.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

PORTO

Tamanho do tipo de letraPhotobucket
© João Menéres

Mudar de sentido...

A Linha 18 tem o seu termo junto da Igreja de S. Francisco.
Monumento dos mais visitados da Cidade do Porto.
Também, logo ali ao lado, melhor dito,  logo a trás, fica o Palácio da Bolsa.

50 comentários:

Susana Garcia disse...

Interessante parecem os eléctricos de Lisboa.
Amigo João, eu sei que o feriado de Lisboa é dia 13 de junho,mas o texto referia-se era ao 10 de Junho,que é dia de Portugal e ao que parece de Camões e das comunidades,mas o texto é da wikipédia.

Susana Garcia disse...

também já fui ao Palácio da Bolsa,o chamado palácio de Cristal.
Amigo ,ao ler aquele texto do 10 de junho,penso que é capaz de referir mais como era em tempos antigos penso ser isso.
Amigo queria pedir-te se podes passar por um blogue de um amigo meu,que é de poesia e se quiseres podes comentar,o blogue é www.estaraquidoime.blogspot.com

obrigado

Alice Salles disse...

Ah que delícia! Foto ENSOLARADA!

Eduardo P.L disse...

Ensolarada e luminosa...
Ótima foto!

João Menéres disse...

SUSANA GARCIA

O Palácio da Bolsa não é , nem nunca foi, o Palácio de Cristal.
Há aí confusão.
À noite, vou ao blogue, com todo o gosto, evidentemente.

Beijo.

Selena Sartorelo disse...

Olá João,

Uma luz que transmite a exata temperatura do dia, linda e limpa.

Mas João fiquei curiosa com objeto que o homem segura,parece um cabo, uma corda que vem do alto com um objeto parecido com uma bolsa na ponta, o que é isso? Seria a campanhia para parar o bonde.

beijos,

Luísa disse...

Subiu a Restauração, vai rumo a Ferreira Borges...vai lento e bem seguro!
Levará investidores para, na Bolsa, as bolsas abrir?
Vai lento e bem seguro!
Suave, suavemente a subir...
Beijinho terno, SENHOR!

João Menéres disse...

SUSANA GARCIA

Sugiro que releias a última parte do texto do 10 de Junho.
Onde se fala da inauguração do Estádio Nacional, etc.Se reparares bem, há ali algo que não está correcto.
Se o texto é da WIKIPÉDIA, devias referir isso lá e ficavas isenta de responsabilidades.

Um beijo.

João Menéres disse...

ALICE SALLES


Muito, mas mesmo muito ENSOLARADA.
É verdade.

Um beijo assim.

João Menéres disse...

EDUARDO

Elementos sempre aprazíveis, não é verdade?

Um bom abraço.

João Menéres disse...

SELENA SARTORELO

O eléctrico chegou ao final do percurso. Como é de tracção eléctrica, torna-se necessário colocar o trolley em sentido contrário para que o carro eléctrico possa marchar de lá para cá.
Portanto, o trolley é a barra de aço que na sua extremidade tem um rodísio onde corre o cabo eléctrico que está lá em cima paralelo ao pavimento.
Essa caixa amarela é onde o cabo eléctrico se enrola ou desenrola conforme as irregularidades do piso assim o pedem.
O trolley, desta maneira, exerce uma pressão mais ou menos regular sobre o cabo eléctrico transmitindo uma energia eléctrica ± certa ao motor que existe no carro eléctrico, tanto numa extremidade como noutra.
Se a viagem se faz de lá para cá, o trolley vai para trás e o motor a utilizar é o da frente.
Quando o eléctrico está em total repouso por um tempo considerável, então, o trolley é baixado, fica paralelo à cobertura e o cabo eléctrico é recolhido, em muito da sua extensão, no interior daquela caixa redonda amarela.

Espero ter sido esclarecedor.

Um beijo bem grande para ti, querida amiga.

João Menéres disse...

LUÍSA

O Camões não fazia poesia aos carros eléctricos.
Nem ele sabe o que perdeu no tempo da minha adolescência no atrelado da linha 5 que ia de Leça, para o Porto, via Matosinhos!
O atrelado era onde (nessa altura, claro!) iam as peixeiras com as suas canastras, mais o seu peixe e todo o seu palavreado solto.
Não imaginas a borga que nós rapazes fazíamos com elas e mais elas connosco.
BONS TEMPOS !

Um beijo e uma boa noite.

Selena Sartorelo disse...

Grata João, foi relamente muito esclarecedora sua explicação.

Beijos, meu querido amigo,
Selena Sartorelo

João Menéres disse...

SELENA SARTORELO

Sempre um prazer poder corresponder no que estiver ao meu alcance.

Beijos.

Ana Martins disse...

