.

sábado, 26 de setembro de 2015

ENGRAXADOR

© João Menéres


JÁ QUE É SÁBADO,
"BAMOS" LÁ 
DAR UM BRILHO...

25 comentários:

Luísa disse...

Brilho!
Tertúlia!
Conversas de rua que ficam paradas num momento fugaz de graxa nos sapatos!
Hoje, até o punkrocker quis dar brilho à conversa!
Bem apanhados!

Fatyly disse...

Uma profissão nobre e recordo com saudade o Sr. José que ficava pelos Restauradores. As conversas que tivemos foram tão "ricas de tudo".

A foto está 5*****

Bom dia e um abraço

João Menéres disse...

LUÍSA

Anos atrás ( como diria o nosso amigo Eduardo ), uma bateria de engraxadores estava np corredor do prédio do Café Imperial.
Forçados a sair dali, vieram para o passeio fronteiro, sujeitos às condições atmosféricas e as conversas, ou são fugazes, ou nem acontecem.
O corredor emprestava-lhes um intimismo que o ar livre não proporciona.
Esse punkrocker era imperdível.

Um beijo.

João Menéres disse...

FATYLY

Durante a minha vida, conheci muitos profissionais da graxa.
Desde o que trabalhava no barbeiro, até ao que operava no Café Avis ( o Adriano , já falecido ).
Agora, essa operação de cosmética é feita em casa pela empregada com os modernos kits que existem.

Grato pelas 5* que atribuis ao apanhado.

Um beijo.

Eduardo P.L. disse...

Aqui se diz ENGRAXATES...

João Menéres disse...

EDUARDO

Não me apercebi, embora tenha passado por alguns...

GL disse...

No Centro Comercial Vasco da Gama está lá um desses profissionais, e de cada vez que lá passo, regra geral, tem sempre clientes.
Um sobrevivente? Talvez, e muito digno no seu trabalho.
Gosto tanto de o ver, e ao mesmo tempo quanta nostalgia.
Beijinho

João Menéres disse...

GL

Aqui no Porto ainda há vários...
A maioria está a trabalhar na Praça da Liberdade.

( Este engraxador deve ter sido obrigado a uma nova actividade. Digo eu...).


Um beijo.

Isabel disse...

A foto é interessante principalmente pelo contraste entre uma profissão quase completamente do passado e um jovem que recorre a ela.

Aqui em Castelo Branco, tanto quanto sei já não existe nenhum engraxador, há muitos anos.

Aqui também havia um Café Avis, tinha uma porta giratória...o meu pai, que era empregado de mesa, trabalhou lá muitos anos. Estava ali sempre por perto um engraxador...
Já lá vão tantos anos...

Vê?... A sua fotografia transporta-nos no tempo...

Um beijinho:)

João Menéres disse...

ISABEL

Lá dizia a KODAK : PARA MAIS TARDE RECORDAR...
Sabes quantas escovas estão nesta imagem ?

Um beijo muito amigo e grato.

ana disse...

Por Coimbra ainda se vêem alguns.
Receio é que não dê para viver. :(
Beijinho. :))

Jorge Pinheiro disse...

Já quase nem há sapatos para brilhar.

João Menéres disse...

ANA

Não sei quanto custa...
Também os havia nalgumas barbearias !
Agora, como frequento uma barbeira que não tem nem engraxador, nem manicure, ignoro o que se passa nessa área.

Um beijo e S O L !

João Menéres disse...

JORGE

Pois...andam com tennis...

Isabel disse...

16?...

João Menéres disse...

ISABEL

Clica na imagem para ampliares e poderás verificar.
Eu contei 14.
Não me digas que duas me escaparam...


Um beijo a brilhar.

Isabel disse...

Contou as que o engraxador tem na mão?...

João Menéres disse...

ISABEL

Conto 15.
Em cada mão tem uma escova larga.

A contar que o Sportin ganhasse aqui no Bessa estava eu !...

Isabel disse...

Estava aqui a responder quando faltou a luz :(
Tem estado a fazer trovoada.

Mas já voltou!

...e dizia eu que do Sporting, não percebo nada!

As escovas, estão todas aos pares, mas parece-me que se vêem duas no chão, uma de cada lado do par que está mais à frente...mas também não importa! 14, 15, 16...são sempre muitas escovas :)

Desejo-lhe uma noite descansada, depois desta trabalheira a contar escovas :) :) :)

João Menéres disse...

ISABEL

VI-a AGORA !!!
Tens razão : 16 !

Um beijo e obrigado por teres contado e recontado.

Maria Manuela disse...

E que brilho, João !

Uma cena destas, do quotidiano de outrora... em moldes bem actuais... que de repente brinda o olhar atento e sereno... de forma alguma podia escapar !...
Há muito que não via um engraxador e muito menos em contraste tão apelativo, luminoso, mesmo !
Desperta memórias e enquadra em beleza os tempos que correm
Gostei muito.
Uma Foto brilhante !!!
Beijinho.)

Isabel disse...

Achei muito engraçado estarmos aqui à "conversa"!

Um bom domingo para si:)

Ana Freire disse...

Um registo perfeito... de um dos últimos sobreviventes, nesta profissão... para mais tarde recordar, como lembrou o João, muito bem!... O vermelho... foi mesmo a cereja no cimo do bolo, para tornar a imagem interessante, ao olhar...
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Magnífico o teu comentário em 27 de Setembro, só agora descortinado !
Havia muito sol e as figuras estavam à sombra.
Não soube fazer melhor.

Um beijo atrasado.

João Menéres disse...

ANA

Mais outro...por agradecer.

Obrigado pela cereja que me soube muito bem, mesmo fora de época.

Um beijo amigo.