.

quinta-feira, 27 de março de 2014

MANUEL MAGALHÃES

APRESENTO HOJE, MAIS UM 
AUTOR PORTUGUÊS DE FOTOGRAFIA :
MANUEL MAGALHÃES.
Embora mais novo do que eu 11 anos, conhecemo-nos
"desde sempre", pois os pais dele tinham uma moradia,
para passar os três meses das férias grandes,
em Leça da Palmeira, na mesma rua onde os 
meus viviam desde que nasci.
E o contacto nunca foi interrompido até hoje.
Arquitecto e Artista da Fotografia interessa-se especialmente
pelo estudo e investigação da Fotografia,
mantendo imensos contactos pessoais
em diversos países.
Por isso, é com enorme prazer que aqui lhe prestamos
esta singela homenagem.


© Manuel Magalhães

Nas praias da Boa Nova .........em Leça da Palmeira, onde esta fotografia foi tirada. 
Recordação de um lugar imutável, imortalizado por António Nobre e já anteriormente registado em "sais de prata" !


Manuel Magalhães
  






Curriculum

 

MANUEL MAGALHÃES, nasceu no Porto em 1945. É licenciado em Arquitectura pela E.S.B.A.P. Dedica-se à Fotografia desde 1970 e à investigação da sua história, nomeadamente no que se refere a Portugal e ao Porto. Faz parte do Grupo IF (Ideia e Forma). Foi um dos fundadores da Galeria Imago Lucis, no Porto. Vive e trabalha no Porto.

MANUEL MAGALHÃES, born in Oporto, in 1945. Graduated with a professional degree in Architecture from Oporto’s Higher School of Fine Arts (E.S.B.A.P). Since 1970, has been devoted to two major subject areas: Photography and research on its History. Member of the IF Ideia e Forma Group, since 1977. One of the founders of Oporto’s Lucis Imago Art Gallery. Participation in numerous individual and collective exhibitions, held either in Portugal or outside the country. Living and working in Oporto

 



Exposições Individuais (selecção) – Selected Individual Exhibitions

 

 

2013
§       S. BARTOLOMEU, Biblioteca Municipal Almeida Garrett. Porto, Portugal.
2011
§       a ORIENTE, Mosteiro de Santa Clara a Velha / Nucleo de Arquitectos da Região Centro, (2/Nov-4/Dez) Coimbra, Portugal.
2011
§       a ORIENTE, Museu Oriente, Fundação Oriente, (29/Abril-29/Maio)Lisboa, Portugal.
2010
§       a ORIENTE, Museu Municipal Amadeo de Sousa Cardoso, (13/Marçol-2/Maio)  Amarante, Portugal.
2009
§       a ORIENTE, Galeria Serpente. Porto, Portugal.
2004
§       Galeria Serpente. Porto, Portugal.
2002
§       MAR -  XII Encuentros Abiertos de Fotografia – Festival de la Luz. – Centro Cultural Borges. Buenos Aires, Argentina.
2002
§       Sentiment-Paysage / Quing Jing, Itinéraires des Photographes Voyageurs, Salle Capitulaire, Cour Mably, 2/27 de Abril. Bordeaux, França.
2001
§       Mar, Espaço UFF de Fotografia / Universidade federal Fluminense, 25/Julho a 2/Setembro. Niterói, Brasil.
2000
§       Mar, 3ª. Bienal Internacional de Fotografia Cidade de Curitiba, Memorial de Curitiba, Curitiba (PR), Brasil.
1999
§       Retorno à Prata, Galeria Nan Van, Fundação para a Cooperação e Desenvolvimento de Macau. Macau, China.
1999
§       Galeria Serpente. Porto, Portugal.
1999
§       A Lenda do Rei Ramiro, Centro Português de Fotografia, Edifício da Cadeia da Relação. Porto, Portugal.
1996
§       Galeria de Exposições Temporárias do Leal Senado. Macau, China.
1995
§       Galeria Imago Lucis. Porto, Portugal.
1995
§       Espaço Cultural Edel Trade Center, Semana de Fotografia de Porto Alegre. Porto Alegre, Brasil.
1995
§       Galeria Diferença. Lisboa, Portugal.
1992
§       Galerie Arena, École Nationale de Photographie. Arles, França.
1991
§       Galeria Imago Lucis. Porto, Portugal.
1991
§       5º. Encontros da Imagem. Braga, Portugal.
1989
§       Septembre de la Photo. Nice, França.
1988
§       Galeria de Exposições Temporárias do Leal Senado. Macau, China.
1987
§       Galeria Quadrado Azul. Porto, Portugal.
1987
§       Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa, Portugal.
1984
§       Centro di Fotocultura. Castel D’Azzano, Verona, Itália.
1982
§       Galeria Il Diaframma. Milão, Itália.
1980
§       I Encontros de Fotografia de Coimbra. Coimbra, Portugal.



Colecções - Collections



§       Bibliothéque Nationale / Gabinet des Estampes et de la Photographie. Paris, França.

§       Centro di Studi e Archivio della Comunicazzione. Universidade de Parma. Parma, Itália.

§       Colecção Nacional de Fotografia. Centro Português de Fotografia / Ministério da Cultura. Portugal.

