.

terça-feira, 16 de março de 2010

OUTONO

Photobucket
© João Menéres

O U T O N O

A minha querida amiga Selena Sartorelo
pediu-me um bocadinho de Outono.
Aqui está, um vinhedo da Região da Bairrada
(que se situa na Beira Litoral) e, para o enriquecer,
aqui fica também uma bela poesia de Pablo Neruda,
o cantor por excelência do Amor.

Espero que fiques saciada, SELENA.


Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.


41 comentários:

REGINA GOULART SANTOS disse...

João, que satisfação poder estar de volta.
Bela fotografia e sublime poema, como sempre.
Falar de amor é o néctar de todo poeta.
E esta me tocou de modo muito especial.

Uma ótima semana abençoada, repleta de amor e paz.

Muitos beijos

Fê-blue bird disse...

Adoro o Outono (até tenho um blogue a ele dedicado :-)

Neruda-incomparável!
Outono-Maravilhoso!
Fotografia-Soberba!

Beijinhos

Sandra Rocha disse...

antigamente não gostava desta estação, hoje que gosto de fotografar é uma das estações que mais gozo me dá fotografar e aqui está a explicação nesta foto a miscelânea de cores :)
beijinhos

aveloh disse...

Muito lindas suas fotos, Sr. João Menéres. Dão vontade de ir a Portugal ver de perto.

Elaine Barnes disse...

Foto linda, homenagem maravilhosa e que coisa boa presentear uma amiga com Neruda. Bela escolha!Música deliciosa Amei! Montão de bjs e abraços

Georgia disse...

Linda imagem Joao, mas eu tô querendo primavera, rs.

Boa semana e obrigada por passar na Saia

Sandra disse...

Vim matar minha saudade, deste lindo e querido Amigo, chamado João.
Na manhãs de outono tudo fica mais belo e encantador. a brisa mansa e gostosa.
Embora a Primavera tem os seus encantos e perfume.
O outono tem a estação agradável e as folhas caindo. Junto ao amaralo do sol...
Estamos quase chegando,dia 20.03 inicia o Outono para nós...Uma estação agradavel e gostosa. Tudo fica lindo nas doces manhãs frescas...
Um grande abraço e um belo texto, amigo.
Carinhosamente,
Sandra

Sandra disse...

Pablo Neruda, é fantástico.
O poema combinou com tudo.
Carinhosamente,
Sandra

myra disse...

acho que Selena vai adorar! eu adoro como sempre, e o Pablo Neruda, era um grande homem e poeta ainda maior!!!
beijosssssssssssssss

Menina do mar disse...

A Selena anseia o Outono e nós por cá a desejar a força da primavera!
Linda imagem!
Como sempre :)
Bjos

Lara Amaral disse...

Passando para ver vc e seus olhares que me cativam.

=)

Beijo.

tonhOliveira disse...



Como OUTONhO?

Ahahah!

Grande João!

Abraços!

Luísa disse...

A chegada do Outono para a Selena significa a visita da Primavera, cá para os nossos montes e vales!
O sol que se adivinha, vem trazer o elixir para o crescimento sádio destas videiras que produzirão um doce e maravilhoso vinho, típico da zona da bairrada!
Selena, aconselho um bom leitão assado à moda da bairrada e a acompanhar, como não poderia deixar de ser, um bom vinho dessa zona, que o João saberá escolher, melhor que ninguém!
SENHOR, que gentil gesto com a SELENA!
Beijinhos aos dois

Selena Sartorelo disse...

Olá meu querido amigo,

Perdoe-me mas tive um dia enlouquecedor e não consegui tempo ainda para apreciar e nem agradecer essa linda homenagem que me fez.
Voltarei aqui..assim que chegar em casa e aí certamente já se fará madrugada.

Obrigada meu amigo, deu-me o melhor momento do meu dia..

beijossssssssssssssss

Lília disse...

Bem, o Grifo está cada vez mais sofisticado... Bairrada e Neruda... e esta, hem?
Beijinhos

angela disse...

Bonito poema do Neruda e bela foto
beijos

momentos disse...

Lindo! Belo poema, é realmente o maior louvor que se pode fazer ao amor!
Abrir mão da Primavera em troca de um olhar!
O olhar que diz tanto de nós...
Amor na verdadeira ascenção da palavra, amar a vida, e tudo o que ela tem para nos dar, os amigos, e tirar partido desta caminhada!
Ao João um beijo de admiração!
Selena um beijinho também, só uma pessoa muito especial, é merecedora de tamanha homenagem!

lis disse...

