.

terça-feira, 10 de março de 2009

PORTO

Photobucket
© João Menéres

METAMORFOSE

Para a minha alma eu queria uma torre como esta,
assim alta,
assim de névoa acompanhando o rio.

Estou tão longe da margem que as pessoas passam
e as luzes se reflectem na água.

E, contudo, a margem não pertence ao rio
nem o rio está em mim como a torre estaria
se eu a soubesse ter...
uma luz desce o rio
gente passa e não sabe
que eu quero uma torre tão alta que as aves não passem
as nuvens não passem
tão alta tão alta
que a solidão possa tornar-se humana.

( Jorge de Sena, in Poesias I.
Sua filha, Márcia, confirma que esta torre é a Torre dos Clérigos,
que eu em cima mostro em neblina envolta)

36 comentários:

Conceição Duarte disse...

João Menéres, que foto é essa?
Uma cor marroquina. A névoa, a evaporação da água e a torre lá em cima... oh! A alma quer estar solta, mas não consegue, pois, no final precisa ter uma solidão humana! Que coisa extravagante! É mesmo a metamorfose, estranha, diferente. Quente de tão fria!

Ele quer ficar distante, longe, lá no alto onde não passe nem pássaros, nem núvens? Nada, só o silêncio...

Diferente de tudo que está por aqui desde que entrei no Grifo Planante.

...............................................................................................................................................................................

Será que foi desta torre, que vc viu em direto ontém a colisão lá em cima? Ah, também já passou, dissestes que nem ambulância por lá estiveram... Tudo vai bem, então. Não nos preocupemos. Vamos ver como estará o dia de hoje!

Beijos mil para vc e para como bem disse, "para quem entende" .

CON

Georgia disse...

Ainda vou ao Porto conhecer esta Torre.

Linda foto.

Eduardo P.L disse...

O Porto anda nas nuvens!

João Menéres disse...

CONCEIÇÃO DUARTE

Depois da colisão, todos aqueles destroços vieram para a Terra.
Transformaram-se em milhões de partículas incandescentes.
Foi isso que eu registei, quando estava na margem do rio...

João Menéres disse...

GEORGIA

Esta imagem da Torre dos Clérigos
foi feita numa manhã de nevoeiro antes do Sol surgir.
E nem sempre há nevoeiro.
Mas a Torre está à tua espera

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Neste mundo agora todos andam ainda nas nuvens...

Obrigado por esta visita matinal, como é hábito seu para minha satisfação.

Um abraço.

Menina do mar disse...

Perfeito..

João Menéres disse...

MENINA do MAR

Não sei se gostaste assim tanto...
Do Jorge de Sena, acredito que sim.

Beijo.

Alice Salles disse...

Imagem que nos faz querer desvendar o que está por trás de tamanho nevoeiro, parece que te chamas sem que exista alguma brecha pra se correr... você é levado por esse desejo...

LINDO, JOÃO!

Elma Carneiro disse...

Ooops
Que foto heim? é por isso mesmo que venho aqui.
Para ver, ler e deixar um abraço.
Beijos

Lilazdavioleta disse...

Não a queria tão alta , como Jorge de Sena ... queria Esta .
Magnífica foto .
Obrigada pela partilha .

beijo

Maria Augusta disse...

Mais uma foto de extrema beleza, me lembra "La Gare Saint-Nazare" do Monet. Parabéns!
Abraços.

João Menéres disse...

ALICE

Como disse acima à Georgia, esta imagem foi feita naqueles momentos que antecedem o seu aparecimento na Cidade.
E estava um nevoeiro assim bem cerrado.
O nevoeiro que eu gosto, mas que vai sendo raro para mim "conversar" com ele.
Dá ou não vontade de abrir-mos a cortina?

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

ELMA CARNEIRO

Obrigado pela tua atenção e carinho.

De vez em quando surge aqui uma mais interessante, não é?
Vou tentar não desiludir ninguém. Mas o blog é genérico, como sabes.

Um beijo.

João Menéres disse...

LILAZDAVIOLETA

Se não estou enganado, é o primeiro comentário aqui no Grifo !
Merecia uma comemoração. E não estamos longe...
Obrigado pelas palavras que levo à conta de um elogio à imagem.

Um beijo ( a porta está sempre aberta, dia e noite).

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

Com este comentário, ganhei a semana.
Monet ?

Registo.
É mais um pintor para a minha Galeria !
Tenho que começar a pensar onde coloco estas "primas" da arte maior...

Um beijo muito grato.

ellen disse...

