.

terça-feira, 29 de março de 2011

DA PONTE DE TRAJANO

© João Menéres


QUANDO PODEMOS
ENCONTRAR CÔR...


20 comentários:

Carlos Henriques disse...

Excelente momento!

Não sei é se eles gostariam de um barquinho a remos naquela água excelente!

Um abraço,

Carlos

Eduardo P.L disse...

Acho graça na falta de imaginação nossa, brasileiros! Copiamos TODOS os nomes de Portugal! Trajano!

intimidades disse...

adorei a foto

deu-me vontade de ir a pesca hehe

Bjinhos
Paula

myra disse...

nao gosto de pescar, pouca paciencia, mas amei a foto, como sempre, meu querido Joao, beijosssssss

Mena G disse...

Muita cor e muita vida. Muito alegre!

Fernando Reis disse...

João, grande surpresa!

(Carlos Henriques: até que já houve barqueiro e barcos de passagem entre as margens do Tâmega e, pelo menos no Verão dava algum jeito umas passeatas de barquinho a remos ... abraço.)

De facto é esta a imagem normal aos fins-de-semana na margem esquerda do Tâmega na Madalena, onde fica a 'pista de pesca' muito concorrida (antes era ali o Parque de Campismo de Chaves) - entre a Ponte de Trajano (do alto dos seus 1900 e alguns anitos) e a Nova Ponte (Não confundir com a Ponte Nova que leva ao Hotel Trajano e ás Caldas...) que liga a Madalena, a Veiga e o Rajado à 'cidade'...

... aproveitou para ir ao Faustino trincar umas fatias de presunto? ou umas lascas de enchido? ... deu para um passeio pelo novo 'parque urbano'?

Abraço.

byTONHO disse...



Huuum!
Adoro PEIXE!

Vou alí no MERCADO pescar um...

Até!

:)

A Luz A Sombra disse...

Meu Deus...! Se algum fala assusta o peixe...!

Que bela fotografia!
E pescaram mesmo "de verdade" ou foi só "cenário"?

Deixei-lhe o mistério "do primeiro plano" deslindado junto ao seu comentário.
Obrigada as suas palavras.
A Luz A Sombra

Rute disse...

Que serenidade me veio parar ao peito, saida desta fotografia...Muito bonita!

1 beijinho:)

João Menéres disse...

CARLOS

Estes gostam mais de estar sentadinhos em terra...

João Menéres disse...

EDUARDO

Como sabe, os romanos andaram por esta penísula.
E no tempo do Imperador Marco Trajano construiram esta ponte.
Que sem cálculos de betão armardo ( não havia na época ! ) está ali para durar.
A não ser que a tenhamos de a vender por uns quantos euros...

João Menéres disse...

PAULA

Pelo que tenho visto, motivo-te muito !

Ainda bem...

Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

És de uma simpatia e de uma generosidade a toda a prova !

Um beijo, minha grande amiga.

João Menéres disse...

MENA

Foi o que eu achei...

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

FERNANDO

Foi uma "excursão familiar "...
Estava frio e duas netas pequenas não permitem muitas divagações.
Fomos almoçar já tarde e calhou ser n' A TALHA.
Fomos bem servidos.
Ficámos naquela mesa que está acima do pavimento. As miúdas acharam imensa graça.

Um abraço.

João Menéres disse...

TONHO

Podes juntar-te com a PAULA !

Um abraço.

João Menéres disse...

MARIA

São Concursos de Pesca.

É mesmo a sério !
E equipamento não falta...


Um beijo.

João Menéres disse...

RUTE

O GRIFO gosta de transmitir SERENIDADE.
Mas nem sempre é possível...

Um beijo.

Mar de Bem disse...

Que delícia de foto! Que sossego pairando nesta multidão colorida, pousada e pausada, pescando... Há um certo trinado no brilho da água...
Repito, que delícia de foto. Apetece estar ali!

João Menéres disse...

MARGARIDA

Que bem descreves o ambiente !
É isso mesmo : POUSADA E PAUSADA.
Também concordo com o TRINADO !

Um beijo.