.

sábado, 20 de outubro de 2012

N E V O E I R O

© João Menéres

 ( Rouslam Botieu / Colecção particular )






Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
Define com perfil e ser
Este fulgor baço da terra
Que é Portugal a entristecer —
Brilho sem luz e sem arder,
Como o que o fogo-fátuo encerra.
Ninguém sabe que coisa quer.
Ninguém conhece que alma tem,
Nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ânsia distante perto chora?)
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro...
 
É a Hora! 

( Fernando Pessoa )

20 comentários:

myra disse...

Fernado Pessoa que grande poeta! que linhas!!!,,,e o desenho é otimo, e voce TANTISSSIMO, meu querido Joao!

Fatyly disse...

Um post magnífico como sempre:)

Beijos e BFS

expressodalinha disse...

Mensagem.

Isabel disse...

Tudo é incerto, na verdade, mas não vamos deixar de procurar ser felizes.

O desenho é muito giro!
Um beijo e bom fim-de-semana

Eduardo P.L disse...

Grande desenho. Bom post.

Anónimo disse...

... tudo tão actual ...
T

Luísa disse...

Impecavelmente oportuno!
Posso sentar e sentir o cheiro do café mais nobre da cidade?Beber cada gole como se letras engolisse e deixar o tempo passar para levar consigo o nevoeiro?
OBRIGADA!
Vou indo...

Maria Manuela disse...

Grande postagem, caro João!
Na expressão de cada traço, na Imagem; e em cada expressão do Poema - está tudo dito!

Óptima escolha, a fechar esta semana de "nevoeiro"!
Ele, aos poucos, se dissipará...
Um beijo e bom domingo!

João Menéres disse...

MYRA

Obrigadopor tudo.

Vou deixar aqui umas breves notas sobre o pintor :

É mongol e nasceu em 5 de Maio de 1963.
Licenciou-se Letras, pela Faculdade de Filologia de Kalmyky, em 1985.
Estudou Pintura e Escultura, de 1985 a 1990 e fez estágiosem aulas na Universidade de RosKov e de S. Petersburgo.
Nos últimos anos yem vivido e exposto em Lisboa.
este Desenho foi adquirido numa loja do Algarve, muito procurada por estrangeiros.


Um beijooooooo

João Menéres disse...

FATYLY

Obrigado pela qualificação.
Aos Domingos ALIVIO !
RsRsRs...

Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE

FINAL.

João Menéres disse...

ISABEL

É isso que a cada um compete !Não é fazer greves ( como os portuários ou ou maquinistas da CP ).


Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

À Myra deixei umas notas sobre o Pintor.

João Menéres disse...

LUÍSA

Hoje deu para estar sentado.
Mas, amanhã, a chuva regressa...
E, por certo, o nevoeiro.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Muito agradeço cada uma das tuas palavras.
Só não sei se o NEVOEIRO se dissipará aos poucos e a breve prazo...

Um beijo.

João Menéres disse...

> T <

Peço desculpa de ter saltado.
É a falta do seu prometido blogue, desde 1 de Junho,..

Infelizmente TÃO ACTUAL ( ou MAIS DO QUE NUNCA ? )

Um abraço.

momentos disse...

Simplesmente EXCELENTE!
Adoro Fernando Pessoa! Não escolheria melhor, para espelhar o momento que o nosso país está a viver!:(
Beijinho Grande João!

Tété disse...

Fantástica tradução do panorama nacional.
Vamos tentando ultrapassar privilegiando a saúde e a familia e ansiando que nos acompanhem sempre.
Um beijinho
Teresa

João Menéres disse...

ELSA

Desculpa só hoje ter vindo agradecer o teu comentário.

Como sempre, és de uma simpatia inexcedível.

Um beijo.

João Menéres disse...

TÉTÉ

Estes ainda não são os piores momentos...

Temos que nos precaver para muito pior !

Eu ando muito desanimado !

Um beijo.