.

domingo, 24 de outubro de 2010

REQUERIMENTO

O que aqui se relata é  verdadeiro e pode ser confirmado nos  serviços  respectivos


O  Registo Civil de Beja recebeu o seguinte requerimento:

                   



   
 Beja, 5 de  Fevereiro  2006.
  
          Eu, Maria José Pau, gostaria de saber  da possibilidade de se abolir o sobrenome Pau do meu nome, já que a presença do Pau me  tem deixado embaraçada em  várias situações. Desde já agradeço a  atenção  concedida.
 Peço  deferimento,
  
 Maria  José do Pau.
  
  
 Em resposta,  recebeu a seguinte mensagem:
  
 Cara Senhora Maria  do  Pau:
  
         Sobre a sua solicitação da  remoção do Pau, gostaríamos de  lhe dizer que a nova legislação  permite a remoção do Pau, mas o processo é complicado e moroso.
         Se o Pau tiver sido  adquirido após o casamento, a remoção é mais fácil, pois, afinal de  contas, ninguém é obrigado a  usar o Pau do cônjuge se não  quiser. 
         Se o Pau for do seu pai,  torna-se mais difícil, pois o  Pau a que nos referimos é de família e tem sido utilizado há  várias  gerações.
         Se a senhora tiver irmãos  ou irmãs, a remoção do Pau  torná-la-ia diferente do resto da  família.
         Cortar o Pau do seu pai  pode ser algo muito desagradável para  ele. 
         Outro senão está no facto  do seu nome conter apenas nomes próprios, e poderá  ficar esquisito, caso não haja nada para colocar no lugar  do Pau.        
Isto sem mencionar que as  pessoas estranharão muito ao  saber que a senhora não possui  mais o Pau do seu marido.         
Uma opção viável seria a  troca da ordem dos nomes.          
Se a senhora colocar o Pau na frente da Maria e  atrás do José, o Pau pode ser escondido, pois  poderia assinar o seu nome como 'Maria P.  José'.        
A nossa opinião é a de que  o preconceito contra este nome já  acabou há muito tempo e visto que a senhora já usou o Pau  do seu marido por tanto tempo,  não custa nada usá-lo um pouco  mais.         
Eu mesmo possuo Pau, sempre  o usei e muito poucas vezes o Pau  me causou embaraços.


Atenciosamente,   Bernardo Romeu Pau Grosso  
Registo Civil de  Beja   







28 comentários:

tonhOliveira disse...



A vantagem é que quando "enviuvar"
fica com o PAU do marido...
...

Feliz é a Paula... PAU LÁ... sempre!

Abraços!

:) :) :)

myra disse...

que historia:))) me fez rir!!!! e o Tonho tbem !!!
beijossssssssssss

João Menéres disse...

É para desanuviar das agruras que a vida nos traz de bandeja...

momentos disse...

Muito bom...surpreendeu-me João com tão boa disposição...realmente...precisamos disto para levar a vida...a rir!
Por nós tem passado vários nomes engraçados, aquando da apresentação do plantel docente...e também serve sempre de motivo para rir...
Até com o nome é preciso ter sorte!...
Beijo João

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Menéresamigo

Há muitos mais Joãos na terra. Este a quem a Luísa envia os parabéns tem de ser um sortudo!...

Chego aqui por intermédio dessa nossa Amiga e estou muito satisfeito por te ter encontrado. O teu blogue é muito interessante, e bem escrito. O que, para mim, que sempre ganhei a vida a produzir prosa tão honesta quanto possível, é motivo acrescido de satisfação.

Quanto ao Pau, há sempre a estória do homem feito de pau não ter nada a ver com o homem de pau feito. Mas a resposta do Pau de Beja é excelente...

Espero que me retribuas a visita e deixes comentários na Minha Travessa. Obrigado

Abs

NB – Peço-te desculpa, mas tenho de referir que este é um texto base, ainda que com algumas apreciações individuais e específicas. Infelizmente não sou dono do tempo, e a sê-lo seria uma chatice… Para que não haja dúvidas. Mas, é sincero.

Rute disse...

Já me fartei de rir :)). Com a história em si e com os comentários que a propósito aqui foram deixados... . E não é que estava mesmo a precisar de dar umas boas gargalhadas?!

1 beijo

Luísa disse...

E a rir vamos assistindo às anedotas de um país pequenino à beira mar plantado!
É sempre agradável passar por cá para o chá das 5!
Beijinho terno, estimadíssimo SENHOR!

intimidades disse...

