas, pelo que continuam a ser, indiferentes ao tempo...

A sombra...deliciei-me com a ideia. Mas, como vem sendo costume, foi tudo a correr.
Durante o dia, não disponho de muito tempo. Estou numa fase terrível, Maria Manuela...


Muito obrigado pelos permanentes elogios. Sei que não mereço.

Desejo que tenhas um bom Domingo ( eu vou a C.de B...).

L.Reis disse...

Ora cá está...o plano inclinado fez toda a diferença nesta fotografia, com a sombra a censura a tridimensionalidade da dita. Cá está, dizia eu, é o "toquezinho" de Midas do João...não há nada a fazer.
( Bonito esquadro...com a irresistível beleza da madeira)

João Menéres disse...

L. REIS

Estás muito generosa !
Mas se TU gostaste, já me basta !

Um beijo muito tridimensional.

Agostinho disse...

Um primor de fotografia que vale certamente mais do que o modelo.
Tem um truque, parece-me, a elevação do menor ângulo para que o efeito sombra se fizesse notar.
A fotografia tem magia: do esquadro de 11$00 resta apenas uma ideia. Aliás, tenho uma, vaga, que foi submersa pelo plástico.

Um abraço, João Menéres.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Muito agradeço o seu comentário.
A ideia de criar uma sombra surgiu à última hora !
Não, a mancha não é réstia de plástico. É mesmo uma mancha...e não tive já tempo para a eliminar.
Mas também não me importei. O esquadro é tão antigo...

Um abraço muito grato.

Rasuras do Aparo disse...

... aprecio quem estima o que já usou ... que lhe mostra o carinho e os afectos de um apoio que foi recíproco ... já estiveram mais juntos dias e dias a fio agora ... encontram-se para recordar quanto afiados eram os lápis por essas alturas ... que permitiam o elaborar caminhos sonhados através de linhas limpídas e escorreitas ...
( belo esquadro e como sempre foto de mestre )

João Menéres disse...

RASURAS

Muito obrigado pelas palavras e pela Amizade do significado das mesmas.
E agradeço, também, o elogio à fotografia do esquadro !

Grande abraço.

Remus disse...

Está em tão bom estado porque os seus netos nunca lhe meteram as mãos em cima. Porque se tivessem metido, no mínimo ele já tinha virado triângulo isósceles.
:-)

O contraste entre a cor da madeira e o azulão do fundo, penso que resultou muito bem.

Ana Freire disse...

Excelente imagem, João!
Fantástico o aproveitamento da luz, para um jogo de sombras... que revestiu a imagem de interesse, e profundidade...
E as tonalidades combinam muitíssimo bem...
Ficou perfeita!
Beijinhos
Ana