.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

M A R

Photobucket
© João Menéres


MORO À BEIRA DO MAR
DONDE OIÇO O SEU CANTAR
NOITE E DIA O SEU VAI E VEM
COM ELE ADORMEÇO
E DE MANHÃ AMANHEÇO
OUVINDO O SEU VAI E VEM

(Excerto de Samacaio, canção popular açoriana)

43 comentários:

myra disse...

BELEZA!!!
beijos

tonhOliveira disse...



Pinceladas azuis!

MARAVILHA João!

Abraços!

João Menéres disse...

MYRA

Um elogio numa só palavra !

Beijos.

João Menéres disse...

TONHO

São como os dedos de alguém que se quer agarrar à areia e por ali ficar...
Nunca esueces os teus MARes, nem os teus aMARes!
Aqui, serão aMARras...

Um abraço.

clo disse...

magnifique photo....:o)

Chica disse...

Lindo! abração,chica

Luísa disse...

Moro longe do mar, mas hoje ouvi-lhe o rebentar das ondas, com um espumar magnifico como quem chega serenamente e beija a praia.
A foto, SENHOR, fala por si!
Beijinho terno!

João Menéres disse...

CLO

Merci bien!

João Menéres disse...

CHICA

Obrigado, Amiga!

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

A musicalidade do movimento que afaga a areia...
Vais ter um sono tranquilo !

Fico muito contente por teres gostado deste VAI E VEM !

Um beijo.

Elaine Barnes disse...

Puxa que inveja! No bom sentido se é que há. rs... Adoraria ter essa paz externa, porquê dentro a tenho. bjão amigo

tulipa disse...

Como gosta de fotografia decidi fazer-lhe um desafio...

Felizmente que não é só nas grandes cidades que se nota, nos últimos tempos outra dinâmica, uma outra forma de fazer cultura.
Desta vez será em ALPIARÇA, na sua Biblioteca Municipal.

Vou montar outra exposição de fotografia.
A exposição procura divulgar o que vivenciei pelos caminhos da Índia. Tendo como ponto de partida a fotografia, faço uma reflexão através do tempo sobre imagens que descrevem a solidão dos povos e o significado do seu sofrimento bem como da sua alegria envolvida pela pobreza de géneros necessários à sua sobrevivência, a par da solidariedade e esperança de uma justiça digna.

Aos poucos vou conseguindo aquilo que quero, ou seja, esta EXPOSIÇÃO está aberta aos sábados de tarde, para proporcionar às pessoas que trabalham a oportunidade de a visitar numa tarde de sábado.

Está convidado para a inauguração no próximo sábado, dia 21 de Novembro (amanhã), pelas 14h 30m.

Conto com o apoio de todos os que me têm acompanhado ao longo deste tempo, na blogosfera.

As suas fotos estão excelentes.

tulipa disse...

Aproveito para lhe dizer que estou muito grata por se ter feito "seguidor" do meu blog MOMENTOS PERFEITOS.

Se lá for poderá ver a divulgação e convite para a Exposição.

João Menéres disse...

ELAINE BARNES

Que bom ter-te aqui nos comentários!

Sempre que puderes vir ao grifo, cá estarei para te receber.
Dia 25 temos aqui um DESAFIO. Entra no passatempo.
Quem sabe?

Um beijo e outro para o DAVI.

João Menéres disse...

TULIPA

Teria imenso prazer em estar contigo na inauguração da Exposição.
Além de residir no Porto (o que já por si não facilita...), amanhã é a festa conjunta de 2 netos (irmãos). A Leonor nasceu a 17 (um dia depois do meu aniversário) e o Rodrigo nasceu mesmo a 21.
Além disso, é a inauguração da nova moradia do meu filho (Pai destes dois e do Bernardo).
Desejo o maior sucesso.
O tema é aliciante !

Um beijo.

Selma disse...

Palavras para quê?
Moro à beira do Mar, estou à bbeira do Mar e a tua imagem diz-me MUITO!
Um beijo, na incerteza de continuar pela blogosfera mas ne certeza de voltar sempre aqui!

João Menéres disse...

MENINA DOS MEUS MARES

INCERTEZA de continuares na blogosfera?
A minha MENINA do MAR ??????......
Nem penses, Selma !
Não dês esse desgosto a tanta gente que é tua amiga!

Se é uma questão de tempo, posta uma vez por semana e escolhe 10 blogues para comentar...
Isso, assim, "rouba-te" uma horita semanal e continuas VIVA neste MUNDO TÃO ESPECIAL E MARAVILHOSO !

Não te precipites!
Pego na tua mão para passearmos e conversar ao longo das praias...

Um beijo.

expressodalinha disse...

