.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

PODIAM SER PENAS...

© João Menéres



É UM SINO QUE TIMBRA
AS CARTAS QUE TE ESCREVO PELO AR.
DIZ MUITAS COISAS : ATÉ COMO É SERENO
ENQUANTO ASSIM SE VIBRA.
E É PAR
DO CAMINHO QUE TECE, E SEU LUGAR.

( Pedro Tamen, in II e III Livros de LAPINOVA)

18 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

olá amigo, bela fotografia...Espectacular....
Um abraço

Eduardo P.L disse...

A coisa, a sombra e o reflexo! Vermelho e nada azul...

myra disse...

meu super querido amigo, esplendido, fantastico, fabuloso ARTISTA!!!!!!!!!!!!!!!!que mais posso dizer!!!!!!!!!!!!!!!!!
un super enorme beijo por esta imagem!!!

Quase Blog da Li disse...

! !
essas paralelas estão demais João!
beijo

Fernando Reis disse...

Penas ou Pernas, tanto faz ... são de certeza rasgos que se guardam - chamamos-lhes memória. Esta é daquelas que dá que pensar ...

Abraço.

José Jaime disse...

Linda composição. Parece também dois relógios marcando horas de dois locais com fuzo horário diferentes, talvez do local das cartas que mencionas. Detalhe, até ponteiro de segundos possui. Coisas de MESTRE JOÃO.
Abraços DIMINAS.
José Jaime

Chica disse...

Linda foto,João! um abração,tudo de bom,chica

João Menéres disse...

CHANA

Fico muito grato pelas suas palavras.
É sempre bem vindo aqui no GRIFO PLANANTE.

Um abraço.

João Menéres disse...

EDUARDO

Eu não sou de desistir dos AZUIS!
Mas o meu blog intitula-se GRIFO PLANANTE...logo vê de tudo e come de várias coisas!
RsRsRs...

O segredo está na COISA... POIS!

Mas não observou com atenção!
O AZUL existe à borda da água!!!

Um abraço.

João Menéres disse...

MYRA

Tu me confundes com o teu entusiástico elogio!

São apenas observações aquilo que registo!
Não construo, nem manipulo...
Não sou um criador, querida Amiga.

Um enorme beijo.

João Menéres disse...

LI

Estão demais?
E olha que se me escapou uma à última hora!

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

FERNANDO

Vinha pelo paredão e logo a vista lá as enxergou...

Um abraço amigo e agradecido, pois muito prezo a sua opinião.

João Menéres disse...

JOSÉ JAIME

Dadoo adiantado da "hora" e o seu comentário, vou esticar-me um pouco mais para além do que atrás deixei dito (pouco, claro...):
Como o EDUARDO referiu, a COISA, a sua SOMBRA e as suas REFLEXÕES foram o MOTIVO da minha perdição.
Só fiz este click!
Antes de chegar ao local, estavam 4 COISAS.
Uma, o mar, embora meigo, embrulhou-se com ela e logo ma tirou da vista!
Ainda tentei proceder ao seu salvamento, mas de facto, foi engolida.
Tive que me contentar com as sobejantes três.
Depois, recolhi-as e fui espetá-las em areia firme.
Ainda perguntei a um instrutor da Escola de Surf se sabia a quem pertenciam.
Ficou a olhar para mim com um olhar pateta de todo, até que me disse :
Não sei, não...
Como não ia ficar ali o dia todo, depois de as ter espetado em local onde a maré não as alcançasse, abandonei-as à sua melhor sorte.
E penso que continuaram a dar horas por mais algum tempo a gosto de cada cabeça...

(O que significa DIMINAS ?).

Um abraço.

João Menéres disse...

CHICA

Um beijo pela tua visita e pelo comentário.

Usha Velasco disse...

Também podiam ser pernas, rssss...
Bjs, João!

João Menéres disse...

USHA

Pernas de primas de flamingos?

Um beijo.

Jorge Monteiro disse...

Fantástica... parece a foto da minha pá.
Grande abraço.

João Menéres disse...

JORGE

Obrigado!
Agora vou ver a sua pá!

Um abraço.