.

sábado, 5 de novembro de 2011

GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA, EM SALVADOR

© João Menéres




RECEBIDOS POR TODA A DIRECTORIA,
VISITÁMOS NO PASSADO 
DIA 9 DE SETEMBRO,
O GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA.
SITUADO NA BELÍSSIMA PRAÇA DA PIEDADE.


© João Menéres


 A QUEM SUBA O LANÇO DAS ESCADAS,
LOGO SE DEPARA UM VITRAL POLICROMADO
EVOCATIVO DA 1ª MISSA CELEBRADA NO BRASIL.
E DOIS A FRESCOS.
À ESQUERDA, O ADAMASTOR.
À DIREITA, LUÍS DE CAMÕES A SALVAR OS LUSÍADAS


Infelizmente não consegui obter
informação sólida sobre a autoria
destes belos trabalhos.


© João Menéres




A espectacular caixa de escadas.
Em cima, na parede do salão nobre
 está uma tela com o Padre Luís Cabral.
( Nascido na Foz do Douro em 1866 e
falecido no ano de 1939 na Bahia. 
Jorge Amado foi aluno predilecto do
 Pe. Luís Gonzaga Pereira Cabral, SJ,
 (intelectual, orador e epistólogo de vulto,
 que era Provincial da Companhia em 1910), na Bahia.

© João Menéres




Uma exposição de miniaturas à escala
de todo o género de barcos
aguardava a nossa visita.
Apenas cabia neste salão menos de 1/3 da vasta 
colecção do seu construtor e proprietário,
o português JOSÉ NEVES que a tal
se dedica há mais de 40 anos.


A Manuel Bernardino da Silva,
 Presidente do Gabinete Português de Leitura,
e naturalmente extensivo a toda a Direcção,
agradecemos a fidalguia com que
nos receberam e nos deram a 
conhecer as suas preocupações
quanto ao futuro desta significativa
instituição cultural.


NOTA :
O GPL edita com a regularidade possível a
  QVINTO IMPÉRIO
 Revista de Cultura e Literaturas de Língua Portuguesa.





40 comentários:

myra disse...

que lugar maravilhoso, e de tuas fotos voce està cansado de saber quanto eu gosto!
um grande beijo,

Sara disse...

É animador saber de lugares assim, onde a cultura portuguesa é respeitada e valorizada. Em alguns casos, isto poderia servir-nos de exemplo, uma vez que é no "berço" que tantas vezes se assiste a atitudes de negligência.
Um beijinho e bom fim de semana.

Luísa disse...

Gabinete Português de leitura!
Excelente!
Que elevado ambiente para se ler!
Quase convidativo a escrever em simultãneo...Excelente!
Tudo belo!
Beijinhos com ternura,
Luísa

expressodalinha disse...

Muito bonito todo o edifício.

Isabel disse...

Uma maravilha.

Mariza Delandrea disse...

Belíssimo João! Quando eu for a Salvador certamente irei conhecê-lo!!

Um grande beijo!

Mariza

byTONHO disse...



"Uma casa portuguesa com certeza!"

BE..SSIMO!

:o)

mfc disse...

Quanta beleza... e que beleza de fotos!

L.Reis disse...

Ora aqui está um lugar onde eu me poderia esquecer do tempo...

CONCEIÇÃO DUARTE disse...

Nossa! Quanta beleza, amigo João. Lindas as fotos e o lugar é impecável.

bjinhos

CON

ana disse...

João,
Deleitou-me.
A biblioteca é linda, primeiro pelos livros que guarda depois pelo espaço arquitectónico que a encerra.
Respirei este ar, embora nunca tenha lá ido. A Língua Portuguesa tem tanta história para contar.
Uma bela homenagem aos livros e à cultura e língua portuguesas. :)

ana disse...

A Revista homenageia o belíssimo sermão de Padre António Vieira.
Grata, pois não conhecia o espaço do GLP.

BRANCAMAR disse...

João,

Fiquei encantada com esta magnifica Instituição em Salvador, onde tenho amigos que nunca me falaram dela. As fotografias muito elucidativas deixaram-me espantada com a beleza do vitral, dos frescos e de tudo o mais. Imagino o que não será o prazer de ver tudo isso em presença real! Uma loucura mesmo! Obrigada pela partilha e obrigada pela visita e pelos votos deixados no meu sítio.

Muitas vezes penso deixar a blogosfera, mas é por momentos como este que repenso e não me vou embora.

Obrigada.

Beijos
Branca

Manuel de Novaes Cabral disse...

