.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

VI ANTOLOGIA DE POETAS LUSÓFONOS




CONVIDADO PELA EDITORA " FOLHETO ",
DE LEIRIA, A PARTICIPAR NA 6ª EDIÇÃO
DESTA ANTOLOGIA, OPTEI POR
ENVIAR UMA DAS 18 POESIAS QUE,
NO INVERNO DE 1958 E PRIMAVERA DE 1959,
ESCREVERA COM IGNOTAS INTENÇÕES.


CONFIANTE NA VOSSA PACIÊNCIA,

AQUI FICA A PUBLICADA NA PÁG. 188, 
DE UMA ANTOLOGIA QUE TEM 432 PÁGINAS.


CHORO, SIM

A chuva escorre-me pelos cabelos,
alaga-me a testa,
quase molha o coração.

E choro por tua causa,
mas já não sei
o que são lágrimas,
pois elas misturam-se,
afogam-se com a chuva que cai...

A chuva é tanta,
que esconde o sangue
das lágrimas que choro !...


30 comentários:

Fatyly disse...

Um poema excelente que diz muito e parabéns!

Beijocas

Elvira Carvalho disse...

Parabéns!. É um excelente poema. Um abraço

myra disse...

tambem poeta! lindissimo!

lis disse...

Desconhecido ou não qual a musa que o inspirou o poema é uma linda declaração de amor.
parabéns ,João.

Agostinho disse...

Parabéns pelo excelente poema e pela sua inclusão na antologia referida.
Agora, um desafio, João Menéres... que tal publicar, de quando em vez, um poema de sua autoria neste espaço, conjuntamente com trabalhos fotográficos ou isoladamente?

Remus disse...

Desconhecia esta sua vertente de poeta.
O amigo João é um homem dos sete ofícios. E tudo o que faz, é certo que faz bem.

Questiuncas disse...

Os dotes fotográficos do João, todos os dias os vemos e admiramos. Desconhecia a faceta da poesia e gostei bastante, espero que de vez em quando apareça no meio de uma fotografia.

Jorge Pinheiro disse...

Desconhecia o talento. Agora fica o mistério das "ignotas intenções"...

Luísa disse...

Eu sabia! Trazes as letras impressas no rosto, no olhar lançado pela objetiva...Tudo em ti, senhor das mil e uma belas imagens, é poesia!
Beijinhos

Tété disse...

Só um poeta consegue ter tanta sensibilidade em diversas vertentes.
A poesia sai de dentro e não se aprende, traduz sim os sentimentos.
Um beijo poeta

Maria Manuela disse...

Um poema com ALMA !!!
Excelente !
Parabéns, Poeta da Palavra e da Imagem !...
Beijinhos, João !

Eduardo P.L. disse...

Meus parabéns, meu caro poeta. Tão bom quanto o fotógrafo. Meus cumprimentos.

João Menéres disse...

FATYLY

Muito obrigado !

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

ELVIRA

Também muito de agradeço.

Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

Sei lá...

Obrigado !

Um beijOOOOOOOOOOOOOOOO

João Menéres disse...

MYRA

Sei lá...

Obrigado !

Um beijOOOOOOOOOOOOOOOO

João Menéres disse...

LIS

Obrigado pela tua leitura e pelo comentário.

Um beijo enorme.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Agora só faço umas simples frases...
O tempo de julgar que podia ser poeta passou há muito, mas agradeço a sugestão e as palavras que subentendo.
A presença nesta Antologia já me satisfez muito.

Às vezes, incluo poesia. Mas de Poetas !

Um abraço.

João Menéres disse...

REMUS

Fico muito envaidecido com as suas palavras.
O que me vale é que nesta idade a vaidade já me não transforma.

Um abraço.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Agradeço a simpatia do comentário.
Peço que leia a resposta que dei ao AGOSTINHO.

Um abraço.

João Menéres disse...

JORGE

Eu não sabia o que fazer aquela pequena colectânea dactilografada e agrafada...

João Menéres disse...

LUÍSA

Se calhar ando mascarado...

Um beijo imensamente grato, querida Luísa.

João Menéres disse...

TÉTÉ

Muito e muito obrigado.
Estou muito sensibilizado com o teu comentário amigo !

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Tão delicadas as palavras que escreves !...

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Se bem me lembro, não aprecia muito a Poesia, pois não ?

Mas agradeço ( e muito ! ) o seu comentário !
Até tive direito aos seus cumprimentos...

Um abraço, Eduardo.

João Menéres disse...

PENSO FALTAR UM AGRADECIMENTO...

Isabel disse...

Muito bonito!
Um artista em várias vertentes:)

A Antologia está à venda?

Um beijinho e bom fim-de-semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Muito obrigado pelo teu elogio.

Penso que sim.
Sugiro que perguntes directamente a editora :

folheto@gmail.com


Um beijo grato e bom fim de semana.

ana disse...

João,
Tenho andado um pouco longe da blogosfera por isso só agora vi este poema.
O que dizer?
É lindo, sim. :))
Beijinho.

João Menéres disse...

ANA

Dito por ti, vale ouro !

Um beijo e bom Domingo.