.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

ALENTEJO

Photobucket

© João Menéres

"Alentejo, enches-me a alma de azul!"

da FÊ-BLUE BIRD.

Foi este o texto que escolhi.
Aos participantes só tenho a agradecer.
Pena não terem sido mais...

À autora endereço os meus parabéns.

18 comentários:

Fernando Reis disse...

Esta é difícil e faz jus ao dito "uma imagem que vale mil palavras". Está lá tudo: o Céu e a Terra, o pó e o vento, a Natureza e a marca do Homem, o quente do amarelo e o frio do azul, a calma da horizontalidade da paisagem com a "tempestade" da deformação das nuvens e, claro, as plantas que, na espécie, na forma, na quantidade e na proporção, estão completamente certas.

Abraço.

myra disse...

meu admiravel artistafotografo! que mais posso te dizer?!!!!! beijos e como sempre um enorme aplauso, esta foto me faz sonhar...

Fê-blue bird disse...

"Alentejo, enches-me a alma de azul!"
Um beijinho

Céu Vieira disse...

Aaaahhh...... já cá cheguei João!!!! Até que enfim!!!!
Não podia deixar de comentar esta bonita foto do Alentejo! É como diz o Fernando Reis, é "uma imagem que vale por mil palavras"
Parabéns
Um beijoco

Lina Faria disse...

Se do bosque só sobraram esse par de árvores, devemos vê-las com dois pontos que apresentam o céu, esse infinito.

Assim que vejo, amigo João.

bom dia!

19 de Maio de 2010 15:57

Hellag disse...

lá voluntariosa sou!!! mas atrevida não!!!ehehe
mas como me arriscaria a tanto??? a minha cabeça em turbilhão "aprisiona" os pensamentos e não os deixa passar à escrita...
<:)=

Zaclis Veiga disse...

Lindo esse teu alentejo pincelado por Deus.

lis disse...

Menéres
Dizem que há no Alentejo mais poesia
do que num livro de versos.
Pela paisagem está confirmado.
Sempre lindo na relva cor de palha ou na cor do meu Brasil.
abraços


obrigada pelo estímulo no comentário do bloggincana. Valeu!

tonhOliveira disse...



Solidão!

Sobrou Adão e Eva...

Vai começar tudo de novo, ao natural!

Abraços!

Boieiro disse...

Dius mos dé buonas nuites

Grande la Praineira que l cielo abrasa na modorra que ende ben. Rejísten ls teimosos a la selombra dun filo de nubre.

Abraço
A.M.

Fê-blue bird disse...

Amigo João:
Espero ainda estar a tempo de lhe agradecer o facto de ter escolhido a minha frase, inspirada na bonita fotografia sobre o Alentejo, que amo.
Ontem não estive por aqui e agora vejo que o meu amigo precisa de "umas férias", como o compreendo, há dias aqui, que eu entro em pânico por não poder corresponder a tudo o que quero fazer.
Desejo-lhe um merecido descanso, espero que volte renovado e com mais fotografias para eu comentar ;-)
Um beijinho grande

João Menéres disse...



Claro que vens sempre a tempo !
Muito agradeço a gentileza das palavras.

Um beijo e ...inté...

Anónimo disse...

Ainda tenho a alma aberta em plena contemplação a esta foto de sonho ... belisco-me e volto a olhar ... que foto ...
Parabéns
T

João Menéres disse...

> T <

Até fico atrapalhado... Verdadeiramente atrapalhado !!!

Tive muita dificuldade em a realizar com o mínimo de qualidade, apenas por preguiça de pegar no tripé...
Estava em viagem (embora com acesso fácil ao dito, como sempre, aliás).
Eu SABIA que a imagem podia resultar.
Por isso, devia tê-la feito em RAW + jpeg e com o tripé, obviamente.
Mas, estava tanto calor!...

Obrigado, amigo, pelas suas tão efusivas palavras.
Até breve, pois estou em "retiro", dado o muito que tenho para ultimar e, todos os dias surgirem novos pequenos obstáculos que me roubam horas. Estou sempre em contra-relógio!!!

Um grande abraço muito sensibilizado.

sonia a. mascaro disse...

Muito bonita essa foto!
Abraços.

João Menéres disse...

SONIA

Que agradável visita !

Muito obrigado pelas palavras.
Começo a convencer-me que a imagem vale mais do que eu pensava...

Um beijo.

Gisela Rosa disse...

Lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

A Luz a Sombra disse...

Tenho saudades das searas de antigamente, pareciam o mar dourado.
Belas fotografias!
Abraço