.

domingo, 15 de março de 2009

T E R T Ú L I A S V I R T U A I S

Photobucket
© João Menéres

O DESEJO

Tua frieza aumenta o meu desejo:
Fecho os meus olhos para te esquecer,
Mas quanto mais procuro não te ver,
Quanto mais fecho os olhos mais te vejo.

(Eugénio de Castro, in Soneto)

43 comentários:

luzdeluma disse...

O desejo pelo inatingível!! Só os fracos desistem!! (rs*) Beijus

Alice Salles disse...

O desejo não morre porque queremos, ele floresce porque não o temos! Essa imagem e esse trecho mostraram o desejo perfeitamente como é...

LINDO JOÃO!
MUITOS BEIJOS!

marie disse...

Bela imagem do desejo, que as palavras completam...
Bjs.

Eduardo P.L disse...

Ulálá! Desejos intensos! Foto e texto que não deixam dúvida!
Obrigado, João por participar e divulgar a nossa Tertúlia!

Abçs

Maria Augusta disse...

Linda ilustração do objeto do desejo fugidio, que parece inatingível...
Abraços e bom domingo.

ellen disse...

A imagem só por si só, é reflexo do desejo :)

Parabéns João, pela originalidade e simplicidade!

Bjinho

Menina do mar disse...

Acho que o desejo é a sensação que quer passar aos actos(:
Que lindo!
Beijos e Bom Domingo!

erupção_do_ser disse...

É o desejo de querer e não querer, algo inalcansável ou não, quando assim é tudo mexe, floresce ao mínimo toque... é uma boa sensação esse desejo...
Lindo!

Ruvasa disse...

Viva, João!

Tal como Eugénio de Castro, o João sabe que o desejo que se deseja é o do "boudoir", que Maria Augusta refere.

E é esse mesmo.

Abraço

Ruben

expressodalinha disse...

Pois eu nunca gostei de boudoir. Sou muito objectivo e se os blogues fossem em relevo, o meu desejo seria satisfeito... Não garanto não ter outro a seguir. Mas o que é a vida senão uma sucessão de boudoirs? Grande foto, João. Abraço.

Liberté disse...

Desejos e algo
e algo e o desejo
melhor e ser desejado
do que desejar o desejo

ps=obrigada elas dicas

Céu Vieira disse...

BELÍSSIMA ILUSTRAÇÃO...!
PARABÉNS JOÃO
BEIJINHO E BOM DOMINGO

Elma Carneiro disse...

Menéres, a foto falou alto e as palavras vieram completar.
Se fecharmos os olhos... pela concentração, o desejo aumenta.
Linda sua participação. Resumida, compacta e extremamente significativa.
Beijos e bons desejos rss

peri s.c. disse...

Bela postagem ,João.
abraço

disse...

João ...Será que podemos desejar com maior intensidade algo que nos aparece inatingivel?...Rejeição... por vezes a maior fonte de desejos conflitantes e doloridos...depois de uma certa hora na vida...fugimos deles!
Que linda foto!
bjs

Alice disse...

Bem ..... digamos.... é exatamente assim !



beijos carinhosos a ti

sonia a. mascaro disse...

Muita sensualidade na imagem e no poema escolhido!
Parabéns pela postagem João Menéres.
Um abraço.

Christi... disse...

Bom dia João, olha, quanta verdade viu, os contraditórios querer e sempre querer, independente da aceitação do objeto desejado.

Lindo ! Lindo ! impecável

Bjs querido

Chris

Dona Sra. Urtigão disse...

Conferindo os desejos dos amigos. Bela foto, surpreendentemente diferente das que vi aqui, e como sempre, boa escolha do poema.

Conceição Duarte disse...

Caramba, João !!!
Vc é uma caixinha de surpresas! Eclético! Provocador, interessante e extremamente claro, objetivo! A foto é maravilhosa. Sensual a ponto de provocar o Desejo. E o poema por sí só, diz tudo sobre ele. Nem sempre conseguimos, nem sempre tocamos, mas podemos, devemos e sempre sentimos o DESEJO!

Adorei.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

João muito obrigada por ter me ajudado. Mesmo longe, pude estar aqui na Tertúlia!

Super beijo e meu carinho a vc!

CON

Aprendiz disse...

Com uma imagem dessas quem é que ia fechar os olhos? Coitado do Eugénio, no tempo dele eram todas roliças! :D

Abraço, meu amigo, a quem presto o meu apreço pois sou ignorante!

Georgia disse...

Perdicao de desejos.

Linda imagem, Joao.

Estivemos fora o dia todo em família.

Boa semana meu amigo

Maria de Fátima disse...

reverências e agradecimentos,João

António Oliveira disse...

Não consegui ler nada. Fiquei ofuscado com a fotografia.

FERNANDA & POEMAS disse...

Querido joão maravilhosa postagem... parabéns... beijinhos, fernandinha

roserouge disse...

Belo post, João. Adorei. Bj.

Milouska disse...

Imagem e poema em perfeita sintonia.
Parabéns, João. Adorei.
Um beijo,

Milouska

Paula disse...

Lindo!!

Conceição Duarte disse...

