.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

MEMORIAL DO HOLOCAUSTO

© João Menéres



UMA PARTE DO IMPRESSIONANTE
MEMORIAL DO HOLOCAUSTO.


Situa-se na Ebertstrasse, perto
da Pariser Platz.

*****

Hoje é o lançamento do livro autobiográfico do
BENTO AMARAL !

Escolheu o BH por estar voltado
para o mar.
Infelizmente, o tempo vai estar
muito cinzento.
Merecia um dia de MUITO SOL
e de um MAR MUITO AZUL !

18 comentários:

expressodalinha disse...

O tempo anda esquisito...

Eduardo P.L. disse...

O tempo anda assim por toda parte.

Carlos Romao disse...

Parabéns pela imagem, João Menéres, e obrigado pelo comentário; é quase o único a fazê-lo no meu blogue.
Um abraço.

João Menéres disse...

No dia 13 de Maio não estava cá...

Remus disse...

Existem momentos da nossa história nacional e mundial que nunca devem ser esquecidos.

A opção pela inclusão das árvores, acho que foi uma aposta ganha.
Deu-lhe dimensão e aconchego.
(Se é que, o que acabei de escrever faz sentido.)

Anónimo disse...

... uma invocação em tempos de apreensão e com certa colagem aos que resultaram em tal grave acontecimento ... a geometria e cor induz a dureza do funesto evento ...
T

ana disse...

João, Este monumento é impressionante. Quando lá estive, em 2000, estava a ser construído. bela foto.
Um dia azul para o seu amigo.
Beijinhos. :))

João Menéres disse...

REMUS

Se faz sentido?
Foi uma das minhas preocupações : Aliar o FRIO que nos arrepia, com o verde da Natureza !

Um abraço.

João Menéres disse...

ANA

Como temia, o céu ficou cinzento.
Mas o calor humano e a emoção que se viveu no espaço fizeram esquecer o azul que se desejava !

Um beijo.

Luísa disse...

Imagem cubicamente bela! Tempos idos e muito lembrados!

Quanto ao lançamento do VENCEDOR Bento Amaral, tenho a certeza que decorreu como ele merece: com muito sucesso!
A força está dentro dele, e essa força. não depende de um céu azul...

Mil beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

Claro que foi !

Mas ele gostava de ter um céu azul ( e eu também ! ).

Um beijo.

Kaipiroska disse...

Uma imagem fantástica e muito bem conseguida deste memorial.

João Menéres disse...

CARIN

Muito te agradeço as palavras.

Um beijo amigo.

Jane Gatti disse...

Dos espaços de Berlim, o que mais me emocionou foi este. Andar por entre os blocos provoca um sentimento de opressão tão grande quanto os acontecimentos que são evocados! Confesso que me senti mal, uma sensação estranha de desconforto! Creio que era isso mesmo que se pretendia. Bela foto, como sempre. Beijos. Por aqui o tempo está frio também, mas há uma linda lua a iluminar o céu.

Li Ferreira Nhan disse...

O fundo orgânico em verde, os cubos cinza, o céu pálido contribuiu ao clima do cenário!; olhar perfeito João!
Beijo querido!

João Menéres disse...

JANE GATTI

E não foste à parte subterrânea ?
Eu também não, por falta de tempo.

E, como disse, também me aconselharam a não ir ao Museu !...


Um beijo e obrigado pelo teu testemunho.

João Menéres disse...

LI

Só te posso agradecer a bondade dastuas palavras.

Até breve, não é ?


Um beijo.

Conceição Duarte disse...

Que coisa dura. Dura como tudo oque aconteceu nessa história horrível!