.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Dama-da-noite – Cestrum nocturnum

© João Menéres

SEMI À MODA DO REMUS :

"A dama-da-noite é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e muito popular devido ao aroma inebriante de suas flores. Ela apresenta caule ereto e ramificado, com ramos sinuosos, a princípio eretos, mas tornam-se pendentes nas pontas. Seu porte é médio, geralmente 1,5 metros, mas pode atingir até 4 metros de altura. Suas folhas são simples, perenes, ovais a lanceoladas, brilhantes, coriáceas e sustentadas por longos pecíolos. As abundantes inflorescências surgem na primavera e verão, carregando numerosas flores tubulares, de coloração creme-esverdeada, que exalam um intenso perfume, principalmente à noite. Os frutinhos que se seguem, são bagas, de coloração branca, translúcidos.


A dama-da-noite é uma planta vigorosa e de rápido crescimento, ela é utilizada geralmente isolada, mas fica bem em pequenos grupos. É uma peça indispensável em jardins aromáticos, “dos sentidos” e borboletários. Pode ser conduzida como arvoreta e trepadeira também, através de podas e tutoramento, perfumando assim calçadas, pátios e cobrindo caramanchões, arcos, treliças, entre outros suportes. Para atenuar-lhe o forte perfume, deve ser plantada à meia-sombra, desta forma sua floração será menos intensa.
Não deve ser utilizada próximo a janelas de dormitórios, principalmente em quartos de pessoas sensíveis e crianças. Diz-se que sua pungente fragrância é uma dos mais fortes entre asplantas; algumas pessoas a acham enjoativa. Suas flores atraem diversas espécies de abelhas, beija-flores e borboletas.
Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera salinidade, geadas fortes ou frio intenso. Também pode ser plantada em vasos, com adubações e regas mais freqüentes. As podas devem ser efetuadas após a floração principal. Multiplica-se por sementes e estaquia dos ramos semi-lenhosos.

Categorias: Diretório de Plantas

Alerta:

Todas as partes da planta são tóxicas e podem provocar vômitos, irritação das mucosas e alucinações, entre outros sintomas. A dama-da-noite é considerada planta invasiva, principalmente em pastagens. "

( De : Jardineiro.net )
_______________________________________________________________________________ NOTA PESSOAL : No meu jardim, só esta vingou. Todas as que foram plantadas
na parte da frente, mais expostas ao Sol, morreram.
O aroma à noite é realmente inebriante !
É hábito florir em Julho ou princípios de Agosto. 
Este ano, floriu só em Setembro.




18 comentários:

Luísa disse...

Uma "dama da noite" que só serve de companhia, platonicamente adorada, sem lhe poder tocar...
Hummmm! Bela planta, Senhor!

João Menéres disse...

LUÍSA

Neste caso, há uma coisa real : o perfume !


Um beijo amigo e grato.

Rasuras do Aparo disse...

... o perfume foi sempre um belo aliado no processo da atração ... elas são assim tornam-se inebriantes ... criam alucinações e dependência que por vezes origina tentativas de união... para por vezes com o passar do tempo descobrirmos que nos provocam irritação ... pela sua tendência invasiva de tudo o que era o nosso espaço ... elas são assim ...

João Menéres disse...

RASURAS DO PAPEL

Mas esta dama é de presença bem curta.
Imagine que a fotografei na semana passada e já se está a ir...
As flores caiem a cada hora.
O aroma vai-se.
Ficará a lembrança, se a memória a retiver...

Um abraço amigo.

Remus disse...

Tomara esse chico esperto do Remus saber isto tudo. Ele oficialmente não assume, mas ouvi dizer que ele nem conhecia a existência desta planta.
Olhe só o que ele já aprendeu hoje.
:-)

Fotografada à noite (ou pelo menos ao final da tarde) e com flash?
Ou é devido à tal zona de sombra?
Até parece que lhe sinto o cheiro.

PS: Obrigado.

João Menéres disse...

REMUS

Olhe que não !...
O "tal" de REMUS sabe muito !

Foi mesmo À NOITE e com flash que, diga-se, detesto ter que o usar !

Um abraço com admiração.


Questiuncas disse...

Agora virou moda fazer post com plantas e flores para o Remus.
Há algo de esquisito nestes post, primeiro o Marco com uma flor cor de rosa, podia simbolizar a delicadeza, agora o João com esta brava dama da noite, podia simbolizar alguma brutalidade ou algo parecido.
Estou a ver que também lhe vou ter de prestar homenagem e arranjar alguma planta, erva, flor ou coisa parecida para dedicar a tão estimado senhor.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Pelos vistos, não conheceu nenhuma dama que lhe trouxesse problemas ?
Nem com gás sarin, meu caro !


Um abraço.

Li Ferreira Nhan disse...

Alucinações.... É verdade! Ao menos às galinhas. Tivemos um arbusto aqui em casa e as nossas galinhas pulavam para alcançar as flores. Eram loucas pelas tais flores! Comiam e ficavam como doidas!
Hoje já não há o tal arbusto nem as galinhas.
Beijo querido!

João Menéres disse...

LI

E sabes que arbusto era ?
Vs comeram as galinhas e não ficaram alucinados ?
Ainda bem !

Um beijo, Li querida.

GL disse...

Aumentei bastante a imagem para ver a planta em pormenor. Tem uma flor, pequenina, que parece ser muito delicada.
Sem düvida, muito bonita a tua dama da noite..

Beijinho.

João Menéres disse...

GL

Cheia de razão !
As pétalas são muitodelgadas e frágeis.

Tem que ser podado, pois está a abafar um grande limoeiro.

Ontem, até disse por brincadeira :
então, a Dama da Noite já dá limões ?

Um beijo.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente fotografia de bela planta....
Cumprimentos

Maria Manuela disse...

Quem diria?!
Cheia de florinhas tão mimosas... uma planta tão linda!...
...E toda ela ser tóxica...

E o perfume desta dama da noite não provoca alucinações?...
Um beijinho e boa noite.

Li Ferreira Nhan disse...

rsrsrs
João era essa espécie de dama-da-noite. E sabe, nunca comemos aquelas galinhas, eram de estimação.
Beijo querido!

myra disse...

eu tinha ela no meu jardim noMexico, e nunca tive halucinacoes! quem sabe eu ja nasci HALUCINADA!:)
linda foto!!! como sempre, bjos meu querido Joao!

Li Ferreira Nhan disse...

:)) Myra, você é ótima!
Beijos aos dois!

Jane Gatti disse...

O perfume da dama da noite, para mim, tem cheiro de afeto, de infância. Tínhamos, em nossa casa, quando criança, um pé dessa planta. Lembro-me das janelas abertas, no verão e o perfume que invadia a sala. Boas lembranças. Beijos afetuosos.