.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

CÁLICE

© João Menéres

22 comentários:

Ana Freire disse...

Daqui deste lado, também brindo à pessoa mais fantástica, que tive o privilégio de encontrar, neste mundo virtual, e que nos premeia com a sua habitual simpatia, carinho, generosidade, talento e sensibilidade... e que nos mostra o mundo em essência, muito para além do que se vê à superfície, em imagens como esta.
Uma imagem belíssima, plena de elegância, força, energia, rectidão e delicadeza. Uma imagem admirável e fascinante, que nos silencia as palavras, porque elas simplesmente, ficam muito aquém das emoções que sempre resultam, dos olhares do seu autor.
Evidentemente, mais uma foto genial, para o desafio, João!
Um grande beijinho, e muitíssimo obrigada pela partilha das suas imagens, e amizade.
Ana

ana disse...

João,
Abstracto doméstico do mais bonito que já vi.

Um brinde, então.
Beijinho. :))

ZEKARLOS disse...

Muito bom João, grande detalhe e olhar, resultou num excelente abstrato. Abraço

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Com toda a sinceridade não estava à espera sequer de 1/10 do que acabo de ler no teu comentário !
E não tenho palavras bastantes para te transmitir o meu agradecimento por tantos adjectivos que me diriges, alguns dos quais, honestamente, não mereço.

Dei voltas à cozinha em diversos momentos a ver se me inspirava. Mas nada ! ( fruto de não cozinhar e de não ser um gastrónomo que não passa do trivial ).

Por isso, procurei noutras áreas.
Se consegui ou não o meu objectivo, veremos no final.

Um beijo grande e bem hajas por me levantares o moral.

João Menéres disse...

ANA

Também é da Boémia...

Um beijo e muito obrigado.

João Menéres disse...

ZEKARLOS

Fui rodando, rodando ( e sempre a espreitar pela camera ! ) até ter achado que não seria mau este jogo.
Utilizei um fundo da Hama degradée cinzento, o que não ajudou em nada. Pelo contrário...

Um abraço a agradecer as suas palavras.

Presépio no Canal disse...

O mais bonito cálice que já vi. Lindíssimo, João! Boa sorte para o Flinpo! E brindemos à tua saúde, sensibilidade e elegância! :-)
Beijinho grande!

Remus disse...

Esta sim.
Esta é um verdadeiro abstracto. Já a grande maioria das fotografias que estão a concurso (inclusive a minha) de muito pouco, ou até nada, possuem de abstracto.
Bom trabalho.

Isabel disse...

Se não dissesse o que era, não chegava lá, nunca!
Sabe o que me lembra? Cortinas brancas esvoaçantes, contra um fundo azul...

Espectacular!

Um beijinho e bom fim-de-semana:)

Rasuras do Aparo disse...

... e depois de uma certa palidez ... afoitou-se voltou á sua cor de raiz ... um azul que se quer assim forte ... com ligação a um outro meio liquido ... ou não seja ele também denominado por azul ultraMARino ... brinda-se a tão retomada energia ...

João Menéres disse...

SANDRA

Obrigado pelos teus votos !
No Flinpo os gostos divergem muito. É democrático...
Uma vez ou outra penso que fui pouco votado, mas isso é pouco importante.
Eu é que gosto de desafios...

Um beijo grato.

Maria Manuela disse...

Belíssima peça,João !
Transformada pelo seu olhar e sensibilidade num brilhante e elegantíssimo abstracto !
Beijinhos e um bom fim de semana.:)

João Menéres disse...

REMUS

Eu até ao jantar só tinha duas para votar...

Obrigado pela sua opinião.

João Menéres disse...

ISABEL

Essa das cortinas brancas está bem vista, sim senhor.

Um beijo e obrigado pela tua sempre valiosa opinião.

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Bem sabe que a minha cor é outra...mas compreendo muito bem o que está entre azuis e linhas !...

Um abraço amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Será que consegui mesmo, Maria Manuela ?
As dúvidas assaltam-se sempre, semana atrás de semana e com tão fracos resultados.

Um beijo e obrigado pelo teu elogio ( o tempo não deve permitir que tenhamos um fim de semana arejado. ).

Jorge Pinheiro disse...

Basta cheio!

João Menéres disse...

JORGE

Seja feita a sua vontade !

Eduardo P.L. disse...

Imagem maravilhosa. Parabéns, João.

João Menéres disse...

EDUARDO

Muito obrigado !

Agostinho disse...

Com elegância subtil e rigor litúrgico João Menéres serve-nos néctar que embriaga o olhar.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Enebriado fiquei u com o teor do seu comentário !

Um abraço muito agradecido.