.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A FEIRA SE SANTA CATARINA

© João Menéres


QUANDO ESTA FEIRA NÃO ERA INVADIDA
PELAS RULOTES, CAMIÕES E ALTIFALANTES
DOS VENDEDORES...
QUANDO ESTA FEIRA NÃO TINHA PRODUTOS 
ORIGINÁRIOS DA CHINA E DE ÁFRICA...
QUANDO NESTA FEIRA SÓ HAVIA
PRODUTOS E ARTESANATO NACIONAL...

ERA UMA FEIRA DIGNA DE SER FOTOGRAFADA
E ERA POSSÍVEL OBTER-SE UMA VISTA GERAL
MUITO INTERESSANTE, COMO AQUELA
QUE SERVIU DE CHAMARIZ PARA A DESTE ANO.

MUDARAM-SE OS TEMPOS, 
MUDARAM-SE OS HÁBITOS E OS GOSTOS...

( IMAGEM FEITA EM 23 DE NOVEMBRO DE 2013 )

***


© Foto de Albino Alves

ESTA FOTOGRAFIA TEM MAIS DE 60 ANOS !

(A casa branca lá ao fundo, é a mesma que 
está na imagem que abre este post ).


29 comentários:

Questiuncas disse...

Um verdadeiro documento histórico que o João hoje nos apresenta.
Gosto muito de comparar fotografias antigas com mais recentes e ver que transformações houveram.
Uma preciosidade.

Eduardo P.L. disse...

O tempo passa e quem guarda tem!

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Tentarei em breve, fotografar o mesmo local, do mesmo ângulo.
Aí, sim, veremos as alterações !
Por exemplo, o busto do João Pinto Ribeiro foi deslocado, embora permaneça neste mesmo Jardim com o seu nome.

Obrigado pelo seu interesse.

Um abraço.

João Menéres disse...

EDUARDO

Eu guardo TUDO, para desespero da minha mulher !...

cecíliademeloalvim disse...

Feiras com história e tradição tem sempre boas/fortes razões para serem fotografadas. Confesso que não conheço esta feira, acho que está na hora de conhecer.

João Menéres disse...

CECÍLIA

A Feira de Santa Catarina este ano, estendeu-se para trás do local de onde foi feita a foto antiga até para lá da tal casa branca e ramificou-se portudo quanto era rua transversal !

O Dia de Santa Catarina é a 25 de Novembro.
Este ano, a festa iniciou-se a 23.
Ontem, Domingo, a SIC esteve em transmissão directa das 14:00 às 20:00 horas !
Como esteve sol, calhou bem aos mercadores.

Mas, há mais duas festas em época mais quente.
Está atenta.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

EM DEZ DIAS, TIVE MAIS DE CINCO MIL VISITANTES !

AGRADEÇO A TODOS O CARINHO QUE O GRIFO PLANANTE VOS MERECE.

Beijos / Abraços

Jorge Pinheiro disse...

Um contraste que diz tudo.

João Menéres disse...

JORGE

Como deve imaginar, preferia a pureza de outros tempos...

myra disse...

admiravel meu querido Joao, adorei, adoro feiras! No brasil na Italia havia tantas, aqui esquece, e sabe eu tbem guardo...alias guardava tudo e tudo esta na Holanda:)
enfim, aplausos!

Maria Manuela disse...

Há palavras que têm um sabor suave a nostalgia... temperada com um certo prazer...
Quando... Quando... é uma delas!...
Evoca tempo e... haverá algo melhor do que uma óptima fotografia para concretizar esse tempo que passa?...

Que bonito, João, reviver tradições e lugares mesmo com vestes do presente!!!

Ai, aquela casa branca!...
Parece que estou vendo a varanda com uma cesta de camélias...
Beijinhos e uma boa lareira acesa!

Remus disse...

As feiras já não são o que eram.
Nós, os portugueses, também já não somos o que éramos.
O mundo é composto por mudança... E daqui a uns anos, se calhar, nem Celorico existirá no mapa... Irá ser uma terra com o nome chinês de Celozihou.
:-)

João Menéres disse...

