.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

PONTE

Photobucket
@ João Menéres


ESCUTA AMOR

talvez num dia
em que de mim já nada mais exista
te lembres de dois braços
que te abraçaram convulsivamente
nessa altura
deixa que os lábios te sangrem
deixa que o sangue
te corra pelo peito

e as mãos
essas
abandona-as...

(Mário Henrique Leiria | 1923-1980)

34 comentários:

Eduardo P.L disse...

Nádegas GIGANTES! João, você só pensa nisso!!!! srsrs

João Menéres disse...

EDUARDO !!!!!!!!

A minha primeira gargalhada, mesmo ainda ensonado!

myra disse...

Eduardo, acho que é voce e nao Joao...:)))
acho a foto super, Joao, alias como todas que vi ate agora!
saudades e beijos

Sandra Rocha disse...

Que show amigo, está mesmo fantástica, misteriosa :)
beijinho.

angela disse...

Que paixão...
beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá João!!!!!

Ouso entender a tua paixão.
Uma dama com medidas pefeitas
De silhueta em cálculo marcada, o ângulo perfeito para ser fotografada.
O atrevimento de seu despir deixa aparente as amarras do espartilho justo e simétrico, para ser conhecida é necessário envolver-se no mistérios que neblima trás. Uma dama que instiga e atraí, percorrê-la é um desafio, conhecê-la uma magia. A tua fotografia transformada em poesia.
Ah! João mas que paixão!!!

Beijos meu amigo João,
linda imagem e que essa paixão sobreviva e viva sempre!!!!!

Ana disse...

Tinha uma foto no meu Baú do computador que foi para o "estaleiro" a fim de ser reparado, uma perspectiva de uma ponte pedonal da cidade de Aveiro um "pouquinho" identica, mas sem esse "nevoeiro todo". A mesma foi premiada num desafio "perspectivas diferentes" num site de Fotografia de que faço parte.
Esta magnífica imagem ilustra esta "escuta amorosa2 deste belo poema, dado que a ponte também abraça as duas margens "convulsivamente".
Desejo-te uma noite muito feliz!
Beijinhos,
Ana Paula

expressodalinha disse...

Só o Eduardo para ver isso... mas está lá. Uma fotografia inesperada que me atreveria a dizer, não é o estilo do João. Pura e simplesmente fantástica!

Luísa disse...

De uma margem a outra, içaram uma ponte fabulosa!
Em dias de nevoeiro, continua imperiosa, esta ponte imponente, que liga as margens, que liga as gentes.

Bela foto, SENHOR!
S. Sebastião, apareceu?

L.Reis disse...

Absolutamente magnífica!!! Entre as muitas que já conheço este fecho eclair gigante vai direitinho para a lista das preferidas.
Excelente execução, luz, efeito de perspectiva...tudo no seu (teu) melhor!!!
BRAVO!!

Menina do mar disse...

Elah... Mário Henrique Leiria... GENIAL... não conhecia mas arrepiei-me até aos ossos :)

ruimnm disse...

Imagem que nos obriga o olhar num vaivém constante. De cá para lá, de lá para cá.
Fantástica.

mario nelson disse...

Tanto de romântico como de dramático neste lindo poema
Mas depois de olhos cerrados
E das duas pontas se unirem
Bem que merece a pena tentar imaginar
Que o douro aqui termina.

Porem e se de novo cerrarmos os olhos
Também poderemos imaginar
Uma daquelas imagens (tão frequentemente fotografadas)
Mas nada comparadas com este artificial tufão.

Fazer fotos destas
Não está ao alcance de todos

Sem duvida
Um enquadramento perfeito

Deusa disse...

HAHAHAHAHAH
João to rindo muito aqui
captei a mesma imagem do Edu

tonhOliveira disse...

Na leitura do Eduardo e Deusa...
lembra o monumento da "Passarela do Samba"
no Rio de Janeiro.

Linda imagem belo poema.

"Nádegas mais à declarar"!

Abraços!

Micha disse...

Belissima foto. A primeira vez que vejo uma ponte exalar sensualidade. Parabens!

Eduardo P.L disse...

Boa Tonho!
Todos viram, mas poucos confessam!!!!Partes íntimas, ainda que de pontes, não se trata em publico!

alterdom disse...

Olá João,

Eu aprecio seu arquiteto olho
o seu coração e poeta.

Beijos da França

João Menéres disse...

MYRA

Tens toda a wazão!
O EDUARDO não vê (nem pensa...) noutra coisa!

Obrigado pelo teu comentáro, tão valioso para mim.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA ROCHA

Muito te agradeço as palavras.

Um beijo.

João Menéres disse...

ANGELA

Que simpatia..

Palavras amigas.

Um beijo..

João Menéres disse...

SELENA

Não tenho palavras à altura para te agradecer a tua inspiração.
Estou muito sensibilizado, é o que te posso dizer.

Um OBRIGADO!
e
UM BEIJO.

João Menéres disse...

ANA

Antes de mais, os meua parabéns pela imagem premiada.
Quando tiveres de volta esse computador, vê se te não esqueces de a mostrar!

E obrigado por tudo quanto dizes acerca desta minha.

Um beijo.

João Menéres disse...

EXPRESSO DA LINHA

Obrigado, Jorge, pelos encómios.
Mas, gostava de informar que "pratico" muitos estilos: bruços, costas, mariposa...etambém bóio,às vezes.

Um forte abraço.

João Menéres disse...

LUÍSA

El-REI D.SEBASTIÃO não deixa de aparecer a quem sabe e quer SONHAR !

Um beijo, minha Amiga.

João Menéres disse...

L. REIS

Perante tanta eloquência, o melhor é ficar só a escutar!

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

MENINA DOS MEUS MARES

Compreendo, pois se escolhi este ESCUTA AMOR foi porque esse arrepio, esse quase desgosto, me não fez esquecer o AZUL...

Um beijo.

João Menéres disse...

RUIMNM

Agradeço opinião tão creditada.

Um abraço.

João Menéres disse...

MARIO NELSON

Preciosa aquela encomenda!!!

Também muito grato pela Amizade que as suas palavras transportam rio abaixo.

Um abraço.

João Menéres disse...

DEUSA

...e tens toda a razão!

Um beijo.

João Menéres disse...

TONHO

A tua genialidade é incomparável !

Agora foi este
"NÁDEGAS MAIS A DECLARAR" !

Para que conste...

Um abraço, ARTISTA!

João Menéres disse...

MICHA

Mas a neblina deu assinalável contributo!

Um beijo muito agradecido.

João Menéres disse...

EDUARDO

O que é bonito deve ser mostrado. Embora com algum pudor:
Por isso, chamei pelo nevoeiro!

Abraço amigo.

João Menéres disse...

ALTERDOM

Apreciei tanto o teu elogio!!!
Convido-tea seres minha SEGUIDORA.

Um beijo até ti,