Meu querido João, são coisas que aconteceram comigo. Há muitos anos. Perto de uns 15! Nem sei se era o farmacêutico, mas uma pessoa com habilidade para me dar uma injeção com receita médica. As vezes, pode até ter me dito de brincadeira, pois o meu amigo brasileiro que morava aí, era muito divertido e sempre brincamos muito com as palavras que têm o mesmo som e significam outras coisas ou ainda a mesma, mas ditas com pureza, pois assim que devem ser interpretadas... "Orlando diz que as palavras dependem mais de quem as ouve do que de quem as pornuncia" heheh Bjus meu querido! Obrigada por esclarecer coisas para mim.
CON

Francisco Castelo Branco disse...

A mulher, o maior desejo de todos os homens

Luis Bento disse...

Um obscuro objecto de desejo, portanto!

Compondo o olhar ... disse...

desejo, desejos, e mais desejos.. quem não os tem??? não importa q sejam impossiveis ou atingiveis...são desejos... nossos desejos!! bela participação desta blogagem coletiva!!!!

abraços

Aidinha disse...

Uau!
Uau!


Menéres,

Já percorri alguns blogs participantes da Tertúlia e
só agora no seu, o tema começa a esquentar, a tomar outro rumo.

O ser humano tem sempre desejos, muitos!
Mas quando vi no tema uma única palavra, como - DESEJO - acredite que pela minha cabeça,
não passou muita coisa mais que
o desejo de um amor, ou tudo que a ele diz respeito.

Nem mesmo por um diamante de alguns quilates meu pensamento passou.

A questão social como a “Inclusão” abordada na Tertúlia anterior,
me parecia já ter deixado patente aqui, o desejo que nós outros, todos, temos de ver solucionada, abrangendo sem dúvida nenhuma a questão da fome, da educação, da saúde, segurança, etc. que tanto nos afligem, causadoras da exclusão que incomoda, castiga mesmo, no mundo todo.

Assim, depois de ouvir essa estrofe:

Tua frieza aumenta o meu desejo:
Fecho os meus olhos para te esquecer,
Mas quanto mais procuro não te ver,
Quanto mais fecho os olhos mais te vejo.

Eu diria a esse amante, nascido em 1869 o seguinte:

Então...
A minha frieza aumenta o teu desejo.
Abre os olhos, não fujas, vem me ver...
Verás que apenas não sabes entender,
Que eu te quero, mas me afasta o pejo.


Vi sua foto, mais uma vez deslumbrante, a poesia de Eugénio de Castro e o seu comentário e de imediato me surgiu para ele uma resposta, no mínimo atrevida, não a que coloquei acima, que fiz depois para atenuar a malandragem da primeira, que vai abaixo. Espero que voce me perdoe por isso, mas é ao Eugénio de Castro que me dirijo.
Coloco-as aqui nos seus comentários, porem o meu DESEJO neste momento seria estarmos todos juntos, num café, ou lugar propício para falarmos à vontade e eu teria, às gargalhadas, dito de imediato, a alguém que a dissesse para nós, porque foi assim que me veio à cabeça.

Tua frieza aumenta o meu desejo:
Fecho os meus olhos para te esquecer,
Mas quanto mais procuro não te ver,
Quanto mais fecho os olhos mais te vejo.

Minha resposta:

Se a minha frieza aumenta o teu desejo,
Confesso crer que tudo está errado!
Se eu não te quero, tu queres assim mesmo?
Será que isso não é coisa de tarado?

Espero não levar um cartão vermelho por esta brincadeira que faço, apenas com a intenção de contar a voce e aproveitar a ocasião para nos divertirmos.
Achei engraçada a resposta pronta.

Talvez, João, em nenhum outro blog eu o postasse.

Parabéns.
Beijo
Aidinha

Ery Roberto Correa disse...

João, acho que Eugénio de Castro, se pudesse, daria algumas respostas para Aidinha, em forma de versos, lógico, que iríamos adorar. Valeu, muito bom.

Vieira Calado disse...

Em resposta à sua pergunta - quem é o Zé Veloso, é ele!

Arquitecto, ligado ao C. V. de Lagos.

Cumprimentos

L.Reis disse...

...o desejo...essa vontade de pele...cravada na alma...

Valdeir disse...

Quanto menos o desejo é realizado mais intenso ele fica.

Você disse tudo em poucas palavras.

Abraços.

Blog do Beagle disse...

E suspiro e me abraço e me encolho na saudade... Lindo!!!!!!!!! Elza

João Menéres disse...

A TODOS OS QUE COMENTARAM :


Quase quatro dezenas de comentários muito elogiosos.
Habitualmente, agradeço a cada um individualmente, como sabem.
Perdoem-me não o fazer desta vez.
Fiquei muito sensibilizado, tanto pelo elevado número de comentários, como pelo carinho ou entusiasmo que senti em todos eles.
Alguns até me comoveram pela paixão sentidanas palavras.

Muito e muito obrigado.

Jorge C. Reis disse...

Também gostava de ter fotografado o modelo.
Um abraço amigo.

João Menéres disse...

JORGE C.REIS

Compreendo o gosto...

Sueli disse...

Por que será que o mais difícil é melhor? ...

João Menéres disse...

SUELI

É preciso algum esforço, algum trabalho para que cada um SINTA que foi uma "vitória" e não uma batalha ganha por falta de comparência...

Um beijo e agradecido pelo comentário.