.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

REFLEXOS

© João Menéres


32 comentários:

Marias Tusen og en Natt disse...

Nice- both, color and reflections

myra disse...

ja nao sei o que te dizer!!! tudo e tao formidavel!!!!!

Eduardo P.L. disse...

Ainda em azul...

Questiuncas disse...

A fotografia está etiquetada "Porto meu" mas não estou a reconhecer o local. Será na Avenida da Boavista?

cecíliademeloalvim disse...

Gosto muito dos seus reflexos.
Onde é?

Beijinhos

João Menéres disse...

MARIAS TUSEN OG EN NATT

Thank you, Marias !

Kisses.

João Menéres disse...

MYRA

Não te preocupes, pois saber que gostas, para mim é uma alegria muito grande !

Um beijOOOOOOOOOOOO

João Menéres disse...

EDUARDO

E não só...

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Claro !
Só para o situar perfeitamente :
O edifício que está reflectido é o do BURGO !

Um abraço.

João Menéres disse...

CECÍLIA

Tens a resposta completa acima ( no QUESTIUNCAS ).
Lê, por favor.

Um beijo e obrigado.

Rasuras do Aparo disse...

... mudou-se de sítio e veio à janela ... mas naquele piso ?! outra vez o azul à volta ?! ... voltou a mudar de piso ... subiu, desceu mais a poente, agora a nascente ... enfim ,então reconsiderou ... só o azul a olharia daquele modo ...

Maria Manuela disse...

Uma sensação de frescura, nesta linda combinação de cores !

E lá está ele a mirar-se, desvanecido, neste azul clarinho... tendo o céu por rectaguarda !...

Uma bela recriação esta !...
Brincando à magia com imenso bom gosto e arte...
Beijinhos, João !

Graça Pereira disse...

Parece que cheguei ao céu neste azul em vários tons...igual ao azul do infinito... Esta foto transmite leveza, bem estar...num jogo do possível e do impossível que apetece guardar...
Voltei ao Zambeziana, para ficar.
Beijo
Graça

Isabel disse...

Muito lindo!
Um beijinho

ana disse...

João,
Eu não sei mas o João descobre sempre situações espectaculares.
Parabéns. :))

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Primeiro era o AZUL ( que para sempre ficou ! ), depois um tal castanho, estilo chocolate.
À falta de melhor, arranjei um amelado, já que o ouro está caro...


Um abraço , caro amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Lá fresquinho (e à sombra ! ), podes ter a certeza que estava...
Fui a este local por causa de uma fotografia que queria fazer com a finalidade de para mais tarde recordar.
Como não fiz ( tinha que ser mais cedo ), arranjei esta
para o blogue.
Foi no Domingo, depois de ter almoçado no
BOM SUCESSO GOURMET.

Obrigado pela tua divagação plena de acerto !


Um beijo grato e muito Amigo.

João Menéres disse...

GRAÇA

São umas torres bem mais baixas do que as Petronas , de Kuala Lumpur.
Mesmo assim, com umas vistas para a Foz e para o Atlântico ( claro, mais lá para cima ! ).

Já te tinha deixado no ZAMBEZIANA uma dupla mensagem.

Um beijo e boa sorte.

João Menéres disse...

ISABEL

Se calhar por aí fazes ainda melhor !

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

ANA

"SEMPRE ? "
-Olha que não !...

Ainda nem sei o menu que vou servir amanhã !...

Um beijo muito amigo.

Remus disse...

Visto assim, até poderia ser uma série de televisões.
:-)

Estou aqui a imaginar como ficaria, se tal fosse possível, mas que eu sei que não era, tirar a fotografia mesmo de frente.
O grafismo criado pelos rectângulos, iria ficar espectacular.

Luísa disse...

Reflexos do desenvolvimento em plena urbe!
Hoje não me apetece divagar sobre as ondas de betão,nem sobre os olhares espelhados lá deixados em frente!
Não me apetece dizer o quão feias ficam as cidades quando plantadas de prédios imponentes pela altura!

Beijinhos mil de parabéns pela bela foto!

João Menéres disse...

REMUS

Obrigado, pois irei tentar tornear a dificuldade.

Um abraço amigo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Já viste que se não fossem torres assim, a população do Porto era baixíssima ?
Não te esqueças que o Porto é uma ilha cercada pelas Cidades de Matosinhos, Maia e Gondomar.
A Sul, fica o Rio Douro e a Oeste , o Atlântico.
Só nos resta subir.

Um beijo e obrigado.

Li Ferreira Nhan disse...

Gostei muito do azul e o amarelo um tanto
"desmaiado"; dá um clima na imagem que nos prende o olhar.
Beijo querido!

João Menéres disse...

Li
Sabes sempre encontrar virtudes nas minhas imagens !
És uma querida, mesmo !

Fatyly disse...

Excelente e bastante original e o prédio reflectido dá ideia de um armónio!

Beijos

João Menéres disse...

FATYLY

O prédio reflectido é do Souto Moura !...
A música é sempre outra.


Um beijo.

Presépio no Canal disse...

A fotografia como que dilui a "dureza" ( do cimento, betão) do edifício. Gosto muito do efeito!
Por outro lado, parece que vemos os traços do esboço/desenho do arquitecto. Olha, gostei muito, pronto.

João Menéres disse...

SANDRA

Eu não digo que é uma querida ?
É que fazes os comentários tal sentes a postagem.
Boa !

Um beijo.

L.Reis disse...

Reflexos em moldura gráfica é o que é…e pronto…cá estamos nós a sofrer… :):):)

João Menéres disse...

L. REIS

Está descansada que já reclamei para a fábrica o defeito grosseiro na moldura !
Além disso, os vidros são de 2ª escolha e por isso distorceram ...

Um beijo.