.

sábado, 28 de março de 2009

PRIMAVERA

Photobucket
© João Menéres

Agora que a Primavera começou,
cantemos então...


LAGOS DA MONTANHA

Na sombra da montanha
Dormem os lagos verdes e calmos.
E na tela da água o brilho do sol
Desdobra as cores do dia que nasce.

( Gwilym Cowlyd 1827 / 1905 / Trad.: José Domingos Morais)

44 comentários:

Eduardo P.L disse...

Que PINTURA!

VIVA a primavera! Como é essa nossa lingua portuguesa! Tenho duas primas chamadas Vera. Não posso me referir à estação do ano, sem me reportar às minhas queridas priminhas!

Bom fim de semana!

Sergio LdS disse...

João, curiosamente aqui na Ilha de Santa Catarina nós celebramos a chegada do Outono. É uma estação muito especial para fotografia em decorrência da luz e dos "azuis". Espero revelar algumas coisas muito em breve. Quanto a sua foto, maravilha. Lembrou-me aquelas composições de Monet.
Fraterno abraço.

Georgia disse...

Minha Nossa Joao, em Portugal já está assim tudo florido?

Aqui ainda estamos nos brotos, só temos em flor os jasmins amarelos que se abrem mesmo nesta época.

Bom fim de semana e linda a foto.

Jorge C. Reis disse...

Gosto desta imagem. Parabéns

Conceição Duarte disse...

Epa, João! Isto é foto mesmo?
Como o P.L diz, parece um quadro pintado e muitíssimo bem pintado. Podemos ver a discreta água que mantém linda as flores... E da natureza nasce tudo de bom.

"Desdobra as cores do dia que nasce! " Lindo e lindo!

Bjus meu amigo João e obrigada por desejar a minha mamis, tudo de bom no meu cometário de parabéns a ela... A festinha foi linda e ela estava impossível, fizemos uma fotos incríveis! Talvez até proíbidas kakakakak Vamos ver...
BJ

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO JOÃO MARAVILHOS LAGO... UM BOM SÁBADO...ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

jugioli disse...

Uma pintura de Monet!!!
linda celebração para a primavera.

@dis-cursos

Lina Faria disse...

Monet puro. Já disseram tudo.
Adorei!
Lina

Aidinha disse...

João!

Que maravilha!

Na singeleza das flores que nascem ali, está o luxo e a beleza que só um olhar muito apurado sabe transformar em obra de arte.

Como disse seu amigo Sergio LdS, o nosso outono é especial.
Nesta estação, temos uma luminosidade completamente
diversa do restante do ano.
Nela, os “por de sol” a cada dia,
nos oferecem um novo cenário que encanta.

Temos até, aqui na zona oeste de São Paulo uma praça que se chama
“Praça Por do Sol”. Nessa hora, os carros estacionam ali, as pessoas
descem e vão admirar o espetáculo.

É. A natureza nos brinda com tantas maravilhas e nós...

Obrigada meu amigo, que seja muito feliz seu fim de semana.

Beijo
Aidinha

João Menéres disse...

Vou fazer um agradecimento amplo (mas não geral) até à Lina Faria:

EDUARDO

SERGIO LdS (pois, é uma questão de hemisfério ! - obrigado pela alusão a Monet).

GEORGIA (o bjectivo era ilustrar a capa do meu último album "REVELAÇÃO DA ÁGUA").

JORGE C.REIS

CONCEIÇÃO DUARTE (pois, eu compreendo. Tanto assim que imprimi em tela 0,94 x 1,45 m para a última exposição que fiz. Ainda está disponível por € 2.000 + portes (para + de 100 km). De cada trabalho meu só imprimo e assino um exemplar no mesmo suporte (papel ou tela). Se fizer outra impressão no outro suporte o formato ou é muito maior ou muito menor. E também assinado.
Desta forma, não pode haver mais do que duas impressões assinadas.
De quem é a frase >DESDOBRA AS CORES DO DIA QUE NASCE< ? É muito bonita e agradeço que a tenhas incluído no teu comentário.

FERNANDA

JUGLIOLI (Monet e Stravinsky. E eu entro onde?).

LINA FARIA (é uma satisfação constatar que várias pessoas entendidas na matéria, associam algumas das minhas fotografias a nomes grandes da Pintura.
Não se trata, na verdade vos digo, não procuro. Acontece. Só.).