Céu lindo, vinhedo bem cuidado , só nao posso abrir mao da primavera e nem dos olhos teus rsrs
Pablo Neruda poeta latino americano sim e de sangue quente rsrs gosto dos seus escritos
abraços

Anónimo disse...

Olhei durante algum tempo ... e eis que me disseram " Que sucedeu , estás parado ?!" , de facto gostaria de ter ficado fixo a este Outono ... sereno ... deslumbrante ... com laivos de ternura ...
T

Ana Paula disse...

Esta poesia de Pablo Neruda que já conhecia, é uma verdadeira delícia e a "fantabulástica" imagem da Bairrada é divinal com um céu maravilhoso a contrastar com as vinhas a cobrir essas terras da região centro do meu Distrito de Aveiro e que confina com o de Coimbra.
ADOREI!!!
Jinhosssss

expressodalinha disse...

Bem bonito, foto e poesia. E a Selena bem que merece a homenagem.

João Menéres disse...

REGINA

Penso que a poesia do Neruda vai bem aqui.

Obrigado pelo teu comentário com tanto significado.

Um beijo.

João Menéres disse...



Obrigado por tão generoso comentário.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA ROCHA

Como sabes, quando o Outono é OUTONO mesmo, é uma maravilha.
E, então, aqui no Norte, ultrapassa tudo!
Bom, nunca fui ao Japão e agora já não irei.
Por duas ou três vezes, tive essa viagem planeada.
Estive perto, mas não fui...

Um beijo.

João Menéres disse...

AVELOH

Agradeço este seu primeiro comentário que assinalo com muito agrado.
Espero vê-lo por aqui, sempre que me quiser dar esse gosto.

Um abraço.

João Menéres disse...

ELAINE

Agradeço a tua imensa simpatia.
Cono vão os teus voos?

Um beijo, minha amiga.

João Menéres disse...

GEORGIA

Descansa que a Primavera virá, para nossa alegria.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA

Hoje, por três vezes, tentei ir ao CURIOSA.
De todas elas, fui advertido que continha vírus.
Sabes de alguma coisa?
Ninguém se queixou do mesmo?
E houve outro blogue (também brasileiro, mas agora não sei qual, onde me sucedeu o mesmo !).
O teu comentário trouxe-me muita alegria.

Um beijo, minha querida.

João Menéres disse...

MYRA

Acho que a SELENA anda muito ocupada...
NERUDA era grande mesmo!

Um beijo.

João Menéres disse...

SELMA

Também tu anseias pela Primavera?
Podemos ficar juntos...

Um beijo.

João Menéres disse...

LARA

Gosto disso (do que escreveste).

Beijoca.

João Menéres disse...

Au TONO

Obrigado pela tua boa disposição !

Ab.

João Menéres disse...

LUÍSA

Agradeço tudo que escreveste.
Há muito entendido que diz que a Bairrada nunca teve bons vinhos.
Eu discordo em absoluto!

A SELENA pediu e eu procurei corresponder...

Um beijo.

João Menéres disse...

SELENA

Ainda não chegaste a casa?
Onde diabo moras tu?

Um beijo.

João Menéres disse...

LÍLIA

Sofisticado?
Nem por isso...

Mas agradeço!


Um beijo.

João Menéres disse...

ANGELA

Simples, mas sinceras.
Não é?

Obrigado, como tal.

Um beijo.

João Menéres disse...

MOMENTOS

Para ti eu escreveria a 5ª coisa, tão lindos são.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

LIS

Tens toda a razão: não se deve abrir mão das nossas eternas primaveras.
Foi o que Neruda deve ter feito...

Um beijo.

João Menéres disse...

Meu caro >T <

Desvanecido com o seu STOP !
Grato pela poesia das suas palavras.

Um abraço.

João Menéres disse...

ANA

A zona tem encantos mil que nem todos sabem apreciar.

Muito obrigado pelo comentário.

Beijo.

João Menéres disse...

EXPRESSO

Agradeço o comentário. A imagem se pudesse ter sido feita de um ponto um pouco mais alto...
Mas não havia!

A SELENA não voltou...

Um abraço.