.

terça-feira, 3 de julho de 2012

DEGRADAÇÃO

© João Menéres



EM ARRAIOLOS, QUANDO
PROCURAVA UM SÍTIO
PARA FOTOGRAFAR O CASTELO.

30 comentários:

myra disse...

esta foto é uma belissssima pintura!

Fatyly disse...

Uma foto e título bem real!

João Menéres disse...

MYRA

Foi a sensação que me deu quando a fotografei.
Ainda bem que me me confirmas isso mesmo.

Um beijo grande.

João Menéres disse...

FATYLY

Lá que é real, é mesmo.
E gostei imenso da luz fugidia que incidia nos degraus !

Um beijo.

expressodalinha disse...

Mas quase poética, a degradação, ou será da fotografia?

A Luz a Sombra disse...

Amigo João:
A degradação é por todo o lado, e o pior é que em lugar de preservar, destroi-se o que existe e constroi-se "novo" chama-se um arquiteto de nome que não tem pejo em destruir o que era "arte antiga" para fazer o que qualquer pedreiro faria, desde que tivesse tijolos comento e cal.
Nada é recuperado é destruído, e cria dentro de nós a revolta.
O Alentejo deve merecer um prémio na arte de "destruir"...!
Abraço
Maria

João Menéres disse...

JORGE

Totalmente natural !

João Menéres disse...

MARIA

Mesmo que consideres o Alentejo como uma zona em que a destruição do património é raínha, havias de ver o que se passa no Norte !

Quanto aos tais arquitectos, só te posso dar razão.

um beijo e obrigado.

Maria Manuela disse...

Aonde conduziriam aqueles degraus, tão gastos que estão?

Aquelas áreas pintadas ou despintadas, conforme o nosso olhar, lembram-me antigos mapas dos Descobrimentos...orientações para viagens posteriores...

Grandes áreas de azul, intenso e diluído - profundidade dos mares;
bancos de corais; manchas, pontos, linhas - terras, ilhas já descobertas, outras sinalizadas, direcções...

Mas a grande realidade é aquela que o Autor viu e dói: degradação...

Muito boa fotografia!

Um beijo

Isabel disse...

Também tive a mesma impressão que referiu a Myra, parece uma pintura.
Degradação que assim fotografada se revela em beleza.
É outra forma de olhar.
Um beijo

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Se estão gastos ( e estão ) foi do peso dos sacos quealguém carregava às costas para nos dar farinha para o pão.
Nem mais , um moinho !

Todas as paredes queassim se encontram, são irrestíveis ao meu olhar e por elas viajo, sempre à procura de de algo ( abstracto ou não ) que me seduza e me leve a sonhar.
Podem ser sonhos de viagens, podem...
Também podem ser sonhos loucos...
O que eu necessito é de sonhar, sabes ?

Destaco do teu brilhante comentário um trecho :

" Grandes áreas de azul, intenso e diluído - profundidade dos mares;
bancos de corais; manchas, pontos, linhas - terras, ilhas já descobertas, outras sinalizadas, direcções..."

São percursos em espiral aqueles que eu percorro em cada dia.

Há sempre o outro lado da moeda : Se tudo estivesse muitobem pintadinho, eu teria fotografado?

( Preciso que me mandes, novamente, o e-mail )


Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

ISABEL

Comodisse agora à MARIA MANUELA, se tudo estivesse pintadinho eu teria fotografado ?
A luz, como sempre, foi muito amiga !

Um beijo e obrigado.

Anónimo disse...

... quando a degradação é bela e tem alma ...
T

João Menéres disse...

> T <

Essa degradação material a que se reporta pode, sem dúvida, ser bela e ter alma como diz.
Mas se a degradação se verifica em termos emocionais, aí, lá se vai a beleza e a alma.

Por isso, sonhar é fundamental para evitar a perda da beleza e da própria alma.
Mas, não devemos sonhar demasiado alto, pois quase nunca veremos a sua realização.
E, à medida que o tempo passa, vamos sendo mais realistas e convivendo melhor com a nossa realidade.

Um pouco de Sol e a nossa pintura logo melhora. mas, convém dar uma demãp de protector !

Grande e amigo abraço.

Eduardo P.L disse...

Ótima foto, e ainda melhor o Título!!!!

João Menéres disse...

EDUARDO

Se gostou das duas coisas, é MUITO BOM !


Um abraço.

ana disse...

João,
Que bonito momento, que fotografia fantástica!
A degradação é a imperfeição do homem que não cuida do seu património.
Já coloquei a pintura da Myra!
Beijinhos. :)

:.tossan® disse...

Mas a bela foto deu uma ótima textura! Abraço

Isabel disse...

Fugiram os "reflexos".
Fiquei curiosa...

João Menéres disse...

ANA

Não vale a pena !
Levam outra.

Obrigado por tudo.
Vou já ver a obra da MYRA !

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

TOSSAN

Foi tudo. A textura, as cores, a luz, a arquitectura...

Um abraço grato.

João Menéres disse...

ANA

Mas vão voltar no sábado.
Por acaso, decidi mal...
Vê a Digit@L PIXEL...


Um beijo.

CONCEIÇÃO DUARTE disse...

João, adoro escadas e essa está especialmente linda!

Saudades megas de você... to por aqui, bjks CON

João Menéres disse...

CON

Tu adoras escadas.
Eu adoro TUDO !

LOL


Um enorme e amigo beijo.

Li Ferreira Nhan disse...

Todos já falaram acerca dessa bela pintura...
Passei pra deixar um beijo!

João Menéres disse...

LI

Estás de regresso a casa ?

Deixo-te um beijo como agradecimento.

Remus disse...

É uma degradação que seria muito simples de arranjar. Bastava uma lata de tinta...
Mas por outro lado, a degradação dá a ideia do passar do tempo e permite que seja mais facilmente admirado.

João Menéres disse...

REMUS


Eu gosto assim ( PARA FOTOGRAFAR ! ).

E uma lata de tinta não chegava !
É uma área considerável...

mfc disse...

A decadência também é atractiva...
Uma foto à Fellini!

João Menéres disse...

MFC

A decadência ser atractiva era apanágio do mestre Fellini.
Mas as películas em que tal se afirmava eram a B&W.

Um abraço grato.