.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

DUNAS

Photobucket

© João Menéres


INCERTEZA

Toda, toda a noite fria
O rouxinol cantou.

Mas ao raiar do dia
Logo se cala triste,

Uns dizem que fugiu
Outros que não existe.


( Pedro Homem de Mello, 1904-1984, in Estrela Morta)

NOTA DO EDITOR : AFINAL, NÃO FUGIU! 
ESTÁ DE REGRESSO AO MEU AZUL NOITE...
COINCIDÊNCIAS...

40 comentários:

myra disse...

como é possivel fazer tantas fotos tao lindas!!!!:)))
um grande beijo,

Sandra Rocha disse...

Está linda gosto destes contrastes.
Beijinho.

Milouska disse...

Lindíssima esta foto.
O contraste entre o céu e a duna concentra o nosso olhar no motivo principal.
Bjos,

Milouska

Dona Sra. Urtigão disse...

O tempo passa, o que éverdadeiramente bom permanece, como a qualidade e beleza de tuas fotos, alem da escolha dos textos.Ah! E Parabens atrasado pelo aniversario. Quando fiquei sabendo, já passara muito, mas vale, Feliz Idade Nova ou Feliz Ano Novo.

Menina do mar disse...

Que luminosidade PERFEITA!
Lindo!

Nívea disse...

Gostei muito.
A cor, a linha, a luz.


Parabéns João.

Beijo
Nii

ruimnm disse...

Um maravilhoso nocturno.

Maria Augusta disse...

Que luz e que cores, pura magia! João, você se supera a cada foto que nos traz!
Um grande abraço.

João Menéres disse...

MYRA

Quando se faz qualquer coisa com um prazer imenso, e tu sabes muito bem do que falo, tudo se torna mais fácil.
Depois, é uma questão de mais ou menos sensibilidade...
E, quando a opinião alheia nos incita, procuramos corresponder ao que de nós esperam no futuro.
Estás de acordo?
Durante os próximos 3 dias, não poderei fazer muitas visitas ou comentários.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA COSTA

Fico muito satisfeito com a tua opinião, acredita.

Um beijo.

João Menéres disse...

MILOUSKA

Muito estimo as suas palavras.
Delicadas, elogiosas e, sobretudo, amigas.

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

DONA SRª URTIGÃO

Já há muito sentia a tua falta aqui.

És sempre uma presença desejada.

Obrigado pelos parabéns.
O que importa, não é o dia.
A importância maior reside na Amizade.

Um beijo.

João Menéres disse...

MENINA SOS MEUS MARES

A perfeição da iluminação provém do teu olhar.
Olhar de que gosto e muito.

Um beijo (amanhã não poderei estar na tua festa, como sabes...), mas vou ver se compro um mimo...

Um beijo.

João Menéres disse...

NÍVEA

Não ficou mal.
Mencionas aquela linha...
É o molhinho que empresta o sabor...

Um beijo.

João Menéres disse...

RUIMNM

Um tiro no alvo!

Parabéns, obrigado e um abraço.

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

Se o dizes, vou acreditar.
Mas, na verdade, não é exactamente assim...

Um beijo.

tonhOliveira disse...



Luz suficiente pra se ter certezas!
Abraços!

tonho@cpovo.ne

João Menéres disse...

TONHO

Muito grato pela CERTEZA!

E a bandeira como está?

Um abraço, meu amigo.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Uma belíssima fotografia e recordar Pedro Homem de Mello
(harmonia total)Um abraço/Irene

L.Reis disse...

..não fugiu...e a ausência não é nada quando o regresso acontece, na asa azul da noite.

ellen disse...

Como eu sonhava que voava entre dunas quando era criança... liberdade para voar :)

Lindo, lindo este post!!! voltei à infância :)
Beijinho para si

expressodalinha disse...

Grande contraste numa areia revolta de ervas feita.

TERESA SANTOS disse...

Será que o rouxinol se escondeu no meio das ervas? Provavelmente! E assim se tornaram um "todo"!

angela disse...

