.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

PORTUGAL DEVASTADO POR INCÊNDIOS

© João Menéres


COMO É SABIDO, PORTUGAL,
SOBRETUDO NAS REGIÕES CENTRO E NORTE,
NÃO FOI POUPADO PELAS CHAMAS
ALÉM DO PATRIMÓNIO FLORESTAL,
HÁ A LAMENTAR A MORTE
DE SETE  SOLDADOS DA PAZ.

FICA O REGISTO DE UM INCÊNDIO 
NO CONCELHO DE AMARANTE.
AS INTENSAS NUVENS DE FUMO
DIRIGIREM-SE PARA FAFE.


© JOÃO MENÉRES


ESTA JÁ DE NOITE.

_______________

A NOTÍCIA CORREU CÉLERE :
FALECERA ANTÓNIO RAMOS ROSA...


© GISELA  ROSA

LEMBRO AQUI APENAS OS PRÉMIOS QUE ALCANÇOU :




À GISELA, QUE SEMPRE ACOMPANHOU O SEU QUERIDO TIO,
ENVIO UM BEIJO MUITO AMIGO DE SENTIDAS CONDOLÊNCIAS.

22 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Incêndios devastadores. Morte sem sentido.

João Menéres disse...

Incêndios por incúria. A maior parte, porém, criminosos.

O que tem sentido, afinal ?

Eduardo P.L. disse...

Incendios e morte, duas coisas das quais não ficamos livre!

João Menéres disse...

Receios que nos acompanham desde sempre.
Um dia, morrem todos os receios...

Li Ferreira Nhan disse...

Muito, muito triste ver tudo ardendo.

Não conhecia o escritor e já agora vi que desenhava também. Grande trabalho o dele!
Beijo querido!

João Menéres disse...

Li

Do António Ramos Rosa tenho 3 desenhos belíssimos !

Um beijo, minha querida.

Remus disse...

Por mais que tente, não consigo perceber como é que alguém consegue ter prazer ou algum nível de satisfação por começar um incêndio de uma forma consciente.
E não me venham com desculpas psicológicas a dizer que todos eles são uns pobres coitados e uma cambada de bêbados. Porque se assim fosse, eles não fugiriam. Deitavam jogo mas deixam-se ficar lá para arder junto com as árvores.
Incompreensível e na minha opinião sem perdão.

Cláudia Ribeiro disse...

João Menéres, estes Prémios atestam o talento de António Ramos Rosa!
A sua mestria nas letras e pelos vistos no desenho também!

Mais um beijinho.:))

João Menéres disse...

REMUS

Como sou meigo, cada um que apanhasse ( e têm sido apanhados muitos em total flagrante ), atava-os muto bem atadinhos a uma dessas árvores paraele ter possibilidade de apreciar o "espectáculo" até final.
No norte, a GNR tem apanhado alguns.
Comodevem estar com foe, dão-lhes um enxurro de porrada logo.
Quando são presentes a tribunal, o juiz manda-os em liberdade
Este ano, que eu saiba, um só ateou 4 ou 5 fogos em dias diferentes ( já tinha sido mandado em paz pelo juiz ! ).

Assim, não vamos lá...


Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

CLÁUDIA

Eaqui não são mencionadas as condecorações que recebeu :
Em 1984, de Grande Oficial da Ordem de Sant'Iago da Espada.
Em 1997, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

Já me deliciei com a leitura de algumas poesias e prosa da Antologia que daí trouxe há momentos.


Um beijo e obrigado.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelentes registos dos fogos e bela Homenagem a António Ramos Rosa....
Cumprimentos

João Menéres disse...

CHANA


Muito obrigado pela sua opinião.

Abraço amigo.

Luísa disse...

Fafe ainda cheira a fumo, senhor!
Foram hectares de perda de património natural. O Verde vestiu-se de negro carvão, literalmente!

Quanto à despedida deixo um beijinho especila à Gisela!

João Menéres disse...

LUÍSA

Quando ontem vim de Celorico, o carro estava cobeto de cinzs !

Espero que logo que lhe seja possível, a Gisela virá aqui.


Um beijo e obrigado.

ana disse...

João,
Uma bela homenagem.
As fotografias dos fogos são impressionantes.
Perda da nossa Natureza e de um Homem entre outros homens que faleceram a combater o fogo.
Ao Ramos Rosa que da poesia fez fogo e água um bem haja.
Beijinho. :))

myra disse...

que coisa! morte e incendios....grave... Grande Poeta, terrivel incendio...mas fotos tremendamente incriveis!!!!

Rasuras do Aparo disse...

... o final de uma vida se bem que ao nascer para lá caminhamos é sempre lamentável e será sempre amplificada em função da genialidade de quem nos deixa ...
... a morte da natureza que nos rodeia ano após ano deve-se às negociatas e interesses que se foram instalando e corroem as organizações que deveriam combater o flagelo dos incêndios ...

João Menéres disse...

ANA

Fugi dos dados biográficos.
A Cláudia fez uma montra exclusivamente com obras do António Ramos Rosa.
Infelizmente, infotogravável devido aos imensos reflexos existentes.

Agradeço o elogio às duas imagens dos fogos.
Como a temperatura caíu bastante e a chuva anda por cá, penso que essa praga terá chegado ao fim.


Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

Obrigado.
Os incêndios devem ter terminado...baixou muito a temperatura e a chuva apareceu.

Antónioramos Rosa, horas antes de falecer, ainda recito de cor uma poesia inteira.
Um POETA LÚCIDO de corpo inteiro !


Um beijooooooooooooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Quero crer que essa tese se aplicava correctamente há anos atrás.
As florestas da Portucelnão ardem, porque as vigiam e delas cuidam devidamente.

A maior parte dos fogos deste ano tiveram origem em mentecaptos e no descuido da sempre necessária limpeza.

Um abraço com amizade.

mariam [Maria Martins] disse...

Bela a sua homenagem ao mestre da palavra A.R.Rosa, fica a memória e a sua obra!
Quanto aos incêndios, Pbs por esses excelentes registos da calamidade que anual e impunemente se repete. Também 'desabafei' http://mariasentidos.blogspot.pt/2013/08/florestas-belissimos-pulmoes-da-terra.html

João Menéres disse...

MARIAM

A Poesia de António Ramos Rosa é sublime.
Felizmente que há alguns anos a conhecia.

Obrigado também pelo comentário às imagens que criminosos me proporcionaram.
Enquanto não houver CASTIGOS A SÉRIO ( deves saber ao que quero dizer ), eles continuarão.
E se os media divulgassem esses castigos fariam um serviço público a sério.

Um beijo grato.