Gostei do blogue, voltarei com mais tempo para ler posts mais antigos.
Vi-o no blogue Um Olhar de Perto e tive curiosidade de o visitar.


O eléctrico vai para a Boavista, onde fica o Hospital Militar do Porto.

Conheço Bem.

Beijinhos,
Ana Martins

João Menéres disse...

ANA MARTINS

Agradeço o teu interesse.
Fico então a aguardar que tenhas um tempo disponível.
A Boavista era onde se situava antigamente a chamada remise.
Em Portugal, é raro o acerto das placas com o destino ou com a origem.
A Linha 18 faz Infante/ Passeio Alegre.
Recolhem no Museu do Carro Eléctrico, ali em Massarelos, junto ao Rio Douro, onde está o helicóptero.

Um beijo e bfs.

Sandra disse...

João gostei de ver o selinho da tertúlia aqui.
Fiquei muito feliz.
Mas em se falando de Porto, é muito linda.
Um dia eu irei conhecer. Graças a vc. eu pude viajare por imenso Portugal.
Valeu meu grande amigo virtual
Com carinho
Sandra

Sandra disse...

João! já votei. Boa sorte amigo.
Sandra

João Menéres disse...

SANDRA

O Porto é uma cidade em permanente mutação.
Os seus olhos estão bem fixados no futuro, sem esquecer o seu longo e histórico passado.

Colocar aqui no sidebar o banner para a Tertúlia Virtual do próximo dia 15 foi um prazer.
Acho que fizeste um bonito trabalho.

Obrigado por teres votado.

Um beijo.

ellen disse...

Bonita esta imagem do eléctrico João! como sempre :)

Beijinho e bom fim se semana

João,
tem um Prémio para si e uma só regra a cumprir.
Não custa nada e é interessante a pergunta a responder. Pode até usar só uma imagem alusiva ao tema pois o seu Blog não é dado a este tipo de brincadeiras, logo a ideia de ser apenas uma regra porque existem mais que não gostam :)
Agradecida :)

Beijinho

Lina Faria disse...

João, a cada dia sinto mais vontade de conhecer Portugal. Da Europa, só conheço o norte. Obrigada pelo belo Porto que você nos mostra. Bom dia!

João Menéres disse...

ELLEN

Agradeço-te as palavras e o prémio.
Vou ver o que tenho a fazer.
Se puder cumprir, claro que levanto...

Um beijo e bfs.

João Menéres disse...

LINA FARIA

O Porto, como um cálice de Vinho do Porto, é para ser saboreado devagar, sem pressas, em pequenos golos.
Talvez entre os meses de Maio a Setembro...

Um beijo e volta sempre.

myra disse...

oi Joao, grande fotografo!e obrigada pelas tuas palavras, mas nao seja exagerado:)
um abraço e um beijo,
myra

tonhOliveira disse...

Portugal com certeza é a MÃE pátria do Brasil, arrepio-me vendo imagens daí...
...acho que é o "cordão umbilical" que se faz sentir ainda!

Abraços!

: )

Quase Blog da Li disse...

João, estive hoje no Porto, mais precisamente na estação de Comboios Capaña.
Saí do meu Norte amado e já a caminho de Lisboa.
Nem preciso dizer que pensei em Você o tempo todo!
Agora estou no Entroncamento...
Férias deliciosas por estas terras coloridas e amorosas.
beijos
li
(agora bem mais perto)

Tinta Azul disse...

Ai eu estive quase morto no deserto...
e o Porto aqui, tão perto!

Há tanto tempo que não viajo de eléctrico...por isso gostei da viagem até aqui.

Beijos - 18 ou mais :)

expressodalinha disse...

Um monumento fabuloso. A foto está excelente.

Menina do mar disse...

Fui espreitar ali abaixo a ver se entendia o recado que me deste e assustei-me... confesso que fico feliz por ter estado ausente poupei os nervos, e na verdade... sinto-me muito mais feliz e segura aqui no teu porto. Acho que me fiz entender, por isso comentei aqui em porto seguro, sabes Mestre, estou contigo hoje e sempre!
Ah, se não comentar a blogagem colectiva ficas triste? É que sinceramente perdi a vontade...

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Quanto sol,quanta luz e que vontade de viajar neste bonde que aqui no Brasil já quase não existe!

Sempre ângulos perfeitos,me parece ver o movimento do encarregado!!!

Um beijo ensolarado!

Sonia Regina.

Susana Garcia disse...

Amigo João Menéres,já agora que gostas de poesia ,podias ler também as poesias escritas pela minha mãe,penso que ainda não deves ter passado pelo blogue dela,se quiseres deixo-te a sugestão.
o blogue é letrasnohorizonte.blogspot.com

beijinhos

João Menéres disse...