Adoro dunas e estas são cabeludas...
Um azul lindo, intenso e uma luz perfeita na areia que lhe dá tons de prata.
Um rouxinol não fugiria de paisagem tão bela e de companhia tão boa.
beijos

Luísa disse...

Certo olhar um dia, registou o vento a soprar!
Gentilmente a duna varria,para preparar um leito e sonhar!
Olha aquele céu tão azul!
Tão pronto a mergulhar no mar!
Houve um olhar que lhe deixou
Uma noite de luar!


Beijinho tardio, mas sempre muito terno!

João Menéres disse...

SILENCIOSAMENTE...

Muito de agradeço a concordância.

Um beijo

João Menéres disse...

L. REIS

O PHM, naqueles dois últimos versos, deixou-me a dúvida do real.
Certo é o azul ! Depende é da altitude...
Mas, para isso, o grifo tem duas asas.
Desce, plana, sobe...
Nunca se sabe o que mais lhe apetece...
Mas o grifo está cansado e precisa de descansar dois ou três dias.
Adivinho que vai levantar: está a olhar em redor !

Um beijo (pela calada da noite).

João Menéres disse...

ELLEN

É uma satisfação quando se sente que os visitantes gostam deste ninho !
Deixa-te estar por aí-
A tua meninice reviverá muitas vezes.

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

JP

As REVOLTAS não se fazem de ervas.
Algumas, com muita erva...e areia que nos ferem a vista.

Um abraço.

João Menéres disse...

TERESA SANTOS

Pode ter-se escondido...
Mas o seu cantar já se escuta.
Vamos ver onde está?

Um beijo.

João Menéres disse...

ANGELA

Tens razão!
Qual seria o rouxinol que não quereria aqui ter o seu ninho?
Azul por cima e a areia a moldar-se a seu gosto.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Um encanto a tua poesia!
Eu realço:

Certo olhar um dia, registou o vento a soprar!
Gentilmente a duna varria,para preparar um leito e sonhar!
Olha aquele céu tão azul!
Tão pronto a mergulhar no mar!
Houve um olhar que lhe deixou
Uma noite de luar!

Sempre meigas, sempre plenas de afecto, seja que hora fôr.

Um beijo encantado.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

quanta foto bonita, gostei da caricatura, dos pensamentos, e do bom humor sobre todas as coisas
bjs da walll

João Menéres disse...

WALLL

É a primeira visita, não é?

Podias ter avisado!
Tenho o ninho num caos.
Sabes como é, em véspera de outro voo...

Um beijo.

mario nelson disse...

o azul presente nestas dunas têm como fundo um palco de brincadeiras nas areias que desapareçem no atlantico...julgo eu lá para os lados de s. jacinto(reserva natural das dunas de S. Jacinto)

se essas forem...muito e bons momentos (para lá delas)
tenho passado com os meus diamantes

os meus trigemeos que fizeram 12 anos no passado dia 27...
obrigado por esta linda e grata recordaçao

abraço amigo

mario nelson

João Menéres disse...

MÁRIO NELSON

Só não sabia que tinha trigémeos!!!
Eu tenho trigémeas (mas sobrinhas...).

Curiosas coincidências!
Só que não andaram por lá e são um pedaço bom mais velhas.

Um abraço.

Paulo Sousa disse...

Gosto desta abordagem.
Abraço.

João Menéres disse...

PAULO SOUSA

Grato pela visita e pelas palavras.

Um abraço.

Anónimo disse...

O azul será uma coincidência ... por vezes uma autêntica teimosia ... em surgir ... revisitar passados que de tão presentes conservam ainda fugidios... tons de rosa ... de outrora ? ... de agora ?...
T

João Menéres disse...

> T <

LINdAs e excelentes coincidências!

Não é teimosia. Poderá ser um passado, como pode ser um futuro.
Tanto o AZUL, como o ROSA, serão sempre parte do SONHO:

Como talvez tenha lido, perdi toda a minha agenda electrónica aqui no MICROSOFT ENTOURAGE.
Por isso, peço que me mande dois mails (cada um com o seu endereço, ou apenas o endereço mais conveniente). Podem vir sem texto. Ao agradecer o envio, logo fico com ele (s) registado(s).

Um abraço franco.