.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

À FEIÇÃO DE REFLEXOS.


© João Menéres

( Se desejar ver melhor, pode clicar sobre a imagem )




48 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda,João! abração, ótima semana,chica

Maria Manuela disse...

Belíssima Fotografia, caro Amigo !!!

Um Abstracto que mais parece uma pintura da MYRA !...

Como é bela a Arte e a Amizade !...

Beijinhos e uma boa semana.
Tudo de bom, JOÃO !

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente reflexo....
Cumprimentos

Questiuncas disse...

E com um reflexo destes, podemos dar largar à imaginação.

Jorge Pinheiro disse...

Lindíssimo!

Kaipiroska disse...

Reflexos abstratos :)

ana disse...

Impressão do sol nascente.

Reflexos lindíssimos. :))
Beijinho. :))

João Menéres disse...

CHICA

Muito obrigado por seres a 1ª a comentar !

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Parece que adivinhas o que me vai no pensamento !
Quando soube que a Myra regressaria hoje a casa, escolhi esta imagem para a saudar.
Não sei se ela a vai ver hoje ou amanhã...

Obrigado, pelas palavras.

Um beijo.

João Menéres disse...

CHANA

Fico muito grato pelo seu elogio !

Um abraço.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Agora podemos imaginar mais, digo eu !
Numa embalagem de plástico que estava ali a boiar, acertei-lhe com uma fisgada e já foi pregar para outra freguesia !


Um abraço.

João Menéres disse...

JORGE

Em honra da MYRA...

João Menéres disse...

CARIN

Espero que tenhas ampliado !...


Um beijo e obrigado !

João Menéres disse...

ANA

Porquê de sol nascente ?
Ainda pensei no Japão, mas perdi-me nas minhas cogitações...

Não sei se deveria ter enquadrado sem a parte superior ...
Que dizes ?

Um beijo muito amigo.

Luísa disse...

À feição de reflexos,
há um coração que pulsa e agita as as águas!
Dá sinais de vida, mesmo que em valsa lenta na lagoa da serenidade que o tempo obriga!
Mil beijinhos!

João Menéres disse...

LUÍSA

Agora, este coração pulsa pouco e ainda menos agita as águas...
E esta água gelada que cai dos céus e me quebra os ossos, não me faz bem nenhum.
Difícil ser optimista em tais condições, querida amiga.
Muito obrigado por tudo, Luísa !

Um beijo.

Isabel disse...

Deixe lá João, que "a água gelada que cai dos céus" quebra os ossos a todos!

Mas a foto é lindíssima! Realmente, lembra alguns trabalhos da Myra. Quem o lembrou, lembrou bem!

Um beijinho!

João Menéres disse...

ISABEL

Segundo parece, e de acordo com a informação da filha, a Myra só amanhã irá ao computador.
Esta imagem do reflexo só vale se for vista ampliada !
Quem a não ampliou, perdeu 80% do seu conteúdo !
Ainda não tenho a certeza da melhor opçãso : se cropada ou não !
Já a cropei e não há forma de me decidir.
Infelizmente só a fiz em JPEG, mas penso que dará um óptimo print !
Espero a resposta da ANA e da L. REIS ( e doutros cuja opinião muito prezo ! ).

Um beijo amigo, ISABEL e obrigado por me confortares com o frio que aí também está...

Isabel disse...

João...importava-se de falar português?!...

(Estou brincando! cropada, printada ou JPEGada é bonita assim mesmo!)

Fico muito contente com as boas notícias sobre a saúde da Myra.

Por aqui está um ar de neve, mesmo!

Um beijinho

Rasuras do Aparo disse...

... desliza a vida em água colorida ... assim em ânsia de encontro de cor ... desliza a vida de horizonte prateado ... desliza a vida sonhando com a cor que melhor lhe reflectia a alma ... desliza a vida ...

Cristina Ferreira disse...

Gosto muito!

João Menéres disse...

ISABEL

Posso trocar por miúdos, se desejares mesmo.

Dá-me a tua opinião amanhã, então, Isabel, se fizeres o favor.
Já aparece CROPADA !

( Um raio estourou aqui por cima da casa, há minutos.
Até me assustei ! E o que chove, meu Deus !!! ).

Um beijo.

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Ai deslizava, deslizava...


Um abraço, meu caro amigo.

João Menéres disse...

CRIS

MUITO OBRIGADO !

Sei o valor de cada palavra tua...


Um beijo amigo.

GL disse...

Onde foste buscar aquele tom avermelhado? Seja o que for a fotografia está lindissima.
Beijinho, Amigo.

Li Ferreira Nhan disse...

Reflexos ritmados.
Pois pensei na Myra tb.
Ela está fazendo falta.
Beijo querido!

João Menéres disse...

GL

Estava lá...

Obrigado, GL.

Um beijo.

João Menéres disse...

LI querida

Pode ser que a MYRA não tarde, pois está razoável e já se encontra em casa.

Desculpa a pergunta : ampliaste a imagem ?

Um beijo.

Selena Sartorelo disse...

Perceber nela o sentido das coisas
Afeiçoar-se á ela pelo que me parece
Sentir nesse feiço um feito reflexo. Afeição e afeto.
Saudade desse refulgio que tão bem sempre faz. Daquilo que se vê e sente ser.

