.

sexta-feira, 20 de março de 2009

PORTAS E JANELAS

Photobucket
© João Menéres

Excerto de uma Poesia de Sebastião da Gama

" Janela fechada,
cortina corrida...Nem flor a perfuma,
nem moça a enfeita.
- : Ninguém se lhe assoma.
Janela tão triste,
nem ao Sol aberta..."

(Sebastião da Gama, in Janelas de Estremoz)



30 comentários:

peri s.c. disse...

Lindíssima essa foto, João, parabéns.

João Menéres disse...

PERI S.C.

Sa suas palavras, para mim, rivalizam com os versos do Sebastião da Gama.
Para mim, foram música celestial.
Um abraço agradecido.

Georgia disse...

Gosto das cores, prefiro janelas maiores, pois gosto que o sol entre.

Abracos

João Menéres disse...

GEORGIA

Para a semana, há uma janela maior, como pedes.
Mas tens que a abrir por dentro...
Se ela não aparecer aberta, já sei que te esqueceste (ou que não está sol...).

Beijo e obrigado pelo comentário.

Maria Augusta disse...

Que bela foto, cheia de geometrias! A janela está fechada, mas parece que alguém espia pelo cantinho, a cortina parece discretamente levantada.
Abraços, apreciei muito tua presença na festa do "Jardin".

Eduardo P.L disse...

Linda a imagem! Mais uma...

Forte abraço

expressodalinha disse...

Ainda bem que o Porto não é tudo azul, senão não tinhamos o prazer desta fotografia.

Renata Carneiro disse...

Como sempre, grande fotógrafo = a grande fotografia!

Me encanta, de verdad!
un beso

Menina do mar disse...

janela fechada, fachada triste, fico ali sentada , pensar que exististe..

Betania Lisboa disse...

João,
Gostaria de fazer um convite.

"Blogar é construir pontes de amizade e conhecimento no espaço.

Você fez sua ponte hoje?"

Vamos construir pontes juntos?

Feliz dia do blogueiro.

Susana Garcia disse...

Gostei muito dessa janela e esse poema tá muito bonito também.

Uma amiga me incluiu na promoção da jóia, e estou passando a tarefa para você. Por favor, leia a postagem "selos e jóias" no meu blog (sonhoscomletras.blogspot.com), onde tudo se explica.

Beijinhos Susana

Alice Salles disse...

Pelas janelas pequeninas se vê um mundo com maior possibilidade de ser reinventado pela imaginação...

LINDO JOÃO!

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

Tens toda a razão !
Fui lá hoje rondar a casa e constatei que a cortina de vez em quando fica completamente descida e noutros momentos fica assim.
Alguém espia alguém !!!

Quero agradecer-te a magnífica festa de ontem.
Os comes e bebes óptimos, como seria de esperar, mas o melhor de festa foram todos os teus amigos (faltou algum? ) que apareceram com o entusiasmo e a alegria que a cada um é característico. Ou seja, não houve máscaras!.
Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Obrigado pela contagem !

Um abraço.

João Menéres disse...

EXPRESSODALINHA

Nem o Porto é todo azul, nem esta janela é no Porto.
Para a semana logo vai saber onde é...

Um abraço.

João Menéres disse...

RENATA CARNEIRO

Fiquei muito contente por esta tua visita e, claro, por dares a cara.
Aparece mais vezes porque és a Alegria em pessoa.

Um beijo

João Menéres disse...

MENINA DO MAR

Grande poesia esta tua neste comentário.

Mas, se eu não existisse, não estavas a comentar esta janela...

Um grande beijo e obrigado.

João Menéres disse...

BETANIA LISBOA

Tentei agarrar o teu e-mail no tei blog, que tem uma bela aprentação gráfica.
Aproveitei e dei uma olhada por ele.
Então estás planeando publicar o 2º livro aid este ano?
Vou torcer para que tal suceda e que conheças novo êxito.

Eu hoje estive o dia quase todo impedido.
Uma das pontes que estou a tentar construir é esta que me levará (ou não) até ti.

Obrigado por teres aparecido.
Obrigado pelo convite.

Um beijo.

João Menéres disse...

ALICE

Tens razão, para que serve uma janela grande se estiver virada para um muro fechado...
A janelinha promete melhores vistas.

Um beijo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

João!Janela lindinha e tristinha apesar das cores alegres.Observando bem no canto direito a cortina está um pouquinho puxada;será que a moça não estava ali espiando escondidinha?

Lindo trabalho e a janela é bem diferente,deve ser para esconder a moça,rsrsr!

Amei o poema,nem preciso dizer!!!!

Beijo!Sonia Regina.

Conceição Duarte disse...

João, agora de madrugada passo por aqui, mas nao poderia deixar de te dar um alozinho neste dia em que sua janela mostra alguém a espreitar quem olha para uma janela tão pequeninha e tão linda, lá no cantinho de cima de um paredão tão lindo! Sempre tem alguém de olho na gente... rsrsr
Muito lindo! Um beijo, CON

Conceição Duarte disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Lina Faria disse...

Quem olha uma janela de fora para dentro, vê mais do que quem a olha de dentro para fora. Porque uma cortina pode esconder todo o mistério que a penumbra vela e proteje. Todo o pulsar da vida, embutido naquele pequeno ou grande espaço.
Linda foto.
Lina

João Menéres disse...

SONIA REGINA

Não me leves a mal mas, por favor, lê o meu comentário à MARIA AUGUSTA lá mais em cima...

Quanto ao poema: Sem falsas modéstias, penso que os "casamentos" teem corrido bem.
Pelo menos, não processos de divórcio anunciados até ao momento...

Um beijo.

João

L.Reis disse...

Grafismo irrepreensível!!!! A fotografia tem uma das características que mais admiro e que mais difícil é de conseguir: uma estética minimalista conseguida através da simplicidade dos elementos que a integram...uma "preferida" para mim.

João Menéres disse...

L.REIS

Entendido perfeitamente.
Por isso também o excerto e só o excerto...

Jorge Monteiro disse...

Grafismo e enquadramento de 1ª. Muito boa esta foto!!!
Belo olhar!
Parabéns. Abraço.

João Menéres disse...

JORGE MONTEIRO

Grato pelo comentário elogioso.

Um abraço.

Sergio LdS disse...

João, cá estou me redimindo. Grande composição. Gosto muito de "grafismos".
Nesse caso, a tensão das linhas é quebrada por uma figura geométrica.
Olhar atento que merece aplausos.
Abraço.

Anónimo disse...

Super gráfica essa foto,gostei demais.
www.rogrimaldi.blogspot.com