Beijos e abraços gratos pelo tempo e pelo carinho que me dedicam constantemente.

João Menéres disse...

AIDINHA

Enquanto eu escrevia os agradecimentos acima, entrou o seu simpatiquíssimo elogio (pode constatar pela hora).

Em SAMPA não sabia dessa Praça...Mas, em Dezembro, estive apenas umas horas que não chegaram para tudo que eu gostaria ver ou fazer. Eessa realmente não estava no meu roteiro pessoal.
Possa eu volta, que já me não escapa esse sítio.
E, como em termos de hemisfério norte, a AIDINHA acaba de entrar na PRIMAVERA DA VIDA, só desejo que em cada dia se abra uma nova flor à sua frente.
Assim, não poderá negar um sorriso aos outonos passados.

Depois da grande festa a 27, um grande beijo.

João

Alice Salles disse...

Flores sempre são benvindas! Imagem cheia de vida, João! Beijos!

João Menéres disse...

ALICE

As flores são sempre bem vindas e quando elas se transformam em palavras assim, então que a Primavera se não vá para que as flores sejam sempre flores e não tenham fim.

Beijo

Maria Augusta disse...

Que maravilha! Ao olhar estas flores temos este sentimento da volta dos belos dias, tão benvindos principalmente em anos de inverno rigoroso como este.
Abração.

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

É um local muito sensível.
É tudo muito delicado.
Daí a poesia que tentei guardar.

Um beijo.

expressodalinha disse...

Mas o vento porquê, Senhor!

ellen disse...

Monet!... Bonito, colorido tal como anúncia as cores da Primavera!

Bjinho

João Menéres disse...

ELLEN

Pronto, se tanto insistem no Monet, eu vendo !

Um beijo e bfs.

disse...

João...coisas incríveis vc é capaz de fazer com uma máquina na mão...suas fotos são espetaculares...esta um poema e a de baixo me dá vontade de lá estar sentada por horas com a brisa e o cheiro de maresia que quase se consegue sentir tão perfeita..a imagem.
Grande artista vc é!
Bjs

João Menéres disse...

VI

Grande apreço tenho pelas tuas opiniões, por isso, fico mesmo contente por ler este comentário tão lisonjeiro.

Fico muito grato pela tua visita.

Um beijo e votos para que o Domingo seja muito agradável.

L.Reis disse...

Se não te importas, vou ficar aqui...a molhar os pés na Primavera...

João Menéres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Menéres disse...

L.REIS

Espera que o tempo aqueça um pouco mais...

Beijo.

violeta disse...

um primeiro verão fresco com uns apontamentos de calor
como sempre, muito bonito

Silene Lado B disse...

Que lindo João!! Aí primavera, aqui outono, e as cores sempre preenchendo qualquer vazio que se possa ter!! Abraço, Silene

Lina Faria disse...

João,
senti uma leve ironia. será? não faz mal.
Quanto à comparações, me desculpe, são inevitáveis, talvez pouco elegantes. Mas é indiscutivel seu jeito de ser, sem comparações. A virtude esta em só ser o que se é.

João Menéres disse...

VIOLETA

Eu diria, talvez :
Um fim de inverno enganador.
Então à noite e de manhã cedo está mesmo frio !!!
E, de vez em quando, lá vai um ATCHIMMM !

Agradeço esse "Como sempre..."

Nem sempre, acredita.

Um beijo.

João Menéres disse...

SILENE LADO B

Um prazer receber-te aqui na Primavera (mas ainda está fresquinho...).

Um beijo.

João Menéres disse...

LINA FARIA

Sentiste uma ponta de ironia ?
- Garanto-te que é equívoco absoluto!
As tuas opiniões são muito estimadas e sempre muito bem recebidas (e não é preciso dizer bem para eu gostar.)
O que eu quis dizer, é que quando fotografo não estou a pensar neste ou naquele pintor.
Graças a Deus, conheço muita pintura (sem ser um expert). E será o instinto proveniente desse conhecimento que me faz, sem pensar previamente, tratar um dado tema, numa dada circunstância, de uma maneira mais pictórica.
Normalmente, perante essas situações, eu sei o que quero. às vezes, atinjo o resultado que esperava alcançar, noutras vezes, o falhanço é tão grande que me sinto frustrado totalmente.
Pedir-me desculpa por uma comparação com Monet ?
Oh,Lina, nem imagina a satisfação que me transmitiu. Não pode mesmo imaginar, vejo agora!
Mil vezes obrigado.
Mil beijos para ti.