Bonita foto João, e deve ser difícil conseguir outra igaul com facilidade.

Tem um presente para si,
no meu Blog :)

Um beijinho

ellen disse...

Voltei... só para lhe sugerir que talvez fosse mais fácil de ler o seu post com um tom de azul diferente por ter um fundo cinza. A não ser que o problema de visão esteja só em mim. Se ninguém se queixa não ligue :) Desculpe-me e não leve a mal.

Um beijinho

Menina do mar disse...

Ah Jo~~ao... não acredito... eu não só gostei da poesia como da imagem! Perfeito foi para o conjunto...

João Menéres disse...

ELLEN

Na verdade, outra penso que não volto a conseguir.
Mas o Leonardo só pintou uma Mona Lisa e não se aborreceu com isso.
Além disso, eu não faço múltiplos.
São provas exclusivas e assinadas.
Posso fazer num formato bem diferente ou imprimir sobre papel ou sobre tela.
É a variante aos múltiplos...
Sempre assinadas sobre a imagem.

Se o presente é um selinho, considero-o uma honra.
Irei guardá-lo como a todos os outros, mas não ficará à vista.
Não leves a mal. Decidi isso muito antes do meu primeiro voo a 15 de Novembro de 2008.
Agradeço-te do coração.
Postei o do BLOG VICIADO pois é algo diferente.

Quanto ao azul eléctrico, devo dizer que tinha "reclamações" com um azul mais saturado e pediram-me para alterar. Não quero sair do azul (não são razões futebolistas, podes crer).
Eu próprio, anteriormente lia muito bem. Agora, tenho eu também dificuldade na leitura, imagina tu...
Por isso, em outros casos (que não os textos base) procuro outras cores. Vou ensaiando, vou testando.
Vamos a ver se consigo encontrar outro azul.
Uso um corpo de letra maior do que seria lógico e o bold, para encher mais.

Um beijo e muito obrigado, uma vez mais.

João Menéres disse...

MENINA do MAR

Eu também só te estava a espicaçar...
Percebeste, não percebeste?

Um beijo agradecido.

ellen disse...

Não é perguntar se pode João!!! é pegar e levar, e, já já antes que esgote ehehehe...

:)))

expressodalinha disse...

Esta foto é analógica ou digital?

Milouska disse...

João!

Gosto do tom da foto e de toda essa névoa que dá um toque de mistério à imagem.
Um beijo,

Milouska

João Menéres disse...

ELLEN

Não há um frasquinho REALMENTE ?
É que eu gosto do Kouros...

João Menéres disse...

EXPRESSODALINHA

É um 35 mm.

João Menéres disse...

MILOUSKA

Obrigado por uma análise que vai de encontro com o que dela penso.

Um beijo também.

João Menéres disse...

ELLEN

Está atenta. Dia 12, há uma tonalidade diferente.
Queria saber a opinião...

Beijo.

João

Conceição Duarte disse...

Bjus de boa noite! Na espera de que amanhã, da sua torre alta, apareça algo lindo e humano o sificiente, para nos tocar mais um dia!

CON

João Menéres disse...

CONCEIÇÃO DUARTE

Uma flor construída por uma criança de seis anos.
Apenas uma flor.

missixty disse...

Além do meu receio das alturas,já referido na postagem em que aceitei o desafio de dizer 6 verdades e 3 mentiras, não acredito que a solidão extrema faça alguém feliz. Acredito sim que de vez enquando, precisemos de um retiro espiritual, para ganharmos forças e algum equilíbrio!
Estarás também a passar por uma crise civilizacional, ou só usaste o texto para acompanhar a imagem??? :)))

João Menéres disse...

SU

Se este texto fosse de minha autoria eu teria sido um génio dos autênticos, pois, além de textos fantásticos, teria sido pintor (é o autor do célebre quadro do Fernando Pessoa, por exemplo), teria feito não sei quantos murais em Lisboa, bem como vitrais e tapeçaria.
O isolamento (não a solidão) é fundamental para mim. Caso contrário não me concentro e nada faço.

O texto foi usado exclusivamente para ilustrar a imagem (na qual falta o rio).

Um beijo e continua a aparecer, pois é um prazer e uma Alegria ter-te aqui.

expressodalinha disse...

Ah, então o truque está narevelação a mais de 20ºou no filtro?

João Menéres disse...

É um warmer. A 20.

expressodalinha disse...

Ok. Obrigado. Gosto, Ficou fantástica!

Quetzal disse...

Gosto muito desta imagem, já tem o meu voto ;-)