.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

UMA PORTA NO ALENTEJO


© João Menéres

SERÁ QUE O EXPRESSO DA LINHA
PASSOU POR AQUI QUANDO
FOI A REDONDO ?

BENCANTEL PARA OS CURIOSOS.

26 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Linhas RETAS no REDONDO. Bonito enquadramento.

Questiuncas disse...

Uma bela porta alentejana, cheia de cor.
Não tenho ido para esses lados, senão a minha coleção de portas ia aumentar.

João Menéres disse...

EDUARDO

Sempre amável !

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Realmente, não faltam portas bonitas ...

Um abraço grato.

Remus disse...

Acho que a dona da casa lhe deixou um sinal para que entre...
Pelo menos eu vou pensar que sim.
:-)

Como já disseram, é uma fotografia com as cores inconfundíveis do Alentejo. E vê-se logo que na alma, eles são todos portistas.
:-D

Rute disse...

Linda casa, linda porta. Belo o nosso Alentejo...belíssima fotografia.

1 beijinho

João Menéres disse...

REMUS

Esqueceram-se do verde dos campos !

João Menéres disse...

RUTE

Tinha umas antenas ( eram duas... ), tive que as trazer !

LOL.

Um beijo e obrigado.

Isabel disse...

Bonita!
É muito bonito o cuidado que os alentejanos têm com a pintura das casas - sempre arranjadinhas!

Um beijinho e continuação de boa semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Devo confessar que demorei duas horas...

Um beijo muito amigo e obrigado por seres uma fiel seguidora e comentadora.

Rasuras do Aparo disse...

... brincalhona a porta com o seu avental a esvoaçar janela fora convidando a entrar ... saudosa do seu azul de mar ... que o traz pintado ao rebordo para saudades matar ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Estava espantado por até agora ninguém ter referido o esvoaçar daquela cortininha, com se de um convite se tratasse a espreitar, pelo menos, para o seu interior.
Para meu descanso, ainda bem que o meu amigo viu e sentiu.

Um abraço muito grato a uma pessoa onde a Poesia corre nas suas veias.

GL disse...

Ora aí! Eis mais uma deliciosa e singela portinha para a minha colecção.
Vou contar-te um segredo, João. Não deixo de me enternecer com este cuidado em persevar, alindar a casinha por mais modesta que seja. Reparaste no pormenor do rebordo das telhas pintadinhas de branco? Claro que sim! Desculpa a pergunta pateta. Ao olhar super atento do amigo João nada escapa.:)
Beijinho.

GL disse...

"Ora aí está", assim é que está correcto.
As minhas desculpas.:(

Maria Manuela disse...


João,
Um contraste muito interessante, esta porta... com seu postiguinho enfeitado, dizendo adeus a quem passa... e a sombra de um beiral...
Bonita foto, cheia de luz.
Beijinhos.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Corria uma brisa que, como dizes, ajudava a cortina a cumprimentar quem por lá passasse e desejasse fotografar esta casa onde o branco predomina para não acumular as temperaturas de verões ardentes.

Um beijo e obrigado.

Jorge Pinheiro disse...

Passei sim senhor. A caminho de Santiago de Rio de Moinhos. Fui almoçar ao Gémeos, um must da zona, como a seguir se verá.

João Menéres disse...

Eu sabia...

LOL

Li Ferreira Nhan disse...

O Alentejo possui luz e colorido únicos.
A imagem é uma beleza João!
Beijo querido.

João Menéres disse...

LI

Muito obrigado, querida amiga!
No Alentejo, em dias de sol, a luz é única, como dizes, desde o amanhecer até ao sol se deitar.

Um beijo muito grato.

Ana Freire disse...

Belíssima porta, João!
Vibrante de luz e cor, que nos parece fazer um convite irrecusável para parar, apreciar, e levar na memória e coração...
Uma imagem fantástica!
Beijinho
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Muito obrigado por mais este teu maravilhoso comentário !

Vou, se me permites, transcrever uma frase tua :

" Vibrante de luz e cor, que nos parece fazer um convite irrecusável para parar, apreciar, e levar na memória e coração..."

Um beijo muito agradecido e os desejos de um bom fim de semana ( aqui recomeçou a chuva...).

Agostinho disse...

A beleza mora aqui (?)
Imagem que impressiona pela luminosidade das cores e o equilíbrio das formas. Fere os olhos de tanta beleza.
E lá dentro? a obscuridade do recato espesso do adobe esconde a incerteza do amanhã?
À porta, uma pomba branca parece soltar-se das amarras da escuridão.

Parabéns, João Menéres.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Ler os seus comentários faz-me bem ao espírito.

Fico muito grato pela atenção que lhe merecem as minhas imagens.

Um bom Domingo e grato pela sua presença.

ana disse...

João,
Só hoje tive tempo de andar por aqui e vi esta foto magnífica.
O Alentejo é de uma beleza incontornável e eles preservam-na.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

ANA

É uma coisa que me espanta há muito !
Raro é o cartaz que se vê !...

Goza este resto de Domingo !

Um beijo grato.