.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

QUANDO HAZUL É VERMELHO


© João Menéres



HÁ DIAS ATRÁS, FALÁMOS DE HAZUL.
VOLTAMOS HOJE COM
OUTRO TRABALHO DELE.

26 comentários:

Luísa disse...

Quando HAZUL virou vermelho e a porta virou floreira!
Há pessoas genuinamente ativas na mudança da urbe abandonada e esquecida!
E há grifos que planam sobre os mais interessantes locais, apanhando os mais interessantes registos!
Beijinhos mil

ZEKARLOS disse...

Muito bom grande post, título e foto. Abraço

Isabel disse...

Uma beleza!

Bom fim-de-semana :)

João Menéres disse...

LUÍSA

Este HAZUL/LUZAH é um artista que selecciona os locais cuidadosamente.
É um artista urbano respeitado pelas suas qualidades, artísticas e cívicas.

Outros ( não artistas ) só fazem borradas e deixam as cidades ainda mais emporcalhadas.

Um beijo amigo e grato.


João Menéres disse...

ZEKARLOS

O título era óbvio, não era ?

Obrigado e um grande abraço.

João Menéres disse...

ISABEL

O HAZUL/LUZAH tem vários pela cidade.
Não fotografei senão uma pequeníssima parte.

Um bom fim de semana de um Verão que nem no Algarve vai ser digno desse nome...
Ai os meus banhos de mar !...

Um beijo e obrigado.

Ana Freire disse...

E felizmente, haverá um Hazul, que se mostra em vermelho, hoje, por aqui... que é multifacetado, respeitador, e valorizador do património abandonado... e que tem uma qualidade artística inegável.
Título super adequado, João! E belíssima imagem, que mostra e evidencia, como só a sensibilidade do João o sabe fazer, que se trata de um cuidadoso trabalho, em mais um edifício abandonado pelo homens... mas não pelo artista... que faz dele o seu palco, ou quase um altar... como a imagem tão bem o demonstra...
Uma super foto, por aqui, com uma imagem bem forte... e com a qualidade de sempre...
Bom fim de semana, João. Bjs.
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Estou fora do Porto e, por vezez, é complicado apanhar a rede, mesmo com a pen de 4G Banda Larga.

Tens uma enorme facilidade de escrever, como já acentuei anteriormente.

Só te posso agradecer muito o teu comentário.

Um beijo amigo.

Remus disse...

Eu diria que Hazul é de todas as cores. Azul só mesmo de nome.
:-)

Acho que é impossível não gostar dos trabalhos dele. E além disso, dão sempre boas fotografias.

João Menéres disse...

REMUS

Por isso, digo eu, tantoassina HAZUL, como LUZAH.
Assim percorre todas as cores.


Obrigado e um abraço.

L.Reis disse...

Ainda bem que hão-de por aí Hazuis a fazer de coisas apenas feias, coisas apenas bonitas. O Hazul pintou e tu emolduraste o vermelho com moldura de pedra, para podermos pendurar nos nossos olhos. :D Eu diria que com duplas assim o mundo ainda vai longe.
Beijo de uma qualquer cor.

João Menéres disse...

L. REIS

Custa-me carregar com pedra, Lina !
Só os sonhos são tão leves...

Um beijo policromado.

Agostinho disse...

Trabalho com critério que valoriza espaço inestético fixado para a posteridade pela camera do João Menéres.

Carolina Tavares disse...

Lindo trabalho. Expressivo. Gostei muito.

Beijus

Jane Gatti de Campos disse...

Belo trabalho de Hazul. O jogo de palavras, como sempre, me atrai. Enquanto houver "Hazuis", sempre haverá vermelhos a se admirar. Beijos.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Mesmo que amanhã alguém o remova, ficou aqui registado.


Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

CAROLINA

Fico muito feliz !

Um beijo.

João Menéres disse...

JANE GATTI

Comentário bem pensado, minha querida !


Beijo amigo e obrigado.

ana disse...

João,
Um magnífico Hazul. :))
A porta fechada passou a ter uma cortina para passar para o outro lado.
Gostei muito.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

ANA

O trabalho do HAZUL é sempre muito bom !
Ele ainda não apareceu por aí ?

Um beijo ( estou cheio de calor ! )

Maria Manuela disse...

Lindo !...
Hazul transformou uma "passagem secreta" escura e feia numa entrada digna de um conto das "Mil e uma noites"...
... É só proferir a palavra mágica... e o reposteiro vermelho, belamente decorado, deixa-nos entrar... ficando para trás, a aspereza da rocha...
Muito bem captado, João ! Bela
fotografia!
Um beijinho.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

O HAZUL é um milagreiro, na verdade.
Qd. vais à Sertã ?

Um beijo e obrigado pelo teu comentário.

Maria Manuela disse...

Regresso na 4ªfeira.
Outro beijinho.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Obrigado.
Tens lá qq coisita...


Um beijo.

Cristina Ferreira disse...

Sou fã deste artista, obrigada ainda não tinha visto este trabalho dele.

João Menéres disse...

CRIS

Tenho mais...

Obrigado e um beijo.