Que saudades deste - e de outros - dia! Mas devo dizer que as fotografias engrandecem o próprio GPL... O Doutor Ivan Barroso é o Director Cultural do GPL. Não retive o nome o Comandante, Artífice de todas essas fantásticas miniaturas de navios. Vou ver se descubro. Deste meu retorno não tive oportunidade de lá voltar. Mas almocei com um dos Directores que nos recebeu, Abel Travassos. Temos de por a conversa em dia. Um grande abraço

Rute disse...

Quanta beleza, quanta preocupação estética com um local para a leitura portuguesa. É uma enorme alegria verificar que ainda somos reconhecidos e acarinhados por ali. As fotografias estão muito bonitas! Parabéns, JOÃO!

1 beijinho:)

AVOGI disse...

Que riqueza... de ambiente e de fotos
kis :=)

Georgia disse...

Que lugar lindo, Joao e pensar que os portugueses atravessaram o mar e nos deixaram suas herancas.

Abracos

Li Ferreira Nhan disse...

Encantada com o piso da primeira foto!
Um beijo João

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso local, muito bem retratado!

João Menéres disse...

MYRA

O edifício é uma maravilha, sim !
As imagens que fiz, apesar de tudo, não ficaram más.

Um beijo.

João Menéres disse...

SARA

A actual Direcção sente algumas dificuldades no recrutamento de novos membros entre as novas camadas de emigrantes que vão chegando à Bahia.
E aí reside o perigo de tudo se perder.
O actual Presidente é um açoriano de gema e muito empenhado.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Como sentiste bem o ambiente tão convidativo à escrita, seja prosa ou poesia !...
E com o jardim fronteiro então...

Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE

Um neo-manuelino que exige constante conservação.

João Menéres disse...

ISABEL

E estar lá, é outra coisa !


Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

E estar lá, é outra coisa !


Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

E estar lá, é outra coisa !


Um beijo.

João Menéres disse...

MARIZA

Reserva ao menos 4 dias para Salvador, está bem ?
E não te esqueças de visitar também o Museu da Misericórdia da Bahia ( onde fiz a minha Exposição ).

Tens 3 ou 4 igrejas imperdíveis !

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

TONHO

Como disse ao JORGE, é estilo neo-manuelino.

BEL í SS IMO, pois.

Um abraço.

João Menéres disse...

MFC

Obrigado pela parte que me toca !

Um abraço.

João Menéres disse...

L. REIS

E se, nos intervalos, te passeasses no frondoso
Jardim da Piedade não pararias de encontrar motivos para a tua criatividade fotográfica.
Eu não entrei lá...Só o vi do lado de fora.
Tem um gradeamento lindíssimo a toda a volta.

Um beijo sem olhar para as horas.

João Menéres disse...

CON

Estou totalmente de acordo contigo :
O lugar é uma coisa muito especial !



Um beijo.

João Menéres disse...

ANA

E além de tudo que contei e do que tu abordas, e muito bem, noutra sala, contígua à das miniaturas dos barcos, estava também uma muito bem apresentada e montada através de paineis a história do achamento pelos portugueses de então do Brasil.

Um beijo ( estou com a leitura da C.L. atrasada... )

João Menéres disse...

BRANCA

Ainda bem que postagens como esta têm alguma virtude !

Largar a blogosfera ?
- Nem pensar !
Abrandar o ritmo está bem.

Um beijo e eu é que agradeço.

João Menéres disse...

ANA

Desculpa não ter referido a tua alusão ao
Padre António Vieira. Muito atenta e pertinente.
Assim, é um prazer fazer postagens !

+ 1 beijo.

João Menéres disse...

MANUEL CABRAL

No próprio texto da postagem, já corrigi o nome do miniaturista. Depois de muita busca que me levou bastante tempo, cheguei lá. Se quiser fazer o favor de verificar...
Abel Travassos ?
Tenho idéia do nome, nada mais, infelizmente...
Mas, também nada sei da sua palestra !

Um forte e sempre amigo abraço.

João Menéres disse...

RUTE

É preciso teres em atenção que a Direcção do GPL é constituída por portugueses emigrados há anos e que felizmente estão bem na vida.

Fiquei com a sensação que não têm um elemento muito ligado à Cultura. Percebes ?

Um beijo.

João Menéres disse...

GISELDA

E de património !!!


Um beijo.

João Menéres disse...

GEORGIA

Gostei tanto do teu comentário cheio de ternura, querida amiga !

Um beijo.

João Menéres disse...

LI

É um tapete a cobrir toda a área da Biblioteca.
E tens razão, o desenho é muito bonito.
Não me ocorreu perguntar a origem...

Um beijo.

João Menéres disse...

RUI PIRES

Obrigado por dizer que gostou das imagens.
Sabe que é bem diferente de um trabalho profissional que se faz depois de estar tudo estudado e preparado...

Aqui foi ir andando e captar isto ou aquilo...


Um abraço.