.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

RIO CEIRA

© João Menéres




" E SEU DESTINO É IR MAIS LONGE, TÃO LONGE, ENFIM; COMO A EXATA
ALMA, POR ONDE
SE PODE SER LIVRE E ISENTO,
SEM ATOS ALÉM DO SONHO,
DONO DE NADA,
MAS SEM DESEJO E SEM MÊDO,
E ENTRE OS ACONTECIMENTOS
TÃO SOSSEGADOS !
AGORA PODEIS MIRAR-ME
ENQUANTO EU PRÓPRIO ME AGUARDO,
POIS VOLTO E CHEGO, "

( Excerto de UM, de Cecília Meirelles, exemplar nº 372, da Antologia Poética, 
milagrosamente encontrado na montra da LUMIÈRE ! )

28 comentários:

expressodalinha disse...

Uma bruma poétca. Belas paisagens.

Eduardo P.L. disse...

Linda a luz desta imagem.

João Menéres disse...

JORGE

E se tivesse podido parar uns minutos antes, nem imagina o que perdi !

João Menéres disse...

EDUARDO

Uns instantes depois essa neblina dissipou-se !...

myra disse...

lindalindalindaaaaaaa:)
beijosssssssssssssssss

Marias Tusen og en Natt disse...

In the morning light?
Wonderful landscape.

Remus disse...

Belíssima fotografia.
A névoa deu aquele toque "muito especial" à fotografia.

Só por causa disto, vou autorizar o meu advogado a permitir que entre no processo cível contra aquela que sabemos. Quantos mais forem a fazer queixa, mais hipóteses temos de ser bem sucedidos.
:-)

João Menéres disse...

MYRA

Obrigadoooooooooooooo !

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIAS TUSEN og en NATT

Yes, in morning light ( 17th April.2013.

Thanks.

A kiss.

João Menéres disse...

REMUS

Sem papel colorido ou agulhas !...

LOL

Agradeço ter-me aceite como queixoso naquele processo que MUITO BEM intenta !
Penso que os dois nossos nomes são razão suficiente para a CAUSA estar ganha !
Se houver recurso para o T.C. ,então, vamos a Lisboa, feitos Afonso Henriques !


Um abraço.

Questiuncas disse...

Confesso que tive de ir ao wikipedia para saber do rio Ceira.
Na escola primária não falaram deste rio e eu (acho) só faltei um dia às aulas.
Não sei se o João já foi ver a porta dos gatos (http://questiuncas.blogspot.pt/2013/04/portas-e-afins-15_18.html)

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Conheço o Rio Ceira desde que sou adulto ( portanto, fora da Primária ).
A Família Seara Cardoso tinha junto do rio uma fábrica.
Não sei se ainda a manteem...

Claro que fui ver os gatos.
Penso ter deixado COMENTÁRIO...

Um abraço.

L.Reis disse...

Isto não é bem uma imagem...é mais uma poesia escrita por sensações delicadas e uma imensa sensibilidade estética...e nem ali faltou um recanto de névoa para descansar o olhar. perfeita!

( Ah os Srs Drs Queixosos estão de conluio??!! Se eu os apanho em Lisboa nem as armas nem os barões assinalados vos salvarão!!)

ana disse...

Lindíssima, reconheço o local aqui tão bem representado.
Beijinho. :))

João Menéres disse...


L. REIS

Acredita que perdi minutos antes uma que me ficou atravessada na garganta ! Era num local em que estacionar se tornava perigoso.
E levava o meu mais novo a Serpins e ele já estava a olhar para o relógio, embora fossem 08:45 e eu só precisava de 2 minutinhos. Depois de o deixar no destino, voltei para trás mas aquela já se fôra !...
Fiquei-me por aqui, às voltas junto de uma escola, creio, ou Jardim Infantil.
Depois, consegui acesso a uma delegação da REMAR e fui até junto do rio, onde fiz mais uns cliques bem diferentes, pois a neblina dissipara-se totalmente.

Agradeço-te o comentário, feito bem à tua maneira.


Olha como tu vieste tão depressa !
Infelizmente, vens com ameaças...
Como só um para ti não bastasse !
Deixa-me rir ( e a bom rir ! )



Um beijo sebastiano.

João Menéres disse...

ANA

Pois deves conhecer...
Por favor, lê o que escrevo acima à Lina.

E que dizes deste precioso exemplar que arranjei com os meus olhos quando já saíra da Cláudia ?

Um beijo e obrigado.

Luísa disse...

Gosto do verde que areja o rio e da seda que se lhe traça na roupagem!
Hum! Que belo!
Ainda por cima, decoraste-lhe a figura com palavras de pérola, delicadamente escolhidas!
Beijinho terno, Senhor!

João Menéres disse...

LUÍSA

Obrigado, Luísa.
Foi um acaso ter comprado aquele precioso livro na hora !
Os meus olhos também sem a menor dificuldade encontraram o que eu queria...

Um beijo, querida amiga.

Kaipiroska disse...

Um bonita fotografia. O que mais gostei foi aquela leve neblina a pairar :)

João Menéres disse...

KAIPIROSKA

Essa neblina estava a fugir !
Não pude explorar nada mais...

Um beijo e MUITO OBRIGADO.

Maria Manuela disse...

Uma foto poema é o que vejo e sinto nesta imagem que corre ao sabor das palavras de C.M.!...

Um beijo, caro Artista, pelo que vê e nos oferece...

Li Ferreira Nhan disse...

É tão linda a imagem que nem parece real!
Um beijo querido!

Anónimo disse...

... eis que ele se foi mostrando por detrás da névoa ... azul, risonho só como ele sabe ser ... de olhos postos no verde que lhe aumenta a alma... enquanto se prepara para se espelhar rio abaixo na incansável procura dela ...
T

Anónimo disse...

LINDAAAAAA.....
FANTÁSTICOS TONS DE VERDE....INPRESSIONANTE NITIDEZ !!!
BJO
L.R.O.

João Menéres disse...

> T <

Isto não é um comentário !

Bem que podia ser um poema do Pablo ( daquele senhor de apelido Neruda ) !

E mais não digo.

Fica o abraço amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Lá saltei eu !...

Ainda não tinha lido o UM da C. M...fui buscá-la porque lhe conheço o estilo e pensei que podia ser um casamento feliz.

Obrigado pelas palavras sempre amigas e tão estimulantes para aguentar o lufa-lufa da minha vida.

Um beijo.

João Menéres disse...

LI

Desculpa também ter saltado...mas isto, às vezes, há horas onde falta a necessária tranquilidade e depois asneiro.

Foram dois dias fora do Porto e que renderam várias imagens para o fundo de maneio deste gastador blog.
Portugal tem sítios maravilhosos. É só preciso ir atrás deles.

Um beijo, querida LI.

João Menéres disse...

MARIA

E não sabes o que sofri quando di conta que levara a maleta com a camera e três objectivas mas sem nenhum cartão de memória !
E isso deu-se <b< exactamente quando
estacionei ( bem ! ) para fazer as primeiras imagens, que por acaso foi esta.
Mas tinha levado excepcionalmente uma compacta novinha ( Canon Power Shot SX 230 HS, que havia comprado dias antes ) e sem sequer ter estudado a forma de trabalhar com ela.
Graças a um AMIGO do Porto, consegui depois do almoço um cartão de memória de 2GB para a 7D, e que me foi OFERECIDO na LOUSÃ !


Um beijo.