§       Fundação Calouste Gulbenkian / Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão. Lisboa, Portugal.

§       Fundação para a Cooperação e Desenvolvimento de Macau / Fundação Macau. Macau, China.

§       Fundação PLMJ, Lisboa, Portugal.

§       Fundação de Serralves, Porto, Portugal

§       Galerie du Chateau d’Eau. Toulouse, França.

§       Museu Luís de Camões. Macau, China.

§       Paris Audiovisuel. Paris, França.



27 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Gostei de conhecer.

João Menéres disse...

EDUARDO

Fico muito satisfeito !

Remus disse...

Não conhecia.
Obrigado pela partilha.

ZEKARLOS disse...

É sempre bom conhecer fotógrafos com este enorme trabalho. Muito bom João.

João Menéres disse...

REMUS

Nunca se pode conhecer tudo...
Esse é o interesse da Vida : Procurar !

Um abraço muito grato.

João Menéres disse...

ZEKARLOS

Obrigado, caro amigo !

Tenho mais dois, mas estou à espera que se decidam a enviarem o material...

Um abraço.

Questiuncas disse...

Mais um nome a fixar.

cecíliademeloalvim disse...

Mais uma "referência" :)
Obrigada João.

Beijinhos

Maria Manuela disse...

Que fotografia ! Que luz e que sombra !
O intenso contraste impregna estes rochedos de um profundo dramatismo!
Que o tem, nestas arestas e pontas de pedra que o mar ajudou o vento a moldar !
E nelas incrustadas, soam palavras de António Nobre...

Mais um nome grande que nos dá a conhecer, João !
Obrigada.
Beijinhos

ana disse...

João,
Obrigada por esta partilha e por dar a conhecer uma nova referência para mim.
Gostei da fotografia.
Felicito o seu amigo.

Beijinho.:))

Isabel disse...

É uma bela foto!
Não consegui aceder aos links. Não sei se o defeito é do meu computador...

Um beijinho

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Espero que este ano possa ver uma exposição colectiva onde ambos participaremos.

Um abraço.

João Menéres disse...

CECÍLIA

É verdade !


Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA


Parece que conheces cada rochedo ali da Boa Nova !...

Um beijo e obrigado por tão pertinentes observações.

João Menéres disse...

ANA

Não tens que agradecer !
Como o país está em crise, devemos apoiarmo-nos reciprocamente.

Um beijo e obrigado por teres vindo.

Jorge Pinheiro disse...

Excepcional foto. Um contraste que arrepia.

João Menéres disse...

ISABEL

Creio que não.
Mas podes COPIAR e colocá-lo no motor de busca...

Um beijo ( e temos o Inverno aí à porta outra vez ! )

João Menéres disse...

JORGE

O Manuel Magalhães vai apreciar o seu comentário !

Maria Manuela disse...

Não conheço cada rochedo, João, mas andei por lá, a ver se via a Casa de chá de Siza... e acabei por encontrar versos de ANobre nas rochas...
Isto, há uns nove anos.
Um beijinho

Manuel Magalhães disse...

Desde já, só tenho a agradecer os elogiosos comentários que acabei de ler! Muito obrigado a todos.......
manuelmagal@gmail.com

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Há nove anos ?
Ainda a Casa de Chá não tinha sido vítima da incúria nacional !
Mas vai ser reaberta brevemente e quem vai ser o concessionário é o Chef Rui Paula !

A placa vê-se muito bem .
Se o tempo estiver agradável é uma magnífica deambulação.

Boa noitee um beijo Amigo.

João Menéres disse...

MANEL

Em nome de cada um dos comentadores, posso dizer que nada tens a agradecer.
O mérito a quem o merece !

Um abraço.

Questiuncas disse...

Fico a aguardar por essa exposição.
Não se esqueça de a publicitar aqui, neste importante local de encontros.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS


A 26 de Abril, vai haver uma ( mas não é a essa que me refiro ) com 80 fotografias de um evento que vai fazer 20 anos.
Em tempo oportuno, postarei o convite ( de que já disponho ).

Um abraço e obrigado pelo seu manifesto interesse.

Rasusras do Aparo disse...

... luz e sombra ... fabulosas ...

GL disse...

As minhas felicitações ao artista.
Meu Deus, tem um curriculum riquissímo!
Obrigada, João, por o teres trazido até aqui. Num mundo onde campeia a mediocridade encontrar alguém que, pelo seu mérito faz a diferença, é sempre gratificante.
Boa semana.
Beijinho.

Manuel Magalhães disse...

Estive a (re)ler os comentários que fizeram à minha fotografia, tirada na Boa Nova! Como é óbvio, gostei de ler e os "elogios" que fazem à minha fotografia.....e também a mim. Todos nós gostamos de ouvir dizer bem....., de nós próprios; todos somos um pouco vaidosos...; todos gostamos de dar alegria ao nosso ego; todos gostamos de "fotografia" vendo-a ou fazendo-a; A todos agradeço os elogios! Se me permitem, indico aqui um dos meus blogues, e nele estão as ligações (links) para os outros meus blogues: http://mmagalhaesfotografia.blogspot.pt/