Beijos João.

Maria Manuela disse...

João, voltei à imagem !...

Não percebo de técnicas mas... o impacto deste vermelho, assim, como que atirado, gritante... sem se lhe ver a origem, o que prefiro, e confere à imagem um certo mistério... é delicioso !

E os arabescos, tão bem definidos, delicadamente rendilhados... reflexos de reflexos no ondulado do azul ?!
Lindíssima, esta imagem !...
Um beijinho

Li Ferreira Nhan disse...

João ampliei mas estou no smartphone portanto a vista do todo fica impossível porém os detalhes vi mto bem.
Logo vou ao Mac.
Obrigada por dar notícias da Myra.

Beijo querido.

Isabel disse...

Quanto ao "cropada", se altera a imagem, não me apercebo, não sei distinguir. Quanto ao enquadramento, prefiro esta à que colocou hoje, mas ambas são bonitas!
Um beijinho

Remus disse...

Se um reflexo tem o desplante de colocar-se assim a jeito, temos logo que aproveitar.
:-)

Está sublime. Um abstracto de forte impacto visual.

João Menéres disse...

SELENA

Há que tempos não tinha o imenso gosto de te ler e ver como brinas com as palavras!
Obrigado, querida Selena, por teres voltado num período nada fácil.

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Percebo bem e dou-te razão !
Tu foste dos que ampliaram !

Muito obrigado ( agradeço também aquele pps que vi sem interferência nenhuma e muito me sensibilizou !
Cada aguarela, a sua verdade ! ).

Um beijo, minha AMIGA.

João Menéres disse...

LI

Então aguardo que vejas no Mac...

Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

Cropar é enquadrar...
Cortas aqui, aparas acolá...

Estou contigo quanto à opção nº 1 !

Um beijo e muito obrigado.

Rute disse...

Que cores tão bonitas se reflectem nesta bela tela! Dava um belíssimo quadro.

1 beijinho

João Menéres disse...

REMUS

Andavam por ali uns curiosos.
Nenhum viu !

Muito obrigado pela amabilidade das suas palavras.

Um abraço.

Selena Sartorelo disse...

Querido amigo,

Teu Grifo é um refulgio para as coisas boas da gente. Venho aqui por gosto e quase uma necessidade. Os períodos estão difíceis eu sei. Mas aqui podemos sair um pouco desse meio e sonhar com aquilo que nos faz tão bem. Tuas imagens, tuas palavras sempre acolhedoras e sábias reconfortam muito, nem sabes o quanto. Das pessoas que quero bem, o senhor meu amigo João tem um lugar especial em meu coração.

Beijos João.

João Menéres disse...

SELENA

Estás recordada do que brincávamos no VARAL DE IDÉIAS, na VÍTIMA DA QUINTA ?
Os anos foram passando mas a Amizade perdura, graças a Deus !
Agradeço o carinho que ainda me dedicas e a este GRIFO PLANANTE , Selena muito querida !

Um beijo amigo, muito amigo mesmo !

João Menéres disse...

RUTE

Se o mercado de arte também não estivesse em crise,
imprimia ( talvez em tela ) e colocava no mercado, assinado e exemplar único....


Um beijo.

Sissym Mascarenhas disse...



João,

adoro perceber o reflexo na água, tem um pouco de misterio.

bjs

Selena Sartorelo disse...

Ah João!!Aqui parece que os anos não passam...acho isso muito bom!!Como esquecer daquelas investigações rsrs!! Claro que me lembro da Vítima da Quinta. Era muito divertido..Tinhamos um encontro marcado como devido para um grupo muito especial e até pq não dizer, seletivo. Detetives de primeira mão. Não havia crime sem solução rsrs..Riamos muito...Sim meu amigo foi um tempo muito bom, o Eduardo como assassino e um incrível anfitrião. Boas lembranças! Bjs!!

L.Reis disse...

Como fâ incondicional de reflexos que sou, só posso dizer que esta mancha líquida convida o olhar a um mergulho de verão. Talvez mesmo ali naquele lugar em o que azul se acaba e começa aquela rubra viagem :):)

João Menéres disse...

SISSYM MASCARENHAS

É a primeira vez que me visitas, não é ?

Nesta imagem, vais ter muito para entender !

Pretendi SEGUIR-TE, mas não atinei...


Um beijo.

João Menéres disse...

SELENA

Então também te lembras que a GEORGIA, devido ao fuso horário da Alemanha, chegava sempre antes de mim, por mais cedo que eu saltasse da cama ?
E que a LI, nos últimos tempos da VÍTIMA DA QUINTA, esperava pela postagem ( era meia noite em S. Paulo ) ?

E que foi aí que eu passei a utilizar a expressão :

E MAIS NÃO DIGO...

Bom, outros tempos virão !...

Um beijo, querida Selena.

João Menéres disse...

L. REIS

Fico-me por aquela vontade expressa :

Talvez mesmo ali naquele lugar em o que azul se acaba e começa aquela rubra viagem

Numas serenas águas, a viagem pode agitá-las...

Um beijo hieroglifado.