Ja tenho tide problemas semelhantes.

Agora numa nota mais seria... A Pessoa que escreveu a resposta ao requerimento deve ter-se divertido imensamente hehehe

Beijos
Paula

Rodrigo Rocha disse...

João passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom

samnio disse...

Caro João:
As pequenas, grandes histórias que fazem deste Alentejo (que bem conhece), um espaço de Portugal, sempre, sui generis.
Um Abraço.
Samuel

angela disse...

Uma senhora carregar um Pau assim não é tarefa das mais fáceis, esteja ele na frente atrás ou no meio e esse senhor do Registro Cívil acha simples, mas duvido que teria a mesma desenvoltura se por acaso o complemento de seu Pau fosse Fino ou Pequeno em vez de Grosso.
Beijos

Mena G disse...

Cá está porque nunca quis mudar de nome!
Os maridos que ficassem com os deles e eu com o meu!
:)
Mena G! G de Gonçalves, pois claro!
Uma lufada de ar fresco, esta história...
Bjs.

Rosangela Neri disse...

kkkkkkkkk
Eita meu amigo... esse negócio de nome é um perigo mesmo.

Beijinhos carinhosos da Rô

FAIRES disse...

Caro, e porque é que cada um não fica com o seu Pau de modo a acabarem estas confusões. Esta faz-me lembrar a anedota do outro que também queria mudar o nome de João para António... apenas queria manter o apelido Mer....
Gostei imenso e ri-me com a história.
Um abraço,

Georgia disse...

Joao, já conhecia a estória mas foi bom lê-la novamente, rs.

Boa semana

João Menéres disse...

ELSA

Por natureza sou um bem disposto !

E a esta achei realmente muita graça.

Até AMANHÃ !!!

Um beijo.

João

João Menéres disse...

ANTUNES FERREIRA

Como chegou aqui por intermédio da LUÍSA?

Já não se lembra que há muito se inscreveu nos meus SEGUIDORES?

Eu também não tenho tempo de VISITAR E COMENTAR quantos blogues desejaria...mas RESPONDO A TODOS QUE AQUI COMENTAM.

Cumprimentos.

João Menéres disse...

RUTE

Como é bom saber que alguém já se riu a propósito desta história !

Um beijo pela tua sempre amiga presença.

João Menéres disse...

LUÍSA

Aqui, o CHÁ serve-se à hora que as VISITAS chegam.
Está sempre quentinho !
Queres umas torradinhas?
Preferes fogaça com manteiga?
Ou umas bolachinhas a teu gosto?
É só dizeres...

Um beijo, SENHORA.

João Menéres disse...

PAULA

Essa tua acerca do BERNARDO foi bem encontrada !

Um beijo.

João Menéres disse...

RODRIGO ROCHA

Tentei encontrar o seu PERFIL, mas não encontrei...
Tão pouco sei de onde é !

Mas, claro, agradeço as suas palavras tão elogiosas, bem como os votos que aqui deixou.

Procuro variar para tentar agradar a mais pessoas.

Um abraço (e volte sempre ! )

João Menéres disse...

SAMUEL

PRAZER TÊ-LO AQUI HOJE !
PENA NÃO PODER VIR MAIS VEZES...

UM GRANDE ABRAÇO.

João Menéres disse...

ANGELA

Imperdíveis os teus comentários !
Sérios ou humorísticos, trazem sempre a tua querida MARCA:

Um beijo.

João Menéres disse...

MENA

Andamos bem necessitados desse ar fresco, como dizes.

Não sabia que o G era TEU !

Um beijo.

João Menéres disse...



É um gosto receber-te AQUI !

Aparece sempre que queiras ou possas...

Um beijo.

João Menéres disse...

FERNANDO

Eu também conhecia essa do >MERDA< !...

Cada um com o PAU que lhe tenha calhado !

Um abraço.

João Menéres disse...

GERGIA

E aquela que o FERNANDO refere, conheces ?

Um beijo.

Anónimo disse...

[url=http://kaufencialisgenerikade.com/]preise cialis[/url] cialis 20mg
[url=http://acquistocialisgenericoit.com/]acquisto cialis[/url] tadalafil comprare
[url=http://comprarcialisgenericoes.com/]cialis precio[/url] comprar cialis contrareembolso
[url=http://achatcialisgeneriquefr.com/]generique cialis[/url] vente cialis france