Susana

Mais logo, com todo o gosto,

Beijos.

Nade disse...

Olá, querida!
Estou de volta, graças a Deus!
Estava com muita saudade disso tudo... É bom escrever aqui novamente também!
Portugal tem seus segredos... É bom conhecer seu país aqui...
Faço-te um convite para participar de uma Blogagem Coletiva que estou elaborando sobre o Dia Internacional da Música, que é dia 21 de junho... Espero que aceite meu convite!
Grande beijo e um excelente domingo pra você!

João Menéres disse...

NADE

Se alguma história me ocorrer eu estarei lá.
De momento, não me ocorre nenhuma.
Dá-me um dia ou dois e logo te digo.

Um beijo, querida Nade.

João Menéres disse...

MYRA

Estou bem ciente que não coloquei nada que não te fosse devido.
Já conheço bastante trabalho teu.
E há peças admiráveis!

Um beijo.

João Menéres disse...

tonhOliveira

Só quem fôr insensível não SENTE o cordão...
O clima e as coordenadas é que alteraram o "modelo" original.

Grande abraço, amigo.

João Menéres disse...

ELIANE

Se estiveste mais do que um dia no Porto, vou-me zangar por não teres mandado um toque!
Teria tido o maior prazer em acompanhar-te e mostrar alguma coisa específica...

Dia 18 temos o DESAFIO!

Beijos.

João Menéres disse...

TINTA AZUL

Podemos combinar uma viagem quando tiveres disponibilidade.

PODIAS VER O CONVITE QUE A NADE ME FAZ AÍ EM CIMA.Como eu nem tenho nenhuma história nem vou aprender a colocar música a tempo, podias substituir-me COM INCOMENSURÁVEIS VANTAGENS PARA A NADE !!!

Beijos.

João Menéres disse...

EXPRESSO DA LINHA

Agradeço o comentário.

Grande abraço.

João Menéres disse...

MENINA DO MAR

Muita gente perdeu a vontade.
Outros, esfregam as mãos de contente.
É a Lei de Lavoisier...

Por isso, o eléctrico vai mudar de sentido. CHEGOU AO FIM DA LINHA !

Beijos.

João Menéres disse...

SONIA REGINA

É , o funcionário vai quase em passe de dança...

Obrigado pelas tuas palavras sempre tão amáveis e elogiosas.

Um beijo.

Conceição Duarte disse...

João querido! Sua foto é maravilhosa. O Bonde faz falta aqui. O Bonde tem sua utilidade em todas as cidades importantes desse mundo, só aqui no Brasil que resolveram tirar... Umas bestas! Enfim, aí no Porto, ele aparece lindamente, útil e antipoluente. Muito bom

Um beijo grande CON

João Menéres disse...

CONCEIÇÃO DUARTE

Aqui foi igual! Vieram uns iluminados e retiraram TUDO !!!

Houve necessidade de esperar uns bons anos até que surgisse alguém que recuperou algumas linhas.
É um património que uma cidade civilizada não se pode dar ao luxo de deitar borda fora.

Gostei muito de te ler aqui, CON !

Um beijo.

João Menéres disse...

SUSANA GARCIA

à tarde não reflecti, mas eu já sou seguidor da tua Mãe!
Não relacionei, todavia.
E hoje á noite acabou por não dar tempo.
Amanhã, visitarei com tranquilidade.

Beijos para ti.

Sandra Rocha disse...

Ficou fantástica esta imagem desse monumento imponente juntamente com o lindo eléctrico.
Das minhas visitas rápidas ao Porto ficou a faltar conhecer este mas numa próxima é obrigatório :)
Beijos.

L.Reis disse...

Eu adoro electricos...e já restam tão poucos...lembro-me das viagens que fazia em criança, e daalegria que era apanhar um lugar à janela...

Dulcineia (Lília) disse...

JOÃO,

O Porto, uma das cidades que amo, e eléctricos, amarelinhos, outra das minhas paixões.
Tudo isto, numa excelente foto. Que mais posso pedir?

Um abraço recheado de admiração

Lília

João Menéres disse...

SANDRA ROCHA

Em talha dourada é magnífico!
A Árvore de Jessé (que os japoneses ávidamente querem conhecer) e o Baptismo de Cristo, entre outros altares, são dos que mais aprecio.

Obrigado por teres vindo até aqui ao ninho...

Um beijo.

João Menéres disse...

L.REIS

E nunca entraste ou saíste com ele em andamento?

Isso é que era o melhor de toda a viagem...

Para lá dos namoricos que enquanto estudantes todos, mais ou menos, tínhamos. Com direito a reseva do lugar. Outros tempos, os meus, minha querida...

João Menéres disse...

LÍLIA

Grato pelas tuas palavras sempre tão simpáticas.

Beijos.