.

sábado, 30 de maio de 2015

BALLET


© João Menéres

26 comentários:

Isabel disse...

Com o movimento assim registado, saiu uma fotografia muito interessante!

O comentário anterior seguiu logo à primeira tentativa...

Um beijinho e um bom fim-de-semana:)

Presépio no Canal disse...

Esta foto transmite uma sensação de magia, de contos de fadas. Gostei muito.
Beijinho e bom fim-de-semana! :-)

Ana Freire disse...

Lindas as tonalidades... e magnifico o desfoque...
Um ambiente mágico, leve e misterioso, plenamente recriado...
O talento do João sempre faz, com que tudo ganhe asas... e voe mais alto... são asas, o que me parece distinguir na imagem...
Beijinhos
Ana

Eduardo P.L. disse...

Maravilha de foto. De mestre.

ana disse...

Adoreiiiiiiiiiiiiiiii.
É a neta?
Fotografia maravilhosa, quer na cor quer no movimento, um dia tem que ma emprestar. :))
Beijinho e bom Sábado.

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó João Menéres que beleza de fotogafia. Alguns dos seus trabalhos são fora de série e revelam que as fotos também têm alma!

João Menéres disse...

ISABEL

Obrigado pelas palavras, Isabel.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA

Acho que puseste o dedo na ferida !

Uma sensação de magia, de contos de fadas.

Muito obrigado.

Um beijo.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Já não sei como agradecer...
Sempre gostei desta forma quase etérea de fotografar o Ballet.

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

EDUARDO

Simpatia a sua !

João Menéres disse...

ANA

A neta ainda é pequena para estas andanças tão exigentes...
Actua em três dias consecutivos no Teatro do Campo Alegre, num espectáculo que se realiza no próximo fim de semana promovido pelo Centro de Dança do Porto, onde está inscrita.
Leva a imagem quando assim o desejares.
É um prazer ela figurar no teu (IN) CULTURA !


Um beijo ( Já ouviste falar nuns doces em forma de marisco ? Uma delícia ! Mas a safra já acabou...).

João Menéres disse...

HELENA SACADURA CABRAL

Veio mesmo a calhar esse seu comentário, pois andava com o astral por baixo...

Muito obrigado !

Melhores cumprimentos.

Tété disse...

Já quase tudo foi dito, mas que é de mestre, lá isso é.
Vamos ver se o meu comentário também lhe sobe um bocadinho o astral. Não sou a Helena mas sou sua amiga e estou cheia de ciúmes dela, e sabe porquê? Porque ela merece mesmo!
Hi, hi, estou mesmo a brincar com os dois porque vos adoro.
Beijos

João Menéres disse...

TÉTÉ

Obrigado por este teu comentário !

Este "mestre"está a perder dinamismo, energia e tudo o mais que oito décadas ocasionam num natural desgaste físico e mental.

Um beijo e bom Domingo.

Luísa disse...

Esta foto poderia ser eu! O meu retrato: um enigma indecifrável, baralhado, entre um ser que dança e outro que voa! Cheio de movimento, que não para, que baila em todas as valsas, tangos, contemporaneamente girando...alcançando o ponto de voo...
Vejo o Grifo todos os dias. Não comento todos os dias!
Que bom que me puxaste as orelhas. Mereci.
Serei assídua e pontual, daqui para a frente.
Mil beijinhos, querido amigo!

João Menéres disse...

LUÍSA

Não te puxei as orelhas.
Apenas te transmiti que me fazes falta nos Comentários !
E a prova disso está aí, na qualidade deste teu comentário.

Obrigado, Luísa, minha amiga de há anos.

Maria Manuela disse...

Uma imagem de sonho !!!
O tom da nota se eleva e tudo voa num mistério de cor diáfano vaporoso sem contornos sobre uma nuvem de luz !
O clic certo no momento exacto!
E um céu nocturno e constelado observa em silêncio.
Emoção e inteligência num trabalho perfeito, JOÃO !
Parabéns !

Presépio no Canal disse...

Joao, nada de baixo astral! Fazes muita, muita falta. Ânimo! Mais devagar, mas ânimo!!
Muitos beijinhos!!

Remus disse...


Afinal este "cisne" tem quantas patas?
:-)

Um efeito surpreendente. Só não achei muita piada ao "risco" a fazer lembrar uma espada, porque acho que ele quebra um bocado a harmonia e a beleza efémera do momento.
Sem ele, a fotografia ficaria mais harmoniosa.
Mas também sei que não poderia fazer nada em relação a isso. Fotografia de espectáculo é assim mesmo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Este bailado deixou-me extasiado tal a sua beleza.
Não tive artes para transmitir tudo o que senti...


Um beijo amigo ( atrasado, diga-se ).

João Menéres disse...

SANDRA

Hoje tive que seguir molto lento...


Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

REMUS


Fazia parte da própria coreografia...
Noutras imagens que fiz talvez se compreenda a razão de ser.

Obrigado e um abraço.

Agostinho disse...

Fotografia magnífica a documentar na perfeição a dinâmica do movimento.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Agradeço o seu comentário tão assertivo.

Um abraço.

Rasuras do Aparo disse...

... sonho que por meros instantes tem salpicos de realidade .. fugazes ... ilusórios ... mas que deixa um travo amargo doce ... de que se aprende a gostar ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Tudo nesta vida é fugaz.
O que hoje é dogmático, amanhã é desmentido.

Fiquemo-nos pelos momentos que nos satisfazem, mesmo sabendo que não passam de ilusões precárias.


Grande abraço.