Lina Faria disse...

Estimado João,
Desculpe se entendi mal. Você é uma pessoa sensivel e requintada nos gostos e olhares, me parece. Mas é econômico nas palavras, ao contrario de mim que às vezes falo demais.
Gosto muito de sua leitura do mundo. Sou sua fã.
Grande abraço.
Lina

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

João!Hoje você se superou!!!Que maravilha de cores, de contrastes.A mim parece estar lá,tenho a sensação de que posso tocar a água e sentir as flores.Uma jóia da natureza em forma de fotografia.

Muito,muito lindo,obrigada!

Beijos floridos!Sonia Regina.

missixty disse...

Estive uns dias ausente a trabalho, em Lisboa, por isso não tenho visitado ninguém!
Aqui está a prova de que tens razão. Esta foto é uma obra de arte e nunca tinha visto nada parecido. Parece um quadro impressionista, estilo que por acaso adoro, no que se refere a pintura!
Espectacular!
Daqui a uns dias vou até Vilamoura no Algarve. Tens algumas dicas para mim, para eu poder fotografar lá?
beijinhos
p.s Aquele teu postal do Algarve está lindíssimo!

Céu Vieira disse...

QUE BONITA FOTO JOÃO!
É LIIINNDA!!! PARABÉNS
AUTÊNTICA PRIMAVERA! ( QUE CHEGOU TÃO VENTOSA )MAS...NESTA ALTURA DA FEIRA DE MARÇO, É SEMPRE ASSIM...!
PARABÉNS MESMO!!!
BEIJINHOS E BOM DOMINGO

Menina do mar disse...

Depois do Inverno, morte figurada,
A primavera, uma assunção de flores.
A vida
Renascida
E celebrada
Num festival de pétalas e cores.
Miguel Torga

Milouska disse...

Que cores maravilhosas, João!
Parece uma pintura.
Parabéns!
Um beijo,

Milouska

Conceição Duarte disse...

Meu querido, a frase é daí mesmo... Traduzida por...
copiei e colei de vc!
LAGOS DA MONTANHA


Na sombra da montanha
Dormem os lagos verdes e calmos.
E na tela da água o brilho do sol
Desdobra as cores do dia que nasce.


( Gwilym Cowlyd 1827 / 1905 / Trad.: José Domingos Morais)

João Menéres disse...

SONIA REGINA

Podes imaginar o "calorzinho" que me transmitiste com estas palavras, não podes?

Recebi os teus beijos tão floridos como a minha alma se sente mais fortalecida.

Beijo.

João Menéres disse...

MISSIXTY

Durante a tarde espero já dar informações do que te pode interessar.

Beijo e obrigado.

João Menéres disse...

CÉU VIEIRA

O azul no céu não nos tem faltado. O pior é o vento frio!
Não se pode ter sempre tudo.

Lamento, mas estou atrasado na abertura de muita correspondêncial aqui. Por isso, agradeço que não estranhe a demora.

Beijo.

João Menéres disse...

MENINA DO MAR

RESGUARDO

Quer-te num poema,
Viva e transfigurada.
Sentada
No banco de um jardim
De versos outonais,
A ver nos horizontes irreais
Sumir-se o tempo. o burlador
Do amor,
Que diz que volta, mas que não volta mais.

(MIGUEL TORGA)

Um beijo terno.

João Menéres disse...

MILOUSKA

Sabe também o significado que para mim têm os seus comentários e quanto me alegram quando em poucas palavras diz tudo quanto sente.

Um obrigado e um beijo.

João Menéres disse...

CONCIEÇÃO DUARTE

Obrigado.
Constitui um elogio.

Um beijo.

Dulcineia (Lília) disse...

Bem,
Ía comentar... mas já disseram tudo, rs
será Monet? será uma tela desconhecida? será...?
è João Menéres - a disparar. com as imagens e com as palavras!
palavras para quê?
Beijos
Lília

João Menéres disse...

LÍLIA

Como aprendi a dizer com o Eduardo:
a la Manet !

E está por bom preço !!!
Vê a informação que dei no dia 28, às 16:54 à CONCEIÇÃO DUARTE.
Obrigado e um beijo.