.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

GAIVOTAS

Photobucket

© João Menéres


Todas viradas ao vento, vivem em colónias, tão perto e tão longe umas das outras...



(Excerto da Poesia "Gaivotas", de Margarida Faísca)


22 comentários:

Eduardo P.L disse...

Comendo e evacuando o tempo todo! É dos pássaros, os que mais rapidamente digerem os alimentos!

myra disse...

bom dia meu querido Joao, e como sempre foto linda!!! e un imenso beijo, hoje sem vento...

João Menéres disse...

EDUARDO

É pura verdade!
Até parece que evacuam bem mais do que ingerem !

João Menéres disse...

MYRA

Por certo, não deixaste de ver aquela patinha QUASE a pousar...
Infelizmente, o tempo estava nublado.
Não se pode querer tudo, não é?

Ainda bem que o teu insuportável vento parou!

Um beijo de muito apreço.

Patricia s2 disse...

Tenho uma certa apreciação por gaivotas, talvez pela beleza no vôo ou por andarem sempre em bando.Elas parecem nunca se preocuparem em se atrapalhar,cruzam o céu precisamente sem cair com um único objetivo em seu alimento e por fim fazem um espetáculo sem repetições de movimentos.

Patricia s2 disse...

AH!!!!
O principal amei a foto...
XD
Bejuxus

Dona Sra. Urtigão disse...

Mais uma para eu ficar admirando...
Agradecida. E o nublado deu um fundo especial e um efeito quase PxB...linda.

João Menéres disse...

DONA

Tudo muito bem analisado e comentado.
Fico muito contente quando as pessoas OLHAM !

Um beijo grato.

angela disse...

Estão tão lindas! Cada uma em um movimento e o verso que escolheu é quase um haikai.
beijos

João Menéres disse...

ANGELA

Bem visto essa do haikai !

A que está imóvel não permitiu fazer o que eu queria...
Então, talvez pudesse ter escolhido um haikai mesmo.

Obrigado por seres uma FIEL SEGUIDORA !

Beijos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela fotografia de lindas Gaivotas...Espectacular....
Um abraço

João Menéres disse...

CHANA

Muito agradeço a apreciação.

Um bom abraço.

Luísa disse...

Vejo-lhes as marcas na areia,
de quem visitou a praia e deixou registo de vistoria!
Estas aves brancas, de porte simpático,
grasnam imponentes como quem manda no imenso areal!
Depois de povoada a praia, vão embora,
preparando um novo regresso!
Eis o tempo em que visitam a rocha!A pintam de branco sem pena, com as penas a esvoaçar!




Beijinho terno, SENHOR, com cheirinho a praia...

Helena Oneto disse...

Grande João !!!
Quem me dera la estar de asas ao vento...
24h de tormento! O vento baixou, a maré acalmou, os peixes nadam de novo na maré alta!
Beijos

João Menéres disse...

LUÍSA

Um poema que deixa patente a tua sensibilidade, rematado brilhantemente com


>Eis o tempo em que visitam a rocha!A pintam de branco sem pena, com as penas a esvoaçar! <

Na Praia da Rocha, é o inverso deste local:
Quando os veraneantes abandonam o areal e as espreguiçadeiras ao fim do dia, chegam elas em revoadas. Não para apanhar sol (que já se foi) mas para namorarem, tendo como pau de cabeleira a romântica Lua.

Um beijo, querida Amiga.

João Menéres disse...

HELENA
Não sou assim tão grande...
Só tenho 170cm.
RsRsRs...
É o maravilhoso ciclo da vida.

Agradeço a tua visita, sempre muito estimada.

Um beijo.

Anónimo disse...

SENHOR,
somos da mesma altura quando nos comparamos em centimetros!
...mas da que se mede por aquilo que se vê, és muito maior do que eu!
Beijinho terno

LuísaVilaça

João Menéres disse...

LUÍSA

Como gostas de te equivocar !

Sou um anão, SENHORA. Apenas um anão...
E o teu CORAÇÃO, SENHORA só muy nobres sentimentos possui, enquanto o meu, muy defeitos reflecte.

Um beijo (e o calor está a chegar já...)

Martim Roquette Durão disse...

Uma excelente fotografia. Passa-me a ideia de que estão incertas e inseguras... Será que irão voltar as pescas como outrora ou atacarão os lixos das cidades?

João Menéres disse...

MARTIM

Com o processo selvático com que o homem trata o Ambiente , e no caso, os Oceanos e a Fauna Marítima, as simpáticas gaivotas (às vezes, tão antipáticas quando descarregam ou nos atacam por trás - eu já fui vítima em qq destas situações! ) são obrigadas a vir à cidade procurar o seu alimento.
Qualquer dia estão recenceadas e dispõem doseu CARTÂO DE ELEITOR...
Quem sabe não votariam melhor que a grande maioria dos humanos seres...

um abraço.

Helena Oneto disse...

Querido João, O "grande" é em sentido figurado! Nunca me passou pela cabeça medir um homem aos palmos:)!!!
A minha ultima frase do comentario, também é em sentido figurado...
Beijinhos e boas férias!
Bem haja

João Menéres disse...

HELENA

Já me perdi !
Não sei onde fui buscar o >grande<...
Deculpa, despistei-me!

UM GRANDE BEIJO.