Arrebatadora. As cores bem puxadas dão-lhe uma intensidade fulgurante. Gosto.

angela disse...

Suas fotos são pinturas, tão lindas.
Grifo, seus olhos são mesmo de aguia.
Adoro o mar.

ruimnm disse...

Mais uma fantástica pintura. Areia como tela.

João Menéres disse...

EXPRESSO

Tudo bem analisado.
Gostei.

Um abraço.

João Menéres disse...

ANGELA

Obrigado. Os comentários que eu esperava estão a chegar devagarinho...
Um grande Artista português (FERNANDO LANHAS) apelidou-os de >lince< !
É igual.

Um beijo grande.

João Menéres disse...

RUIMNM

Já tinha lido o seu comentário quando agradeci à ANGELA.
Está incluído naquela referência.

>AREIA COMO TELA<
Gostei !

Um abraço grato.

Sandra disse...

REALMENTE ANGELA, SÃO OBRAS DE ARTES.
MAS TAMBÉM..PASSA A NOITE IMAGINANDO, O QUE SERÁ QUE VOU FOTOGRAFAR AMANHA???RSRSRSR.
VC. É DEMAIS, AMIGO. FAZ UM LINDO TRABALHO.

COMO É BOM PODER DORMIR, OUVINDO O CANTO DO MAR.
NO SEU VAI E VEM, ADORMECEMOS, OU ENTÃO NOS EMBALAMOS SONHANDO COM O NOSSO BEM E A SUA MAGIA.
GRANDE AZUL IMENSO.
PARABENS.

QUANTO AO MÉDICO, TUDO BEM.
MUITO REPOUSO AINDA.
TENHO 40 DIAS DE MOLHO, SEM PISAR. E VC. AINDA ME PEDE PARA VIM DEPRESSA.
TE ADORO, MEU LINDO.
SANDRA

Lina Faria disse...

Baixa velocidade? Muito bonita!

Pelos caminhos da vida. disse...

Palavras e imagem belissímas.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Helena Oneto disse...

João,
Que posso eu acrescentar ao que aqui ja se disse ?

Que gostaria de o conhecer pessoalmente e de estar perto para lhe dar um grande abraço.
Bem haja

Milouska disse...

Ah, João, que bela "pintura"!...
Parabéns!
Bjos,

Milouska

João Menéres disse...

SANDRA

Surpreendeste-me com o teu comentário!

Permite que destaque uma só frase:
>GRANDE AZUL IMENSO<
Vou adormecer relembrando essas tuas muito lindas palavras !

Vais passar mais 40 dias sem pisar?
E a Passagem de Ano???

Que Deus te ampare!

Um beijo da côr dessa areia.

João Menéres disse...

LINA FARIA

Apenas o momento certo para disparar.
Também feita sem tripé.
Daí não ter o primeiro plano bem definido...

Um beijo grande para ti.

João Menéres disse...

ANA

Obrigado pelo teu comentário.
Não são necessários muitos adjectivos para se dar a perceber quanto algo nos toca.

Um beijo assim.

João Menéres disse...

HELENA ONETO

Que melhor elogio podia eu desejar?

Em Abril, se puderes ir à FESTA dos 50.000, lá para Beja...
Será um prazer!

Um beijo.

João Menéres disse...

MILOUSKA

Obrigado, Amiga!


Um beijo.

tossan® disse...

Uma obra fotográfica com arte sem dúvidas! Abraço

ellen disse...

Já é sabido como eu adoro o MAR...

maravilhosa imagem!!!

Beijinho

João Menéres disse...

TOSSAN

Obrigado por este seu comentário!


Um abraço.

João Menéres disse...

ELLEN

Muito agradeço a bondade das tuas palavras amigas.

Um beijo.

Anónimo disse...

Olhei e achei que podia bem ser uma nova descoberta, um novo planeta, uma esperança para poder começar do princípio...
Maria Pinto

missixty disse...

Adorei esta imagem, está simplesmente fantástica!
beijinhos

João Menéres disse...

MARIA

E porque não?
Sempre que acordas, um novo dia pode ser um princípio...
Bem sei que o tempo não recua, nem nós podemos ir lá trás!
O mar, esse, vai e vem.
Como nos dá o peixe, também muitas vidas lá ficaram...

Mas, Amanhã é sempre UM NOVO DIA !

Um beijo.

João Menéres disse...

MISSIXTY

Com que então eu não fotografava..., não era?

Virou-se o feitiço contro o feiticeiro !

Um beijo.

Alice Salles disse...

QUe imagem e trecho INCRÍVEIS!

João Menéres disse...

Um dia terás um pequeno Livro onde esta imagem será incluída !

Um beijo estendido num VAI E VEM.