.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Explicando

© João Menéres




Como tenho muitos AGRADECIMENTOS atrasados
e nesta quinta feira quase não
visitei ninguém, obriguei-me
a uma penitência :

NÃO POSTAR, PARA VER 
SE ACTUALIZO !


NOTA : Coloquei esta imagem  de Riga,
capital da Letónia, com um amontoado de
aloquetes, com que pretendo dizer
que estou preso de pés e mãos:


MUITO TRABALHO ...

36 comentários:

myra disse...

preso, ocupado tudo que quiser, mas esta foto é fantastica!!!!
beijosssssssssssssssssssss

Georgia disse...

Perfeito, Joao. Vc está preso de trabalho e eu atolada, rs.

Bom fim de semana

Abracos

Isabel disse...

A foto é muito interessante. Porque teria todos aqueles cadeados?

Então um bom dia de trabalho

Eduardo P.L disse...

O Grifo sempre cheio de charadas....
Desvende-as!!!!

FAIRES disse...

Amarrado, bem preso ao trabalho e à criatividade.
Tanta criatividade tem a imagem, como o dono desta colecção.
Quanto a trabalho, também eu tenho algum para dividir... se houver interessados, é só avisar.
Um grande abraço,

Margarida Belchior disse...

... uma foto fantástica, João!
Melhores dias virão, certamente!!

Beijinhos e bom fim-de-semana

Mena G disse...

Maravilha! Quase um varal de cadeados!

Selena Sartorelo disse...

Olá João.
As chaves? Onde elas estão?
Presas perdidas, atrelados entre os dedos das mãos? Cadeados de tempos diferentes, lustrosos, opacos ou enferrujados prendem a grade e o portão.Fazem da imagem livre a prisão. Um varal tortuoso entre os sins e os nãos. Simbólica libertação

Beijos amigo João.

Anónimo disse...

Os comentários acima estão fantásticos!
Assino embaixo de todos com muitos beijos querido João!
Li

Rute disse...

Esta fotografia é deveras interessante e suscita a curiosidade! Qual será o significado destes cadeados?!!!!

1 beijinho 1 bom fim-de-semana:)

Luísa disse...

Fechado a sete cadeados no dever de cumprir um acordo jamais apalavrado nem redigido!

comentários aos comentários é miminho de gentleman!

mfc disse...

Um olhar diferente... e que simboliza bem o seu estado... de espírito!
Um grande abraço, João!

A Luz a Sombra disse...

João:
Preso a "sete chaves"...!
O trabalho dá saude, segundo diz o ditado, portanto quando voltar ao Blogue... é só trabalhar.
Ahahah...!
Abraço
Maria

João Menéres disse...

MYRA

Quem lá passa, geralmente, fotografa a totalidae da ponte...

Um beijo.

João Menéres disse...

GEORGIA

Diz-me há diferença entre PRESO e ATOLADA ?
Apenas no género ( masculino/feminino )

LOL

Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

Os cadeados, presos uns aos outros, fazem prova pública que os noivos juram recíprocamente.

Existem em cidades de vários países. Na Croácia, por exemplo.

O dia não rendeu tanto eu precisava. Mesmo assim, consegui fazer uns riscos na lista...

Precisava que cada dia tivesse 72 horas !
Até envelhecia mais devagar...

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Eu cheio de charadas ?

Por favor, leia a resposta imediatamente acima...

São intenções. São tradições.

João Menéres disse...

FERNANDO

Se estiver à medida das minhas capacidades e se fôr JUSTAMENTE remunerado, arranjam-se umas horas todos os dias com a garantia de não fazer greve !
O trabalho nunca me atrapalhou. O tempo, esse sim ...

Agradeço a amizade das suas palavras.

Um abraço.

João Menéres disse...

MARGARIDA

Obrigado pelo elogio.

Se não fossem os amigos da blogosfera merecerem MUITA da minha atenção...
Não, não vou à Escócia...ficarei mais perto do Porto.

Um beijo.

João Menéres disse...

MENA

Sempre atenta aos pormenores das imagens !
Tens muita razão : Um varal de cadeados !

É como um varal de AMIGOS...

Um beijo.

João Menéres disse...

Querida SELENA

No caso concreto destes aloquetes, será melhor chamar-lhe uma SIMBÓLICA "PRISÃO" DE CORAÇÕES.

Vê o que expliquei à ISABEL...


Um beijo.

João Menéres disse...

LI,

Também um cadeado nos liga já !

Um beijo.

João Menéres disse...

RUTE

Pela hora, saberás como vai a minha vida...
E não consegui AINDA AGRADECER comentários cronologicamente anteriores.

Lê, por favor, a informação que presteià ISABEL.

Obrigado e um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

É do meu feitio e da educação recebida.
DE PEQUENINO É QUE SE TORCE O PEPINO.

Um beijo, qurida LUÍSA, minha AMIGA.

João Menéres disse...

MFC

O estado do espírito é MUITO BOM, na verdade.
O homem não devia ter inventado o RELÓGIO !
Só isso me bastava.

Um abraço.

João Menéres disse...

MARIA

Por ter que andar por vários sítios a tratar de assuntos tão diferentes uns dos outros, não significa que não trabalhe...
O Grifo gosta da Páscoa, pois significa
FÉRIAS DE QUASE TUDO !

A blogosfera incluída, pois as postagens conhecerão um descanso e as visitas a blogues serão muito raras. E, quando acontecerem, serão apenas à noite e não me ocuparão mais do que uma hora diária.


Um beijo amigo.

Mena G disse...

Boa ideia, essa de um Varal de amigos. Talvez pegue nisso... :)

João Menéres disse...

MENA

Não cobro royaties !

E sinto-me honrado se fores tu a pegar na idéia !
Gostava de ser um dos cinco primeiros !...

Um beijo.

São, porventura, horas de estares acordada ?

expressodalinha disse...

Nunca entendi esta coisa dos cadeados. É uma jura de amor eterno?

João Menéres disse...

JORGE

É.

E quantas se cumprem ?...

Luísa disse...

Orgulhosamente TUA AMIGA, sim!
Beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

Farei os possíveis para te não desgotar e a todas as pessoas VERDADEIRAMENTES minhas amigas !

A LUZ que agora me enviaste rompeu no cinzento desta tarde !

Tão bom receber esse teu SOL !!!..

Um beijo iluminado.

Isabel disse...

Obrigada pela explicação. Interessante.

Eu também gostava que o dia tivesse 72 horas, para dedicar às pessoas que gosto, aos livros e aos meus trabalhos artesanais, que não faço há anos.
24 é pouco!

João Menéres disse...

ISABEL

Nada tens a agradecer.
Quantas vezes não escrevo determinado pormenor com o intuito de motivar os visitantes !...

Que grande jeito faria o dia com 72 horas !

Para outras pessoas, devia ser um pesadelo : tanta hora sem nada que fazer, sem nada que as motive.
Como as crianças do meu tempo criavam e construiam os seus próprios brinquedos ( uma lata de conserva podia ser um barco de carga , com guindaste e tudo ), também os adultos terão que descobrir os meios para serem felizes nas horas em que estão acordadas.

Um beijo amigo e BOA PÁSCOA.

Isabel disse...

E não é preciso muito para ser feliz. É preciso saber agarrar tudo, todas as pequenas coisas.
Um beijo e boa Páscoa também para si

João Menéres disse...

ISABEL

Tantas vezes a Felicidade está ao nosso lado e não a sentimos, nem a queremos ver...

Com as pequenas coisas se fazem as grandes, como bem dizes.

Um beijo.