.

sexta-feira, 14 de março de 2014

REFLEXOS


© João Menéres

24 comentários:

cecíliademeloalvim disse...

Gosto muito desta "série" de reflexos :)

Beijinhos

João Menéres disse...

CECÍLIA

No Porto não há muitos...
Ando sempre de nariz no ar e de olhos bem abertos !
Preciso de mais alguns desta cidade...

Um beijo e obrigado [e que tenhas um bom fim de semana ).

myra disse...

que cores, que beleza, ja sei que cada dia vou ver aqui algo muito muito lindo!!!!

João Menéres disse...

MYRA

Foi um recanto que encontrei nesta cidade...


Um beijOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Questiuncas disse...

Tenho uma péssima memória visual, pelo que não estou a identificar o local. Mas o que interessa é que é mais um bom reflexo para essa série.

Remus disse...

A minha costela de puto reguila está a dizer que se estivesse nesse sitio, com uma pedra na mão, vinha mesmo a calhar. Mas as minhas outras 23 costelas, que são piedosas e santas, colocam essa costela na ordem e dizem que o grafismo está bem retratado e que a tal pedra, devia ser a atirada à cabeça de um político qualquer e não aos vidros.
:-D

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Só no outro dia me deparei com este conjunto.
É natural que o meu amigo o nunca o encontre...
Posso dizer-lhe onde é por e-mail.

Um abraço e bom fim de semana ( mais quente que esta sexta-feira ! )

João Menéres disse...

REMUS

Na base de umas árvores que se encontram neste conjunto, o que mais há são lindas pedras brancas !
Mas o objectivo é mais decorativo do que fornecer matéria prima ( lá venho eu com as primas à baila !...) a outos malandrecos.
Mas já vi que está civilizado, por isso, estou tranquilo.
As "amplas liberdades " não nos permitem atirar calhaus a quem mais nos dava vontade !

Um abraço agradecido e bom fim de semana.

Cristina Ferreira disse...

Reflexos coloridos, gosto!

João Menéres disse...

CRIS

Aqui a multiplicidade de hipóteses fotográficas fez-me lembrar o que encontrei em Agueda, com os guarda-chuvas !

Um beijo, um obrigado e um magnífico fim de semana.

Isabel disse...

Bem gira!
Um beijinho

ana disse...

Adorei estes reflexos. O João é excepcional a encontrá-los.
Beijinhos. :))

Luísa disse...

Reflexos de fogos de vida!
Beijinhos anti-reflexo

João Menéres disse...

ISABEL

Também gostaste ?
Ainda bem,minha amiga.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

ANA

Sabes, Ana, ando por ali às voltas e depois lá me decido.

Um beijo muito Amigo.

João Menéres disse...

LUÍSA

"Fogos de vida" no sentido de lares, não é ?

Obrigado por esse tão especial beijo.

Maria Manuela disse...

Lindíssimo !
Reflexos e reflexos urbanos erguem-se, silenciosos, entre Inverno e Primavera... à espera do riso aberto do sol...

Que sorte, João, ter ali passado e olhado e escolhido o melhor lado para assim nos surpreender !...
Beijinhos e um excelente fim de semana

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Eu achei interessante...
Na verdade é uma rua em que o silêncio impera.
Não sei se escolhi a melhor.
Resta sempre alguma dúvida, compreendes ?
As árvores despidas representam o Inverno, em que ainda estamos.
Mas, para a semana, talvez se adivinhem algumas folhas a despontar.

Muito obrigado pelo teu sempre tão desejado comentário.

Um beijo muito Amigo e os votos de um bom sábado com muito sol e mais quentinho que o dia de hoje.

Rasuras do Aparo disse...

... entre silêncios ... tão despidos como as árvores ... busco-te em olhar indirecto ... entre matizes quentes que me animam a alma ... e será sempre um reflexo de outro reflexo ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Entre um AZUL que tem faltado, despida de palavras enquanto vagueia entre um castanhado achocolatado vai deixando um amarelo, como o dos tais sorrisos, nos rostos que desejavam mais perto.

Um outro abraço grato pela sua análise tão correcta.

Li Ferreira Nhan disse...

Gosto do branco; respira no reflexo.
Beijo querido!

L.Reis disse...

Estou para aqui a refletir se hei de comentar a imagem ou entreter-me a chamar-te nomes… :):)
É que esta coisa de reflexos bem fotografados tira-me do sério!

João Menéres disse...

LI

É um azul pálido, quase branco...

Obrigado pelo teu comentário, querida Li.

Um beijo.

João Menéres disse...

L. REIS

Chama-me os nomes que quiseres !
Ainda vais criar um NOVO DICIONÁRIO !

Tenho outro para editar na outra semana...

Um beijo ( sou como Cristo, ofereço ambas as faces ! )