.

sábado, 5 de dezembro de 2009

NATUREZA

Photobucket
© João Menéres


SANTO  E  SENHA


Deixem passar quem vai na sua estrada.
Deixem passar
Quem vai cheio de noite e de luar.
Deixem passar e não lhe digam nada.

Deixem, que vai apenas
Beber água do Sonho a qualquer fonte;
Ou colher açucenas
A um jardim que ele lá sabe, ali defronte.

Vem da terra de todos, onde mora
E onde volta depois de amanhecer.
Deixem-no pois passar, agora

Que vai cheio de noite e solidão.
Que vai ser
Uma estrela no chão.


(Miguel Torga, 1907-1995 , in Diário I)







30 comentários:

Chica disse...

Lindo poema e imagem maravilhosoa,João! abração e lindodia!chica

Gisela Rosa disse...

MARAVILHA!

poema e imagem!


Um beijinho

Luísa disse...

Beeeeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmmmm!
Estiveste em MARTE e descobriste vida redonda, picante e dispersa!
Que foto diferente!

Extremo bom gosto na escolha do poema!

Beijinho terno!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

ellen disse...

Que foto mais original João!!!
É um encanto olhá-la. A prova de quem nem sempre os espinhos são maus :)

Beijinhos

angela disse...

Um poema lindo e triste como os cactos de sua foto, arvores do deserto.
beijos

Regina d'Ávila disse...

Poema lindo, maravilhoso..
Esta foto me deu arrepios...
Estão no chão? Fazem parte de uma planta maior?
Ai...
Doces beijos,
Lindo fim de semana,
Regina d'Ávila.

Jorge C. Reis disse...

Muito bonita composição. Gostei francamente. Bom fim de semana

expressodalinha disse...

É em Lanzarote?

João Menéres disse...

CHICA

Sempre presente, por aqui!
Que alegria!

Obrigado pelo comentário.

Um beijo.

João Menéres disse...

GI

Pensei que ia ser difícil mas, como conheço, a Poesia de alguns, torna-se mais fácil.

Dás-me-me muita confiança para prosseguir.


Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

A Marte ainda não fui!
Qual é a linha?
Mas, na lua ando por lá a vaguear vezes sem conta...

Obrigado por teres apreciado tudo.

Um beijo.

João Menéres disse...

VEJ@BLOG

Estou muito orgulhoso por integrar a SELECÇÃO e poder envergar o jersey.

No sidebar, já coloquei o SELO que tão prestígio dá a quem o recebe.

Muito obrigado.

Abraços para aí.

João Menéres disse...

ELLEN

Os espinhos são coisa da Natureza. Por isso, é preciso respeitá-los.
Foi isso que procurei...

Obrigado e um beijo.

João Menéres disse...

ANGELA

Não sinto essa tristeza de que falas, quer na poesia, quer na imagem...
Concordo contigo no >Lindos< !

Adorei as tuas > árvores no deserto < !!!
Belo título. Por certo ganharia no DESAFIO !!!

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

QUEEN

As tuas palavras quase são um poema!

Sim, de facto estão no chão.

Obrigado por tudo.


Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE C. REIS

Obrigado. Mas devo dizer que não foi tarefa fácil desta vez.

Um abraço.

João Menéres disse...

JORGE

Em Lanzarote?
O mais perto que estive de lá, foi em La Oliva (Fuerteventura).
Já por duas vezes.
É numa outra ilha, mas do A.J.

Um abraço.

lírica disse...

João

Gosto muito de Miguel Torga!
Teu blog é muito especial, um lugar para voltar muitas vezes!
Quero te agradecer pela visita lá no meu outro blog, o Vastas Emoções e pensamentos imperfeitos!
Voltarei mais vezes!
Um abraço
Lírica

ruimnm disse...

Composição, luz, texturas: tudo perfeito!

MARA disse...

Muito, muito lindo este poema. E a imagem é espectacular.

Abraço
Mara

João Menéres disse...

LÍRICA

Estou muito grato pelas palavras e pela promessa.
Corresponderei na medida do possível...

Um beijo.

João Menéres disse...

RUIMNM

Como já disse lá em cima, desta vez, a composição não foi fácil !
Mas, acho que, dentro do possível, ficou agradável.

Obrigado pelas visitas diárias.

Um abraço.

João Menéres disse...

MARA

Que bom teres gostado de uma e outra coisa!

Às vezes, há divórcios...
Creio, que desta vez, é eterno.

Um beijo.

Conceição Duarte disse...

"Natureza""
João que foto mais interessante, se olharmos com olhos do futuro, percebemos como se fossem os satélites soltos no infinito, ou desncansando em cima de algum outro planeta... Muito interessante, diferente, e nada palapável. A impressão é que nos espeta! Mas a foto é linda, e cheia de imaginação. Grande Natureza, grande...
Um beijo,

CON

João Menéres disse...

CON

Perfeita sintonia entre a tua leitura e a minha!
Será que vemos pelos mesmos olhos?

Muito obrigado pelas palavras.
Muito mais pelo carinho!

Beijos.

O mar me encanta completamente... disse...

Oi João.
Estive por aqui lendo tua alma...
Entendendo as mensagens e as emoções que imagens como essa nos proporciona.
Vai alem de nossa pequena imaginação e nos remete ao futuro.
E me encantou profundamente, perceber tua visão de um mundo a deriva.E o poema de Torga,veio pra abrilhantar ainda mais...
Graças a Deus ainda existem pessoas e que lêm para além das palavras, pessoas sensíveis como você.
Escrever é como respirar, é necessidade e tudo
está de certa forma no contexto da minha vida.
Obrigada.
Bem-vindo, sempre.
Mil beijos

Glória Salles

João Menéres disse...

GLÓRIA

Comentário gostoso o teu.
Assim, sinto-me compensado e RECOMPENSADO!

Sabes, como o grifo plana, tenho tempo de ver o mundo de várias altides,latitudes e longitudes...
E muita coisa ne escapa.
Naturalmente as mais importantes de uma Terra em auto-destruição.

Um beijo.

Manuel Luis disse...

São as plantas na nova adaptação para este planeta tão mal tratado.
Só quem voa alto consegue consegue esta harmonia
batidasfotograficas.blogspot.com

João Menéres disse...

MANUEL LUÍS

Desculpe o atraso no agradecimento ao seu comentário.

Procurarei corresponder na medida do nenhuç tempo...

Um abraço.