.

sábado, 29 de novembro de 2008

A CIDADE DO PORTO


Monumento da Guerra Peninsular



Na Praça Mousinho de Albuquerque, ainda e sempre chamada Rotunda da Boavista, encontra-se este obelisco de 45 m de altura, encimado por duas figurações simbólicas: a águia e o leão. A ave pretende representar a derrota das forças napoleónicas, perante o poder da aliança da Inglaterra com o povo português.Na base do obelisco, podemos ver duas composições, em bronze. Uma, simboliza a Vitória, que guia as tropas e o povo. A outra, representa o Desastre da Ponte das Barcas, onde pereceram centenas de pessoas que fugiam às tropas de Napoleão e se afogaram nas águas do Rio Douro.

J.M.


© João Menéres

4 comentários:

Maria Augusta disse...

É sempre bom lembrar o que significam os monumentos...para nós brasileiros esta fase da invasão das tropas napoleônicas marcou um tournant na nossa história, com a partida da família real para o Brasil.
Excelente post como sempre, parabéns!
Abraços e bom domingo.

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

Agradeço a sua visita e as palavras elogiosas.
Pena ainda ter muita dificuldade, o que me impede de fazer exactamente o que desejava.
Sempre bem vindos os seus comentários !

L.Reis disse...

Os monumentos são memórias esculpidas, para que o tempo não as atraiçoe...
O Grifo é "um contador de histórias"...

João Menéres disse...

L.REIS
Tarda-me o tempo para o ser...