.

terça-feira, 22 de abril de 2014

O GALO

© João Menéres


CONFORME HAVIA PROMETIDO,
APRESENTO OUTRA OBRA 
DE NADIR AFONSO :

 O GALO,

Acrílico sobre tela.
91.5x115 cm

( 1997 )











26 comentários:

Maria Manuela disse...

Uma beleza, João !

E tudo está lá na dinâmica das linhas e cores !
A imponência do galo, a convergência para a cidade lá ao fundo, a sabedoria do traço !
E sempre, sempre esta leveza inconfundível de bem definida... tão excelentemente captada, numa
foto plena de luminosidade e
definição !

Beijinhos e obrigada por ter partilhado, caro Amigo !

Maria Manuela disse...

João, a partir da palavra >numa< as restantes aparecem fora da linha, não sei como, não dei por isso, desculpe.

Ana Bailune disse...

Adorei, lindo! Olhar para este galo me trouxe coisas boas à mente. memórias... não sei explicar. Mas me trouxe uma tarde ensolarada, há muitos anos.

Eduardo P.L. disse...

Não conheço a obra do artista. Não posso opinar.

ana disse...

Gosto muito dele. :))
Beijinho.

Luísa disse...

Gosto muito!
Beijinhos mil

myra disse...

si a obra deste artista e mais ou menos assim, eu gosto!

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Fico sempre espantado com a forma como tu observas e depois transmites as tuas sensações !
Concordo totalmente contigo !

Um beijo muito grato e Amigo.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Engraçada essa viagem ao passsado !
Estou a ver-te correr atrás de um galo no quintal da casa dos teus Pais !

Um beijo e obrigado pelo comentário.

João Menéres disse...

EDUARDO

Compreendo, mas no Google, se em NADIR AFONSO procurar IMAGENS, pode ficar com uma ampla visão deste Artista português.

João Menéres disse...

ANA

Na minha opinião, tens todas as razões para gostar muito !

Um beijo grato.

João Menéres disse...

LUÍSA

e

MYRA

Por favor, leiam o que disse à ANA e ao EDUARDO.

Beijos.

Remus disse...

Mas a história do galo cantar três vezes, já não foi uns domingos atrás?
:-)

Em vez de um galo eu vejo mais um pavão, com uma longa cauda ainda não aberta.
Mas também vejo uma cidade.
E também vejo uma menina a querer chegar ao "galo".
Vejo tantas coisas... que até vou ficar já caladinho.
:-)

Rute disse...

Lindíssimo!

beijinhos

Agostinho disse...

O Nadir Afonso já andou por aqui há tempos. Pois que continue pois é um regalo para os olhos.

Cristina Ferreira disse...

Que bonita arte! Gosto muito do colorido.

Li Ferreira Nhan disse...

Hj nem o galo tirou- me cedo da cama; a gripe que se instala. Veio com o outono. :(
Beijo querido!

João Menéres disse...

REMUS

Galos há muitos e não só aos Domingos...

Se lhe parece um pavão não está mal, pois há galos que gostam de se pavonear !
A cidade está lá bem desenhada.
E quanto à "menina", é o que mais há por aí...

Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

RUTE

Muito obrigado pelo tributo ao Nadir Afonso.

Um beijo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Vou ver se fotografei algum mais em Amarante. É que nem todos beneficiavam da melhor iluminação ou tinham reflexos (!).

Um abraço grato pelo incentivo.

João Menéres disse...

CRIS

MUito obrigado pelo teu sempre desejado comentário.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

LI

Desejo as rápidas melhoras, LI querida.

O Galo cá continuará.

Kaipiroska disse...

Lindíssima obra de arte! 1bj

João Menéres disse...

CARIN

NADIR era um Arquitecto que se dedicou a outras manifestações plásticas.
Claro que a sua formação está patente na sua obra como Pintor.

Um beijo ( e a Primavera nunca mais se firma...).

Rasuras do Aparo disse...

... só a leveza do traço na geometricidade de linhas assim coloridas é fabuloso ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Esplêndida a sua leitura !


Um abraço Amigo.