MYRA

Espero que a Dominique saiba avaliar a importância de tantas memórias !

Obrigado pelos aplausos !

Um beijooooooooooooooooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Muito obrigado por teres uma memória privilegiada !
Acertaste em cheio !!!

Como disse ao QUESTIUNCAS, vou tentar da próxima vez que voltar a Celorico ter acesso a uma janela do edifício onde até há uns anos estava instalada a Câmara.
Agora, está na Casa do Prado ( em frente à dita casa branca.

Um beijo muito Amigo e sempre muito grato.

João Menéres disse...

REMUS


Celozihou ?
Bom...três lojas dos chineses já lá há !

E se assim acontecer, vamos ter que pedir satisfações ao AFONSO por ter resolvido armar-se em CONQUISTADOR !
Para quê ?
Ele não sabia que, uns anitos mais tarde, o Rei seria cobardemente assassinado pelos Republicanos ?
Em Espanha, apesar do Franquismo, houve respeito e hoje a Monarquia ainda funciona lá !


Um abraço.

Rasuras do Aparo disse...

... até a molde humana era inspiradora noutros tempos ... agora vai-se misturando artefactos sem histórico nem durabilidade ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Até as pessoas mais modestas vestiam o seu fato domingueiro e tinham gosto nisso !


Um abraço agradecido.

Ana Bailune disse...

Olá, João. Um belo registro histórico! amo feiras e feirinhas. Adoro. Fico horas olhando, olhando...

Luísa disse...

Nem sempre os tempos mudam para melhor...
Belo apontamento, senhor!
Mil beijinhos

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Quando tiver tempo ( ? ), vou procurar uma muito antiga que tenho em slide. Em tua honra, então.

Um beijo, querida amiga.

João Menéres disse...

LUÍSA

Raras são as vezes, na verdade !
E a expressão OS BONS VELHOS TEMPOS já tem centenas de anos !

Viste agora o que eu queria ?


Um beijo ( reparei na hora a que me enviaste um mail. Já estava na cama, embora não há muito...Que se passou ? )

ana disse...

Um apontamento assaz interessante.
Beijinho e obrigada pela partilha.:))

João Menéres disse...

ANA

É, e será sempre, sempre um prazer !


Um beijo.

L.Reis disse...

O que eu gosto deste mundo a preto e branco…eu sempre achei que devia ter nascido uns 50 anos mais cedo :):) Está espetacular…vou ficar à espera da mais recente, com muita curiosidade…ver as mudanças (boas ou más) é sempre um exercício fascinante. O que é que se estava a passar ali? Era dia de festa ou só dia de feira?

João Menéres disse...

L. REIS

E fizeste as contas à idade que hoje terias ?

Nem penses !

A actual vai demorar, Lina.
O edifício encerra à tarde das sextas-feira !
Quando irei lá à semana ?
Se calhar só na Páscoa...

Devia ser a Festa de S. Pedro, pelo modo fresco no vestir.

Um beijo ( e deixa-te com as tuas maravilhosas cores. )

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro João Menéres
De tanta pressa que temos, esquecemos como era bom andar devagar...

Li Ferreira Nhan disse...

Tua foto me fez recordar uma feira que fui em 2007, em Chaves.... Era de ciganos. Grandes caminhões. Ciganos de terno preto, camisa preta e ciganas completamente cobertas. Havia todo tipo de quinquilharias.
Lembro de ter comprado um fole ( para acender o lume) de couro e madeira feito a mão. As roupas eram um horror e os cakçados idem. A malta (como se diz por lá) comprava e comprava. Muita porcaria! Mas era colorido e havia gente muita gentee muita gritaria. Nunca me esqueci. Pena não fotografar. Hoje nem sei se há ciganos. Quem sabe serão chineses.
Beijo querido!

João Menéres disse...

H. S. C.

Uma boa verdade !

Obrigado pelo seu contributo.

Melhores cumprimentos.

João Menéres disse...

LI

O panorama mantém-se !...
Ciganos ainda há, sim.
Muita gente de África !!!

E a gritaria e os churros mais as pipocas !

Um beijo, Li querida.