.

sábado, 19 de janeiro de 2013

UMA OUTRA PAREDE...

© João Menéres






___________ 

COMENTÁRIOS QUE MERECEM UM POST

A propósito da postagem de ontem,
A nossa visitante  LUÍSA VILAÇA escreveu :
"Como posso olhar a cinza, se sinto os pés cansados?
Olho no vazio, sem esperança...
A cinza? A cinza que vês cair, são duas patacas de alegria que o vento vem varrer!"


25 comentários:

Maria de Fátima disse...

lindo Luísa!

ana disse...

Uma parede bem forte com traços vincados de amor ou vingança?
Beijinho João! :)

Ana Bailune disse...

Uma parede filosófica...

expressodalinha disse...

É verdade. Já acabou o concurso dos nomes para as fotos?

Maria Manuela disse...

Sim, e toda ensanguentada!...

Só o postigo saberá a causa de tal sofrimento. E está aberto. Também dá para se espreitar de fora para dentro
... e parece tudo um pouco escuro, húmido, triste, mal cheiroso... há gente que sofre. Há dramas por detrás daquela parede.
Consequência de austeridades em demasia?

Um beijo, João, e bom resto de fim de semana

Luísa disse...

Gosto da linha que marca o vértice de encontro entre os dois paineis!
São quentes, imensos, desesperadamente fogosos! O postigo olha-os curiso, num atento olhar masculino que só ele sabe ter!

Este foi um olhar de perto pela tua imagem de hoje, Senhor!
Grata por valorizares o que escrevo. És um doce amigo!


Rute disse...

Está linda! Parece uma pintura...talvez Miró?...:)

1 beijinho

João Menéres disse...

FÁTIMA

A Luísa só escreve o que lhe vai na alma e como é um anjo, só podia escrever uma coisa assim linda !

Um beijo.

João Menéres disse...

ANA

Vingança ?
- Nunca !

Amor ?
- Sempre !

Um beijo.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Um tanto...


Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE

Está respondido.
Obrigado.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

E tinta dada segundo instruções do arquitecto.
Não sei o que lhe ia na alma, mas a mim entusiasmou-me e muito.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

LUÍSA

Vamos espreitar para ter a certeza ?

Um beijo e bom Domingo.

João Menéres disse...

RUTE

Miró ?
- Não me atreveria a tanto, mas obrigado pela generosidade.

Um beijo.

Rute disse...

Não é generosidade...pensei que se tivesse algures um pormenor em azul, seria um Miró, querido amigo.

1 beijo de boa noite:)

João Menéres disse...

RUTE

No caso, o azul estava todo no céu.
Alentejo...

Um beijo e obrigado.

L.Reis disse...

Mais um conceito minimalista a resultar em pleno pela escolha da compoição da imagem...e nem faltaram as pinceladas vermelhas a lembrarem a cálida certeza de uma tarde de verão.

Anónimo disse...

... paredes quentes de paixão em matizes ... pois a paixão é assim ora mais intensa( porventura no verão...) ora mais diluída ... mas sempre atenta a alma no seu postigo ... espreita o traço rubro do caminho já traçado ...
T

João Menéres disse...

L. REIS

Vieste tarde, mas não escapas !

Um beijo.

João Menéres disse...

> T <

Não digo mais nada...

Um abraço amigo.

Kaipiroska disse...

Uma foto minimalista e com uma cor e qualidade soberbas :)

João Menéres disse...

KAIPIROSKA

Sabes que ainda estou hesitante entre esta e a
da caixa ?

Um beijo agradecido.

Remus disse...

Está muito bem.
Tanto com esta, como com a da caixa de correio (com que já participou no Flinpo) está muito representado no desafio.
Um "boto" já tem. E nem preciso que me pague um presunto.
:-P

Eduardo P.L disse...

Grande imagem!

AN disse...

Gosto muito da cor e da composição.

Um abraço