.

sábado, 25 de julho de 2009

VELA

Photobucket
© João Menéres

Uma regata no Rio Douro, na Albufeira da Régua.

Esta imagem é dedicada a um amigo uruguaio, presentemente em Punta del Este, que visita
este blogue com muita frequência.
Conhecemo-nos num Campeonato do Mundo
de que fui o General-Chaiman.
Um abraço, Aldo!

28 comentários:

©tossan disse...

A regata mais linda que eu já vi! Belíssima! Abraço

Luísa disse...

Enruguei papel craft, construí cascos de cortiça e cuidadosamente hasteei velas de seda!
Criei o cenário mais belo para uma regata no lago...por não ter perto de mim o teu rio que, nesta foto maravilhosa, de Ouro passou a Prata com pérolas a adorná-lo!
Linda foto!Bela foto! Maravilhosa fota! Nesta regada da blogosfera, o General-Chairman é líder de navegação!
Beijinho e bom fim-de-semana!

Quase Blog da Li disse...

João, foto mais preciosa;
o rio que parece terra
a terra que alimenta
a agua que alimenta a terra
um rio que vale ouro
beijos
li

Lina Faria disse...

Caro amigo João,
Bom voltar cá em seu sitio.
Muitos trabalhos têm me impedido que eu passe muito tempo na net.
Tampouco visitar s amigos.
Grande abraço, e, como sempre, bela foto.

Elma Carneiro disse...

É sempre com prazer que entro em seu espaço, pois sei que ficarei encantada com suas fotos e textos de muito bom gosto e requinte.
Bom final de semana.
Beijoo

Conceição Duarte disse...

João que fotografia mais linda é essa? Caramba, parece tanta coisa esse mar, craquelado, amassado. Ele parece também que é grosso como óleo, sei lá! Muito muito interessante e belo.
Saudades amigo, que tudo com você esteja bem!
Super beijo, fique com Deus, CON

expressodalinha disse...

Grande fotografia. Não sendo eu apreciador da modalidade, até dá vontade!

Selena Sartorelo disse...

Parece pedra João, foi minha segunda impressão.

Um ângulo sensassional!

Uma foto vertical clicada na horizontal. Parece um cartão postal...mas também e por contraditório que pareça, lembra terra rachada em tempo de seca
A água é densa como o óleo, a Conceição disse bem...a primeira coisa que pensei, foi no petróleo..Mas acho que nessa abundância ele não existe não.
Perdoe a minha ignorância, no assunto, mas a água ficou preta e mesmo assim a luz estoura nos olhos da gente, como póde?

Gostei demais da tua fotografia e tenho certeza que seu amigo vai ficar muito feliz.

beijos
João

myra disse...

que beleza de imagem, genial, amigo joaoa,
um grande abraço,

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Que lindos barcos,que lindo mar!!!

Que linda foto!!

Beijos !!Sonia Regina.

João Menéres disse...

TOSSAN

As suas palavras são melodia a pousar na água!

Um grande abraço.

João Menéres disse...

LUÍSA

Deixas-me embaraçado com o que escreves por tão lindo ser!
Papel craft enrugado e velas de seda!
Um rio que de ouro passou a prata , com pérolas a adorná-lo!

Assim, eu não páro de sonhar...

Um beijo aqui do alto.

João Menéres disse...

ELIANA

Eu tenho que repetir o que escreveste. Posso?
"O rio que parece terra,
a terra que alimenta
a água que alimenta a terra,
um rio que vale ouro"

Muita sorte tenho eu por ter pessoas com tanta poesia e que a colocam à minha disposição!
Felizes também quem lê estas preciosidades...

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

LINA FARIA

Eu compreendo muito bem a luta titânica que é preciso travar para cumprir as obrigações e ainda querer dar sinal de vida aqui na blogosfera.

Muito obrigado, Lina, pela tua atenção.

Um beijo.

João Menéres disse...

ELMA CARNEIRO

Como sabes, os temas são variados e poucas vezes, para o objectivo deste blogue, é possível apresentar imagens artísticas. A maioria são imagens documentais que procuro tenham alguma qualidade.
Tenho solicitado apoios literários a visitantes meus.
Os casos já verificados da SELMA ANTUNES, da SELENA SARTORELO e da LUÍSA VILAÇA foram três taludas (sorte grande) que me sairam.
Sou um felizardo!

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

CONCEIÇÃO DUARTE

Também fazes uma análise muita correcta e elogiosa a esta imagem.
Agradeço muito a tua visita.

Um beijo.

João Menéres disse...

EXPRESSO DA LINHA

Até me espanto por a RR não ter vindo aqui comentar!
Ela que é uma marinheira experimentada...

A H2O parece que aqueceu AGORA aí em baixo. Tem sorte!

Um abraço.

João Menéres disse...

SELENA

Muito feliz me deixas também com a tua segunda impressão (a da pedra...).
O ângulo, na verdade, foi o ideal: sensívelmente de 90º ente o ponto em que me encontro e a incidência dos raios solares.
É um contra luz não muito frequente com este ângulo.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

MYRA

As tuas palavras muito valorizam o meu trabalho.

Um grande obrigado e um beijo.

João Menéres disse...

SONIA REGINA

Só palavras amáveis que tu me dedicas sempre!

Um beijo.

ellen disse...

que linda imagem João...adorei!!! parecem barcos de papel :)

Beijinho

João Menéres disse...

ELLEN

Olha, pelos vistos esta dava para o DESAFIO, tantas são as leituras...

Obrigado e um beijo.

PAS[Ç]SOS disse...

Velas irreais num mar de prata. Momento sublime numa imagem de suster a respiração.

L.Reis disse...

...navegantes em mar de pedra...

João Menéres disse...

PAS(Ç)SOS

Um muito obrigado por elogio tão amplo.

Um abraço.

João Menéres disse...

L.REIS

Tens toda a razão!
É o que parece mesmo...

Um beijo.

Chapa disse...

Muito boa João!

João Menéres disse...

CHAPA

Muito grato pelo seu COMENTÁRIO.

Um abraço.