.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ARTE DO FERRO


© João Menéres


NÃO SE CONHECE O AUTOR
DO PROJECTO QUE VEIO A SER INAUGURADO EM 1892.

A TORRE CILINDRÍCA É 
PINTADA A VERMELHO E
TEM UMA ALTURA DE
VINTE E DOIS METROS.
ESTÁ APOIADA EM TRÊS ESCORAS DE FERRO.

ESTAMOS A FALAR DO
FAROL DE REGUFE,
NA PÓVOA DE VARZIM,
ACTUALMENTE DESACTIVADO.




22 comentários:

photographic-sketchbook disse...

Oi João, o contraste das cores é lindo.

Beijos

Eduardo P.L. disse...

Gosto muito de farol. Esse realmente é meio estranho...

João Menéres disse...

ANGELIKA

Obrigado, Angelika.
Pena a pintura estar assim ...

Um beijo e até à próxima.

João Menéres disse...

EDUARDO

Gosta de farois ou deste em particular ?


Este farol funcionava como luz posterior ficando localizado a 600 metros da luz anterior, junto à linha do caminho-de-ferro. A luz era fixa, vermelha, com um aparelho catadióptrico de 5ª ordem e candeeiro de petróleo. O alcance luminoso era da ordem das 7 milhas.

O desenho é único, mas existem dois tripóides de ferro na Argentina, no Cabo San Antonio e Punta Médanos.

Satisfiz a sua curiosidade ?

Remus disse...

Durante as minhas visitas à Póvoa de Varzim, nunca dei por ele. E pelo aspecto e volume, ele não será nada que passe despercebido.
:-D

Gostei deste contraste de cores, o azul e vermelho. Em termos de enquadramento, diria que está ligeiramente inclinado. Mas posso estar a "ver mal".
;-)

João Menéres disse...

REMUS

Se fôr na estrada nacional em direcção à Póvoa de Varzim, não terá dificuldade deo ver à sua direita.

Quanto à inclinação, tem toda a razão, mas julgo que é dele mesmo...
Como foi vítima de um assalto recente
( computadores, etc.), pode ter-se desiquilibrado...
RsRsRs...

Quando o amigo lá fôr, poderá confirmar ( ou não...)


Um abraço.

L.S.A. disse...

Bela Fotografia, como sempre perfeita.
O único Farol que conheço bem é o do Cabo de S. Vicente. Fiquei maravilhada com o sistema de lâmpadas que eles tinham. Agora com a tecnologia que utilizam modificaram muita coisa. Para já muitos estão desativados. Na Costa Vicentina ainda estão a funcionar, pelo menos quando estou no Almograve vejo a luz do Cabo Sardão.

Isabel disse...

Muito lindo!
Gosto das construções em ferro, com um ar velho. Gosto de objectos em ferro forjado.

Um beijinho

Luísa disse...

O melhor orientador és tu!
Tens cá cada fotografia!!!Orientas-nos rumo ao imaginário, mesmo que em frente a uma torre de ferro!

Beijinhos mil

João Menéres disse...

MARIA

A tecnologia também tinha que chegar aos faróis !

já subi ao da Boa Nova e fiz panorâmicas e também não podia perder a oportunidade de fotografar o sistema.
Uma maravilha !


Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

ISABEL

Gostas de objectos em ferro forjado ?
Vou ver se não me esqueço.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Mas já deste conta que me despisto com muita facilidade, não já ?
Estou a tratar de uma coisa aqui que exige muita atenção. Entra um mail de uma pessoa AMIGA e largo tudo.
E assim sucedem "acidentes" que não deviam acontecer no Grifo Planante...

Obrigado pelas tuas palavras.

Um beijo.

:.tossan© disse...

Pode estar desativada, mas é um monumento para ser fotografado. Muito boa foto. Abraço

João Menéres disse...

TOSSAN

Uma peça rara.
Comodisseao Eduardo P. L., na Argentina há dois assim assentes em três apoios.
Mais nenhum no mundo !

Um grande abraço.

Fatyly disse...

Já há uns anitos que não o via e gostei de o recordar. Obrigado!

ana disse...

João,
Não há dúvida que rompe os céus. Linda. :))

Kássia Reis disse...

Belíssima foto!

João Menéres disse...

FATYLY

Ainda bem que o meu blogue serve para alguma coisa...

Um beijo e bom Domingo.

João Menéres disse...

ANA
Romper, romper, não rompe..
Não tem altura para tanto. Apenas, vinte e dois metros...

Um beijo Amigo.

João Menéres disse...

KÁSSIA

Nunca te tinha visto por cá !
Que bom teres vindo e gostado deste raro farol.

Um beijo.

Li Ferreira Nhan disse...

Gostei da arte do ferro, da cor e da oxidação, do azul e por ser um farol tão diferente!
Obrigada por mais essa bela imagem!

Cá estou a comentar no atacado.
João estou trabalhando muito, nem imaginas quanto.
Vou aos blogs de sempre, olho, mas não comento todos os dias. Nem dá. O tempo é curto portanto ando em falta aqui e alí...
Não te zangues. Vou dividindo o tempo como posso e não como quero.
Beijo querido!

João Menéres disse...

LI

Não te preocupes, Li querida !


Um beijão.